Portal O Debate
Grupo WhatsApp

“Carros voadores” prometem aquecer e revolucionar o setor aéreo

“Carros voadores” prometem aquecer e revolucionar o setor aéreo

28/11/2022 5 Estrelas

Veículos importados devem chegar ao Brasil em 2025; Embraer planeja modelo próprio para 2026.

“Carros voadores” prometem aquecer e revolucionar o setor aéreo

Enganou-se quem imaginava que os carros voadores só existiriam no futuro criado pelo desenho Os Jetsons, de Hanna-Barbera. A evolução tecnológica do setor aéreo propiciou o desenvolvimento do veículo elétrico de pouso e decolagem virtual (eVTOL), que vem sendo chamado de “carro voador”.

A proposta do eVTOL é ser um veículo movido a eletricidade que realiza decolagens e pousos no sentido vertical. Num modelo intermediário entre carro e helicóptero, ele pretende revolucionar a mobilidade urbana mundial reduzindo não só o tempo de deslocamento, mas também as poluições sonora e atmosférica. 

Essa realidade está mais próxima do que muitos poderiam imaginar. Em 2024, o veículo será usado para transportar visitantes durante os Jogos Olímpicos de Paris, na França. Para a concretização do projeto, a empresa alemã Volocopter realizou o primeiro voo-teste em novembro.

De acordo com as informações da fabricante, o modelo testado é equipado com 18 motores elétricos e consegue atingir até 90 quilômetros por hora. No entanto, o voo-teste foi realizado com uma velocidade de 20 quilômetros por hora.

Antes disso, em outubro, a empresa chinesa XPeng AeroHT realizou um voo público em Dubai, nos Emirados Árabes, com um equipamento de fabricação própria. O modelo tem oito motores com hélices e pode atingir velocidade de até 130 quilômetros por hora. 

Outras empresas também têm trabalhado no desenvolvimento de carros voadores, que devem ser inseridos no mercado internacional em breve.

Novidade chega ao Brasil em 2025

Os carros voadores também prometem aquecer o setor aéreo brasileiro. As companhias Gol Linhas Aéreas Inteligentes (GOLL4) e Azul Linhas Aéreas Brasileiras (AZUL4) informaram que pretendem importar os equipamentos e iniciar o transporte de passageiros em 2025.

Já a Embraer (EMBR3), fabricante de peças aeroespaciais e aeronaves, divulgou o projeto de desenvolvimento de um modelo próprio do eVTOL, que deve ser introduzido no mercado nacional em 2026.

O projeto é desenvolvido pela Eve, empresa de mobilidade aérea urbana da Embraer, em parceria com a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), o Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea) e a Associação Brasileira de Aviação Geral (Abag).

Inicialmente, o modelo deve realizar viagens com distância de até 48 quilômetros e duração máxima de 17 minutos. A capacidade de transporte será para quatro passageiros e o piloto.

A representação digital da cabine do veículo foi apresentada pela Embraer durante o Farnborough Airshow, um dos maiores eventos mundiais da indústria aeroespacial, realizado em julho, na Inglaterra. Como está em fase de desenvolvimento, o projeto ainda pode sofrer alterações.

Movimentação econômica

Além da inovação na mobilidade urbana, os carros voadores prometem movimentar economicamente o setor aéreo nacional. A expectativa da Embraer é que mais de 200 veículos estejam ativos até 2035. Com a projeção concretizada, 4,5 milhões de passageiros devem ser transportados em mais de cem rotas criadas no estado do Rio de Janeiro, o que deve gerar uma receita anual de US$ 220 milhões.

Para isso, estima-se que cerca de 40 vertiportos serão construídos nos próximos anos. O Aeroporto Internacional Tom Jobim (RIOgaleão) e o Centro Empresarial Henrique Simonsen, localizado na Barra da Tijuca, já foram escolhidos para sediar pousos e decolagens dos carros voadores.

A Gol e a Azul não informaram as expectativas econômicas com o negócio, mas a inclusão de um novo serviço possibilita prospectar mais clientes. 

Além do público consumidor, há também o potencial de atrair o interesse de novos investidores. Gol, Azul e Embraer são empresas listadas na Bolsa de Valores (B3), e o mercado tende a reagir às novidades do setor.

Para mais informações sobre veículo elétrico clique aqui...

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Fonte: Experta Média



Sustentabilidade automotiva além dos elétricos

O avanço contínuo no campo dos carros elétricos tem gerado entusiasmo considerável e motivado inovações.

Autor: Mariano Perez

Sustentabilidade automotiva além dos elétricos

MME aprova isenção fiscal para projetos de biometano

O biometano é um combustível renovável e limpo, que pode substituir o gás natural em diversos setores.

Autor: Marcos Villela Hochreiter

MME aprova isenção fiscal para projetos de biometano

O futuro dos financiamentos automotivos: um panorama sobre tecnologias emergentes

Desbravar novos caminhos e estar na vanguarda das inovações é essencial para auxiliar no desenvolvimento e na democratização dos produtos.

Autor: Paulo Noman

O futuro dos financiamentos automotivos: um panorama sobre tecnologias emergentes

Pé na areia e água de coco: como evitar desgastes do automóvel na praia

Areia fina, maresia e exposição prolongada ao sol podem prejudicar veículos.

Autor: Divulgação

Pé na areia e água de coco: como evitar desgastes do automóvel na praia

Gasmig anuncia redução do preço do GNV

Demais segmentos acumulam baixa nos preços nos últimos 12 meses.

Autor: Divulgação

Gasmig anuncia redução do preço do GNV

Concorrências e desafios no cenário da mobilidade urbana

No Brasil, conforme levantamentos da Liga Ventures e do Sem Parar, constatam-se 157 empresas atuantes no segmento de mobilidade (mobitechs) no país.

Autor: Thiago Hidalgo

Concorrências e desafios no cenário da mobilidade urbana

Carros elétricos em condomínios e o Judiciário

A nova era da tecnologia automotiva também está mudando a vida dos condomínios residenciais no Brasil.

Autor: Divulgação

Carros elétricos em condomínios e o Judiciário

Caminhões e ônibus: a revolução da indústria nas duas últimas décadas

Quem dirige um caminhão, especialmente um biarticulado com bitrem ou rodotrem, precisa de muito treinamento.

Autor: Marcos Villela Hochreiter

Caminhões e ônibus: a revolução da indústria nas duas últimas décadas

Tecnologia de ponta a ponta: 5 tendências que vão moldar o mercado automotivo

Com desafio de alcançar números positivos, concessionárias precisam se adaptar, elevar experiência e abraçar inovações nos próximos meses.

Autor: Cesar Cantarella

Tecnologia de ponta a ponta: 5 tendências que vão moldar o mercado automotivo

A indústria brasileira de biodiesel deveria investir em HVO

Sistemas de armazenamento são capazes de permitir o uso combinado de várias fontes de energia limpa, garantindo mais eficácia e segurança.

Autor: Marcos Villela Hochreiter

A indústria brasileira de biodiesel deveria investir em HVO

Gastos com o automóvel é a segunda maior despesa do orçamento familiar

31% admitem gastar mais com o veículo do que o planejado e 62% têm uma reserva de emergência para lidar com surpresas na manutenção.

Autor: Ana Carolina Ribeiro

Gastos com o automóvel é a segunda maior despesa do orçamento familiar

Veículos elétricos: Roberto Drummond já avisava sobre as pedras no caminho

Temos muitas notícias positivas sobre os lançamentos de carros elétricos potentes, bonitos, evolutivos etc.

Autor: Marcos Villela Hochreiter

Veículos elétricos: Roberto Drummond já avisava sobre as pedras no caminho