Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Brasil precisa de R$ 568 bilhões para rodovias

Brasil precisa de R$ 568 bilhões para rodovias

29/08/2018 Diogo Mendes (Transporte Mundial)

A CNT (Confederação Nacional do Transporte) apresentou o estudo Plano CNT de Transporte e Logística.

Brasil precisa de R$ 568 bilhões para rodovias

A CNT (Confederação Nacional do Transporte) apresentou o estudo Plano CNT de Transporte e Logística 2018, que apontou propostas para solucionar problemas e promover avanços na infraestrutura em todos os modais de transporte do país, com aporte mínimo necessário de R$ 1,7 trilhão, diluídos em mais de 2.663 projetos.

Na reportagem, vamos focar apenas na infraestrutura rodoviária que, segundo o estudo, necessita de R$ 568 bilhões do montante acima.

Em 2017, a extensão total das rodovias brasileiras era de 1.720.700,61 km, a maior parte não pavimentada – 1.349.938,5 km (78,5% do total) –, seguida das pavimentadas –213.452,8 km (12,4% do total) –, e das planejadas – 157.309,3 km (9,1% do total).

Dentre as rodovias pavimentadas, 30,7% (65.614,5 km) são federais, enquanto as demais 69,3% (147.838,3 km) são estaduais transitórias, estaduais ou municipais.

A malha rodoviária pavimentada federal teve um crescimento de 8,5% entre 2007 e 2017, totalizando 65.614,5 km de extensão. Entretanto, o crescimento é considerado pouco expressivo pois, considerando outros fatores que influenciam o aumento da demanda de transporte, como o crescimento do PIB, que de, 2007 a 2017, apresentou um aumento de 141,2%, assim como a evolução da frota de veículos, que quase duplicou no mesmo período.

Entre 2007 e 2017, o número de veículos no país passou de 49,6 milhões para 97,1 milhões – um aumento de 95,6%. Somente no ano de 2017, foram fabricados 2,7 milhões de veículos no Brasil, dos quais 84% foram automóveis, 12,1%, veículos comerciais leves, 3,1%; caminhões e 0,8%, ônibus.

Queda no investimento

Segundo dados do estudo, o auge de investimento na malha rodoviária brasileira se deu entre as décadas de 1960 e 1980. Modal predominante, o transporte rodoviário teve 61,1% de participação no transporte de cargas no país.

O licenciamento de veículos rodoviários de carga – caminhões, caminhões-tratores, reboque e semirreboques – teve um crescimento, entre 2007 e 2017, de 78,9%, o que mostra um aumento da demanda pelos serviços de transporte rodoviário e um consequente aumento da pressão sobre a infraestrutura rodoviária.

Apesar desse crescimento, a idade média da frota de caminhões no Brasil ainda é muito elevada. Em 2018, a idade média dos veículos registrados no Registro Nacional de Transportadores Rodoviários de Cargas (RNTRC) é de 16,3 anos para os transportadores autônomos e de 9,4 anos para as empresas.

Transporte rodoviário de passageiros

O transporte rodoviário de passageiros transportou, em 2017, aproximadamente 79,5 milhões de passageiros em linhas regulares interestaduais e internacionais. Em 2013, esse número era superior a 122 milhões de passageiros, o que representa uma queda de 35% nos últimos cinco anos.

A pesquisa explica que, em parte, a causa é a crise econômica enfrentada pelo país nesse período, que pode ter contribuído para o número reduzido de viagens realizadas pelos brasileiros.

* Diogo Mendes é jornalista

Fonte: Transporte Mundial



Sustentabilidade automotiva além dos elétricos

O avanço contínuo no campo dos carros elétricos tem gerado entusiasmo considerável e motivado inovações.

Autor: Mariano Perez

Sustentabilidade automotiva além dos elétricos

MME aprova isenção fiscal para projetos de biometano

O biometano é um combustível renovável e limpo, que pode substituir o gás natural em diversos setores.

Autor: Marcos Villela Hochreiter

MME aprova isenção fiscal para projetos de biometano

O futuro dos financiamentos automotivos: um panorama sobre tecnologias emergentes

Desbravar novos caminhos e estar na vanguarda das inovações é essencial para auxiliar no desenvolvimento e na democratização dos produtos.

Autor: Paulo Noman

O futuro dos financiamentos automotivos: um panorama sobre tecnologias emergentes

Pé na areia e água de coco: como evitar desgastes do automóvel na praia

Areia fina, maresia e exposição prolongada ao sol podem prejudicar veículos.

Autor: Divulgação

Pé na areia e água de coco: como evitar desgastes do automóvel na praia

Gasmig anuncia redução do preço do GNV

Demais segmentos acumulam baixa nos preços nos últimos 12 meses.

Autor: Divulgação

Gasmig anuncia redução do preço do GNV

Concorrências e desafios no cenário da mobilidade urbana

No Brasil, conforme levantamentos da Liga Ventures e do Sem Parar, constatam-se 157 empresas atuantes no segmento de mobilidade (mobitechs) no país.

Autor: Thiago Hidalgo

Concorrências e desafios no cenário da mobilidade urbana

Carros elétricos em condomínios e o Judiciário

A nova era da tecnologia automotiva também está mudando a vida dos condomínios residenciais no Brasil.

Autor: Divulgação

Carros elétricos em condomínios e o Judiciário

Caminhões e ônibus: a revolução da indústria nas duas últimas décadas

Quem dirige um caminhão, especialmente um biarticulado com bitrem ou rodotrem, precisa de muito treinamento.

Autor: Marcos Villela Hochreiter

Caminhões e ônibus: a revolução da indústria nas duas últimas décadas

Tecnologia de ponta a ponta: 5 tendências que vão moldar o mercado automotivo

Com desafio de alcançar números positivos, concessionárias precisam se adaptar, elevar experiência e abraçar inovações nos próximos meses.

Autor: Cesar Cantarella

Tecnologia de ponta a ponta: 5 tendências que vão moldar o mercado automotivo

A indústria brasileira de biodiesel deveria investir em HVO

Sistemas de armazenamento são capazes de permitir o uso combinado de várias fontes de energia limpa, garantindo mais eficácia e segurança.

Autor: Marcos Villela Hochreiter

A indústria brasileira de biodiesel deveria investir em HVO

Gastos com o automóvel é a segunda maior despesa do orçamento familiar

31% admitem gastar mais com o veículo do que o planejado e 62% têm uma reserva de emergência para lidar com surpresas na manutenção.

Autor: Ana Carolina Ribeiro

Gastos com o automóvel é a segunda maior despesa do orçamento familiar

Veículos elétricos: Roberto Drummond já avisava sobre as pedras no caminho

Temos muitas notícias positivas sobre os lançamentos de carros elétricos potentes, bonitos, evolutivos etc.

Autor: Marcos Villela Hochreiter

Veículos elétricos: Roberto Drummond já avisava sobre as pedras no caminho