Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Startups iniciantes: o que saber antes de investir?

Startups iniciantes: o que saber antes de investir?

21/11/2023 Rafael Kenji Hamada

Existe uma diferença muito grande entre startups em fases iniciais, que também chamamos de early-stage, e companhias consolidadas, principalmente no que diz respeito ao risco do investimento.

Startups iniciantes: o que saber antes de investir?

Com o desenvolvimento do mercado nos últimos anos, o movimento ficou mais conhecido e mais pessoas e empresas se arriscaram nesse tipo de aporte financeiro. No Brasil, de acordo com o último relatório do Distrito, existem 1.874 startups ativas e possivelmente o dobro desse número ainda fora do mapeamento, já que a pesquisa é feita ativamente, por fora das Juntas Comerciais que registram as empresas desde sua formalização.

Durante os dois primeiros anos de criação, a companhia passa por um momento chamado “vale da morte”, que é quando enfrenta os maiores desafios. Nesse período, as empresas sentem dificuldade em relação à validação do produto, escala de vendas e estruturação da equipe. A grande maioria não permanece com a totalidade dos founders no cap table da organização.

Há muitos fatores em jogo. Briga entre sócios, perda de foco, falta de interesse dos investidores e do mercado e falta de capital são as principais causas de fechamento de empresas nascentes.

Os investidores que aportam capital em negócios em fases iniciais ou são muito experientes no setor, sabendo analisar com mais cuidado e detalhes o business dessas companhias, ou são inexperientes. Aqueles que não possuem know-how muito frequentemente recorrem a fundos de investimento e venture builders, que fornecem mais segurança ao longo do processo por acompanharem mais de perto o crescimento e as métricas das empresas.

Por outro lado, os negócios consolidados, que passaram por rodadas de investimento com pessoas mais aderentes ao risco, já estão gastando o dinheiro para desenvolver melhor seu produto ou aumentar a equipe. Os principais problemas enfrentados se voltam justamente ao gasto inadequado de recursos, à dificuldade na manutenção do crescimento da empresa e à retenção da equipe. Organizações grandes são constantemente assediadas pelo mercado e sofrem com a rotatividade de colaboradores. Além disso, devido ao número de funcionários na empresa, fica mais difícil gerenciar os recursos humanos.

Dessa forma, a grande diferença entre investir em startups early-stage e aquelas já consolidadas se baseia no risco, porém a chance de o investidor ter um múltiplo maior do seu aporte é investindo em empresas em fases iniciais. Apostar em startups maiores, que já realizaram outras rodadas de investimento é mais seguro, mas o crescimento é desacelerado, porque já têm uma escala muito grande, além do valor ser maior logo de entrada e a fatia negociada, menor.

Portanto, os desafios e as oportunidades associadas ao investimento em startups em fases iniciais e consolidadas abrangem um cenário complexo. Tudo vai depender da aversão ao risco e da estratégia do investidor, além do conhecimento e das experiências passadas com os diferentes estágios de crescimento das empresas, já que o grau de maturidade da companhia pode afetar o potencial retorno.

* Rafael Kenji Hamada é médico e CEO da FHE Ventures.

Para mais informações sobre investimentos clique aqui...

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Entre para o nosso grupo de notícias no WhatsApp

Fonte: NB Press Comunicação   



Startup cresce mais de 300% conectando “talentos tech” com empresas

Growyx foi fundada em 2021 e já conta com mais de 20 mil profissionais cadastrados na plataforma.

Autor: Divulgação

Startup cresce mais de 300% conectando “talentos tech” com empresas

Startup paulista propõe o uso de drones para erradicar o mosquito da dengue

O projeto teve apoio do Programa FAPESP Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas (PIPE).

Autor: Divulgação

Startup paulista propõe o uso de drones para erradicar o mosquito da dengue

Os insights que a crise dos investimentos trouxe para as startups

Cada crise é única, e as lições aprendidas podem variar dependendo da natureza e do alcance da crise.

Autor: Rafael Kenji Hamada

Os insights que a crise dos investimentos trouxe para as startups

Como criar uma equipe poderosa para sua startup

Contar com uma equipe poderosa, que ajude a construir o crescimento da empresa, é o sonho de qualquer empreendedor.

Autor: Divulgação

Como criar uma equipe poderosa para sua startup

Startup mineira facilita contratos com órgãos públicos

Licitei, parte do portfólio da Dome Ventures, acaba de ganhar aporte de 150 mil dólares da Microsoft.

Autor: Diogo Catão

Startup mineira facilita contratos com órgãos públicos

Você tem perfil para ser CEO de startup?

Características importantes para quem pretende iniciar um modelo de negócio.

Autor: Marilucia Silva Pertile

Você tem perfil para ser CEO de startup?

Cinco dicas para uma startup conquistar sucesso em 2024

Com a proximidade de um novo ano, empreendedores podem aproveitar para dar um novo gás aos seus negócios.

Autor: Marilucia Silva Pertile

Cinco dicas para uma startup conquistar sucesso em 2024

Mortalidade de startups cresce em 2023: como reverter esse cenário?

O importante é que busquem o apoio de uma consultoria especializada no tema para que identifiquem a melhor opção conforme sua realidade e objetivos e se estruturem da melhor formato possível.

Autor: Alexandre Pierro

Mortalidade de startups cresce em 2023: como reverter esse cenário?

4 dicas jurídicas para abrir e manter startups

Inovar e criar soluções tecnológicas para diversos tipos de segmentos são um dos principais objetivos de uma startup.

Autor: Patrícia Zanlorenci

4 dicas jurídicas para abrir e manter startups

Como estar preparado e aumentar ganhos na captação de investimentos?

Atingir o status de unicórnio é o sonho de muitas startups, mas o caminho até lá não é nada simples.

Autor: Gustavo Michel Arbach

Como estar preparado e aumentar ganhos na captação de investimentos?

Startup de IA de Elon Musk lança plataforma rival do ChatGPT

A plataforma Grok, lançada pela xAI será disponibilizada inicialmente aos assinantes do X, antigo Twitter, e irá competir com o ChatGPT, que ainda domina o mercado.

Autor: Marcelo Crespo

Startup de IA de Elon Musk lança plataforma rival do ChatGPT

Como um trabalho de mentoria pode ajudar uma startup?

Ajuda especializada pode impulsionar empreendedor que está enfrentando desafios.

Autor: Marilucia Silva Pertile

Como um trabalho de mentoria pode ajudar uma startup?