Portal O Debate
Grupo WhatsApp

A oportunidade Rota 2030

A oportunidade Rota 2030

15/11/2019 Rogério Jorge Amorim

O Rota 2030 impulsionará a indústria brasileira, que está intimamente ligada à tecnologia de materiais.

A oportunidade Rota 2030

A nova legislação para o desenvolvimento da tecnologia do setor automotivo do Brasil, o Programa Rota 2030, acaba de ser lançada. Ao substituir o Inovar-Auto, o novo programa corrige alguns pontos do antigo condenado pela OMC (Organização Mundial do Comércio), principalmente por incentivos desiguais a produtos nacionais frente aos importados.

 Neste momento atual do Brasil em meio à crise econômica, a incerteza política e cortes de recursos federais do MEC para as universidades e para a pesquisa, o Rota 2030 é uma oportunidade ímpar, de proporções sem iguais na história do País, para que empresas ligadas ao setor automotivo comecem a se planejar e participar do desenvolvimento local de tecnologias junto aos ICT’s (Instituições de Ciência e Tecnologia) e à academia em geral.

Seus enfoques principais nas áreas de eficiência energética, desempenho estrutural e novas tecnologias assistivas da mobilidade visam a atacar problemas recorrentes de nossa indústria e que, no patamar atual da globalização, nos enfraquecem no mercado mundial. Entre eles se destacam a nossa competitividade reduzida em termos de custo produtivo, a defasagem tecnológica do produto final e de autopeças produzidas no País, o risco de que as P&Ds que poderiam ser desenvolvidas no País sejam exportadas e perda de investimentos.

Também o desenvolvimento da tecnologia capaz de fazer com que o produto brasileiro aumente sua competitividade frente aos demais reduziria a capacidade ociosa de nosso parque industrial. Ainda evitaríamos a perda do conhecimento e da liderança do Brasil no desenvolvimento de soluções para o aumento da produção e uso de biocombustíveis.

Com a implantação do programa estima-se que nos próximos cinco anos o Brasil investirá aproximadamente R$ 1 bilhão nos programas de P&D, o que não somente ajudará no desenvolvimento de produtos, mas impulsionará o País na direção de novos, modernos e mais equipados centros de pesquisas no meio acadêmico e nos ICT’s, gerando novas tecnologias e patentes nacionais e internacionais.

Sendo, então, uma iniciativa bastante conectada aos conceitos de sustentabilidade, o Rota 2030 impulsionará a indústria brasileira, que está intimamente ligada à tecnologia de materiais, para que apresente soluções e busque inovações para se obter:

• materiais mais leves, para se reduzir o consumo de combustível;

• materiais de alta resistência mecânica, para redução de peso e aumento da segurança ativa e passiva do veículo;

• melhores trabalhabilidade e conformabilidade para redução do tempo de gasto energético na produção, melhoria da qualidade final do produto e redução de perdas.

Ao encontro destas propostas o 10° Simpósio SAE BRASIL de Materiais, que ocorrerá no dia 21 de novembro em Belo Horizonte, vem apresentar o que há de novo na e para a indústria automotiva em termos de materiais, e discutir as oportunidades que podem criar o novo caminho disruptivo para o Brasil.

 * Rogério Jorge Amorim, Ph.D., professor de Engenharia Mecânica na PUC Minas, é chairperson do 10º Simpósio SAE BRASIL de Materiais da Seção Regional Minas Gerais

Fonte: SAE BRASIL



Saiba reconhecer os danos causados pelo uso de combustível adulterado

A mistura incorreta impede a queima correta do combustível e ocasiona perdas de rendimento, maior consumo, desgaste acelerado de componentes e danos no sistema de injeção do veículo.

Saiba reconhecer os danos causados pelo uso de combustível adulterado

Postos terão duas formas de mostrar preços de combustíveis

A medida passa a valer a partir do dia 7 de maio.

Postos terão duas formas de mostrar preços de combustíveis

Maio Amarelo alerta população sobre impactos dos acidentes de trânsito

Trabalho conjunto das Forças de Segurança, ação terá programação durante todo o mês.

Maio Amarelo alerta população sobre impactos dos acidentes de trânsito

Financiar carro vale a pena?

Especialista em análise de crédito esclarece os principais mitos dessa alternativa.

Financiar carro vale a pena?

Alta dos combustíveis? Conheça outras opções para aliviar o bolso

Apostar nos recursos tecnológicos é também uma alternativa para garantir praticidade durante o trajeto até o destino.

Alta dos combustíveis? Conheça outras opções para aliviar o bolso

Volkswagen antecipa novos NFTs após primeira coleção esgotar em poucas horas

Projeto desenvolvido pela startup brasileira OnePercent vende primeira coleção logo após o lançamento e anuncia novas coleções e funcionalidades.

Volkswagen antecipa novos NFTs após primeira coleção esgotar em poucas horas

Somente metade dos brasileiros usam cinto de segurança no banco de trás do carro

O uso do cinto impede que o passageiro seja arremessado, diz especialista.

Somente metade dos brasileiros usam cinto de segurança no banco de trás do carro

Produção de veículos aumenta 11,4% em março, diz Anfavea

Na comparação com março do ano passado, produção foi 7,8% inferior.

Produção de veículos aumenta 11,4% em março, diz Anfavea

Governo Federal cria programa para renovação de frota de caminhões

Entre os objetivos do programa está a retirada de circulação da frota com mais de 30 anos de fabricação.

Governo Federal cria programa para renovação de frota de caminhões

Aeroporto Internacional de Belo Horizonte inaugura Passarela Mineira

Espaço de convivência faz parte do projeto de modernização do Terminal de Passageiros 1.

Aeroporto Internacional de Belo Horizonte inaugura Passarela Mineira

Projeto de mobilidade elétrica é lançado em Fernando de Noronha

Serão inseridos 14 carros elétricos e uma rede de eletropostos com 12 pontos de recarga interligados na ilha.

Projeto de mobilidade elétrica é lançado em Fernando de Noronha

Reciclagem de baterias de veículos elétricos pode ser realidade no país em poucos anos

Ação visa o desenvolvimento de processo de reciclagem de células de baterias de íon-lítio dos veículos da BMW.

Reciclagem de baterias de veículos elétricos pode ser realidade no país em poucos anos