Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Não coloque em risco a saúde do motor

Não coloque em risco a saúde do motor

29/08/2019 Cláudio Moysés

Algumas montadoras já trabalham com líquidos long life, que duram a vida inteira do veículo.

Não coloque em risco a saúde do motor

Existem muitos produtos que são vendidos no mercado como líquido de arrefecimento, mas na verdade não passam de água com corante e podem conter elementos prejudiciais ao motor, portanto o consumidor precisa tomar alguns cuidados na hora de fazer a manutenção do veículo e comprar este item tão importante, que é responsável por manter o motor em temperatura ideal de funcionamento, entre outros benefícios.

É fundamental seguir a recomendação do manual do fabricante e utilizar somente produtos de origem confiável deste líquido, que é composto por água desmineralizada e aditivo à base de etileno glicol. Assim, o consumidor tem a segurança de comprar um produto que entrega a proteção adequada conforme especificação de uso e garante a preservação da vida útil do motor.

 Algumas montadoras já trabalham com líquidos long life, que duram a vida inteira do veículo, então o motorista não precisa se preocupar em fazer a troca, a não ser que haja vazamento ou alguma contaminação do sistema. Já outras montadoras recomendam fazer trocas do líquido de arrefecimento, de acordo com quilometragem, a partir de produtos homologados.

 Alguns brasileiros têm o hábito de completar o reservatório com água da torneira, o que é prejudicial, pois a composição da mistura deve conter água desmineralizada para proteger os componentes metálicos da corrosão e evitar a formação de incrustações, que podem causar entupimentos e, em consequência, superaquecimento do motor.

 Assim, colocar água da torneira no circuito de arrefecimento põe em risco a saúde do motor, pois a água pode conter sais minerais como cloro, flúor e cálcio que, se acumulados em certas regiões do motor, aceleram o processo de oxidação e desgaste de partes metálicas e mangueiras. Em especial o cloro presente na água pode reagir com o alumínio das peças.

 Se o consumidor completar apenas com água, a porcentagem da mistura também irá diminuir e perder eficiência, uma vez que um dos objetivos do etileno glicol é garantir que a água não evapore. Assim, a mistura perde capacidade de não evaporar, que é observada com a rápida queda de nível, além de perder as características de proteção do motor e das borrachas.

 Geralmente, os painéis de instrumentos dos veículos alertam caso comece a baixar o nível e aumentar a temperatura. Se continuar em funcionamento mesmo com os alertas, o carro terá problemas com o superaquecimento do motor, como dano à junta do cabeçote, que pode demandar uma retífica ou a troca deste importante item avariado.

 No Brasil, a certificação do líquido de arrefecimento ainda é voluntária, mas o mercado já apresentou demanda ao Inmetro para que esta seja regulamentada, com a finalidade de evitar que produtos piratas sigam em circulação no mercado.

 Para não colocar em risco o patrimônio, a recomendação é que o motorista escolha sempre produtos avaliados e testados pelo Instituto da Qualidade Automotiva (IQA), que realiza uma gama de ensaios em líquido de arrefecimento, conforme as especificações das normas ABNT NBR, o que garante segurança ao consumidor.

 Todo o trabalho é realizado em laboratório químico próprio, que está localizado no Parque Tecnológico de Sorocaba (PTS), a 100 km de São Paulo. O laboratório possui equipamentos de última geração para realizar ensaios químicos em líquido de arrefecimento, assim como Arla 32, líquido de freios, baterias e pilhas.

 O IQA é um organismo de certificação sem fins lucrativos especializado no setor automotivo, criado e dirigido por Anfavea, Sindipeças, Sindirepa e outras entidades do setor e governo. Parceiro de organismos internacionais e acreditado pela Coordenação Geral de Acreditação (CGCRE) do Inmetro, o Instituto atua em certificação de serviços automotivos, produtos e sistemas de gestão, assim como publicações técnicas, treinamentos e ensaios de laboratório.

 * Cláudio Moysés é gerente geral de Qualidade da PSA Groupe e diretor-executivo do Instituto da Qualidade Automotiva (IQA)

Fonte: Companhia de Imprensa



Exigência de simulador para obter CNH deixa de valer no país

Entre outras mudanças, a CNH passa a valer por dez anos.

Exigência de simulador para obter CNH deixa de valer no país

CNH Industrial prepara Iveco para o futuro do caminhão elétrico

Ela investirá US$ 250 milhões em uma parceria com a Niloka Corporation.

CNH Industrial prepara Iveco para o futuro do caminhão elétrico

Venda de veículos cai em agosto, mas produção registra aumento

No acumulado do ano, foi registrado aumento de 9,9% de veículos comercializados.

Venda de veículos cai em agosto, mas produção registra aumento

Grupo Caoa compra fábrica da Ford em São Bernardo do Campo

Negócio deve ser fechado em torno de R$ 1 bilhão.

Grupo Caoa compra fábrica da Ford em São Bernardo do Campo

Mais uma empresa aérea low cost pede autorização para voar no Brasil

JetSmart quer operar voos que partiriam da Argentina e do Chile.

Mais uma empresa aérea low cost pede autorização para voar no Brasil

Embraer, 50 anos de desafios vencidos

As dificuldades acabaram por gerar soluções pioneiras na indústria.

Embraer, 50 anos de desafios vencidos

Campanha alerta sobre uso seguro da bicicleta

O Dia do Ciclista é comemorado nesta segunda-feira (19/08).

Campanha alerta sobre uso seguro da bicicleta

Bolsonaro manda suspender uso de radares nas rodovias federais

Medida tem por objetivo evitar o desvirtuamento do caráter pedagógico e a utilização meramente arrecadatória dos radares.

Bolsonaro manda suspender uso de radares nas rodovias federais

Motoristas de aplicativos poderão aderir ao MEI e coletar benefícios

Modalidade permite que prestadores autônomos de serviços deixem a informalidade.

Motoristas de aplicativos poderão aderir ao MEI e coletar benefícios

Rodovias sem cancelas do Chile será um dos tema de Congresso

O congresso abordará temas relacionados aos direcionamentos estratégicos, políticos e tecnológicos da infraestrutura rodoviária brasileira.

Rodovias sem cancelas do Chile será um dos tema de Congresso

Aplicativo retira mais de 1 milhão de carros do trânsito de SP em 2019

Modalidade compartilhada do Uber almeja reduzir uso de carro por uma só pessoa.

Aplicativo retira mais de 1 milhão de carros do trânsito de SP em 2019

Aeroporto de Uberaba apresenta alta no fluxo de passageiros no 1º semestre

Somente no primeiro semestre de 2019, o terminal recebeu quase 40 mil passageiros.

Aeroporto de Uberaba apresenta alta no fluxo de passageiros no 1º semestre