Portal O Debate
Grupo WhatsApp

O futuro da mobilidade depende da bateria

O futuro da mobilidade depende da bateria

03/04/2019 Sérgio Kina

É fato que o futuro do setor automotivo depende do aprimoramento constante em diversos setores da tecnologia.

O futuro da mobilidade depende da bateria

A indústria automotiva vivencia grandes transformações, com ênfase em tecnologias de conectividade no Brasil, afinal cada vez mais os veículos interagem com o usuário e o ambiente. Muitas funções que eram realizadas pelo motorista agora já podem ser feitas pelo veículo, como frear, estacionar ou acionar sistema de socorro em caso de acidentes.

Com a entrada dos veículos elétricos, a frota também contará com a substituição gradativa dos motores a combustão pelos elétricos. Esse movimento inclui também o veículo híbrido, que deve representar um passo relevante no País para alcance de volume de produção, com diversas possibilidades de tecnologias.

Diante deste cenário, marcado pela crescente entrada de componentes eletroeletrônicos nos veículos, sejam de hardware ou software, para a realização de funções inteligentes, as baterias precisam ser cada vez mais confiáveis porque o funcionamento dos sistemas dependerá integralmente da saúde do sistema de alimentação elétrica.

É fato que o futuro do setor automotivo depende do aprimoramento constante em diversos setores da tecnologia, mas em particular a bateria é, sem dúvida, um dos setores que mais tem se desenvolvido e, provavelmente, o que mais se desenvolverá nos próximos anos.

Hoje os veículos elétricos já apresentam desempenho e autonomia em níveis quase comparados aos veículos com motores a combustão. Alguns desafios ainda precisam ser atingidos, como a redução no tempo de abastecimento dos veículos elétricos. Talvez a melhoria de eficiência em carregamento seja o maior dos desafios a serem conquistados.

Com o foco de acompanhar tendências e dar suporte à indústria no desenvolvimento, o IQA começa a oferecer serviços de ensaios químicos para baterias, de acordo com a resolução Conama nº 401, que determina os limites de chumbo, cádmio e mercúrio nos produtos, uma iniciativa que também contribui para a proteção ao meio ambiente.

Esse novo passo do IQA representa uma abertura para o caminho que será trilhado no futuro com a expansão dos veículos elétricos, cujo ponto-chave é a bateria. Quando a questão da bateria estiver solucionada, o desafio da mobilidade elétrica também estará sendo superado.

Esses e outros temas serão abordados no 7º Fórum IQA da Qualidade Automotiva, que receberá lideranças de diferentes segmentos da indústria – como montadoras, autopeças, concessionárias, distribuidores, oficinas, entidades setoriais, consultorias e governo – dia 16 de setembro, no Centro de Convenções Milenium, em São Paulo. Participe!

* Sérgio Kina é gerente técnico do Instituto da Qualidade Automotiva (IQA)

Fonte: Companhia de Imprensa



Como funcionam as pastilhas de freio: causas do desgaste prematuro

Desgaste natural do material de atrito da pastilha varia de intensidade se o condutor costuma frear de forma brusca ou leve.

Autor: Divulgação

Como funcionam as pastilhas de freio: causas do desgaste prematuro

Volkswagen avança com veículos comerciais leves autônomos

A eletrificação de VCLs é estratégica, especialmente para entregas urbanas de última milha.

Autor:  Filipi Goschrman

Volkswagen avança com veículos comerciais leves autônomos

Escassez global de motoristas de caminhão: desafios e soluções

A escassez de motoristas de caminhão é um problema crônico que afeta o setor de transporte rodoviário em todo o mundo.

Autor: Marcos Villela Hochreiter

Escassez global de motoristas de caminhão: desafios e soluções

O que podemos aprender com os novos padrões de emissões dos EUA?

O que podemos aprender com essas novas regras?

Autor: Marcos Villela Hochreiter

O que podemos aprender com os novos padrões de emissões dos EUA?

Sinais de problemas no coxim do motor

Vibração na carroceria do veículo é um dos indícios que podem indicar comprometimento da peça.

Autor: Divulgação

Sinais de problemas no coxim do motor

Scania apresenta novo caminhão elétrico com autonomia de 520 km

A sustentabilidade é um pilar central nessa transição para a eletrificação.

Autor: Marcos Villela Hochreiter

Scania apresenta novo caminhão elétrico com autonomia de 520 km

Dupla direção, dupla eficiência: o novo caminhão de Bombeiros

Não é foto montagem com IA e nem “fake news”.

Autor: Marcos Villela Hochreiter

Dupla direção, dupla eficiência: o novo caminhão de Bombeiros

Ainda não é o ano dos elétricos, mas as opções híbridas devem ganhar força

Trajetória dos elétricos enfrenta desafios, como custo e infraestrutura de recarga; por isso, veículos híbridos ainda lideram a preferência.

Autor: Divulgação

Ainda não é o ano dos elétricos, mas as opções híbridas devem ganhar força

Fatores que interferem na vida útil das pastilhas de freio

Vida útil está ligada à forma de condução e local que o veículo trafega.

Autor: Divulgação

Fatores que interferem na vida útil das pastilhas de freio

Programa de incentivo à descarbonização transforma o papel do setor automotivo

A eficiência energética também impulsionará um novo entendimento por parte do consumidor e estará mais alinhada com os padrões internacionais de avaliação e taxação.

Autor: Stela Kos

Programa de incentivo à descarbonização transforma o papel do setor automotivo

Futuro das estradas: o avanço do hidrogênio em veículos comerciais e de passeio

Futuro das estradas: conheça neste artigo os estágios atuais do desenvolvimento de veículos movidos.

Autor: Eustáquio Sirolli

Futuro das estradas: o avanço do hidrogênio em veículos comerciais e de passeio

Scania vai implantar transporte autônomo com presença de motorista

O sistema SuperDrive é uma solução robusta que promete transformar a maneira como interagimos com nossos veículos.

Autor: Marcos Villela Hochreiter

Scania vai implantar transporte autônomo com presença de motorista