Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Veja o que analisar antes de partir para a frota própria

Veja o que analisar antes de partir para a frota própria

07/09/2018 Transporte Mundial

Especialista alerta que a tomada de decisão deve analisar dimensionamento da frota necessária e nível de ocupação desta ao longo do ano.

Veja o que analisar antes de partir para a frota própria

Especialista alerta que a tomada de decisão deve analisar dimensionamento da frota necessária e nível de ocupação desta ao longo do ano, se motoristas seriam próprios ou terceirizados e os riscos trabalhistas entre outros pontos.

Encerrada a greve dos caminhoneiros em junho deste ano e a ameaça de uma nova paralisação há muitas expectativas no mercado sobre quais seriam os impactos do movimento no custo do transporte. Alguns estudos, como os realizados pela Esalq-Log/USP, apontam uma alta mínima no custo do transporte de commodities agropecuárias até os portos de pelo menos 70%, ou até 154%, se o contratante pagar o frete de retorno, com o caminhão vazio.

“Esse cenário tem levado muitas empresas a cogitar internalizar suas operações de transporte. Se por um lado é direta a identificação do impacto no custo operacional devido à adoção da tabela de frete mínimo, por outro é bem mais complexa a estimativa de como se dará essa operação”, completa o consultor Rodrigo Arozo, sócio da Diagma Supply Chain Consulting.

Questões a serem avaliadas

Segundo ele, o custo da aquisição de veículos é apenas um dos fatores a serem considerados. Outras questões precisam ser avaliadas, antes de se decidir pela frota com veículos próprios ou pela terceirização. Confira:

- Propriedade dos cavalos, dos complementos ou do conjunto completo?

- Qual a estratégia de aquisição e renovação da frota?

- Qual o dimensionamento da frota necessária? Qual será o nível de ocupação desta ao longo do ano?

- Qual o nível de flexibilidade necessário neste dimensionamento?

- A operação própria deve ser utilizada para todas as rotas?

- Motoristas próprios ou terceirizados? Qual o risco trabalhista nesta possível terceirização de mão de obra?

- Como fica a manutenção da frota? Própria ou terceirizada?

- Qual a estrutura interna de gestão necessária para a operação?

- Quais impactos em sistemas ou funcionalidades adicionais de gestão, planejamento e controle serão necessárias?

- Quais outros riscos operacionais podem surgir com o aumento da complexidade desta gestão operacional?

Arozo também aconselha que as empresas estudem eventuais ganhos com a gestão da operação e a aposta no relacionamento com as transportadoras, antes de se definir pela primarização.

Fonte: Transporte Mundial 



Vendas de veículos têm alta de 8,3% de janeiro a novembro

Produção aumentou 2,7% no acumulado do ano.

Vendas de veículos têm alta de 8,3% de janeiro a novembro

VW Caminhões e Ônibus anuncia investimento em mobilidade elétrica

Investimento de R$ 110,8 milhões destina-se à nova fase do plano de negócios e-Mobility, com parte do aporte por meio de financiamento do BNDES.

VW Caminhões e Ônibus anuncia investimento em mobilidade elétrica

Air Europa assina acordo de codeshare com GOL

Air Europa voará de São Paulo, Recife, Salvador e Fortaleza para outras 20 cidades do Brasil, com base na aliança efetivada com a companhia aérea brasileira.

Air Europa assina acordo de codeshare com GOL

Para fazer certo na primeira vez

O País não terá fabricação significativa de carros elétricos ou autônomos em breve.

Para fazer certo na primeira vez

Primeiras entregas de medicamentos usando drones acontecem nos EUA

Órgão regulador dos Estados Unidos aprovou as primeiras entregas através de voos automáticos.

Primeiras entregas de medicamentos usando drones acontecem nos EUA

A oportunidade Rota 2030

O Rota 2030 impulsionará a indústria brasileira, que está intimamente ligada à tecnologia de materiais.

A oportunidade Rota 2030

Novos rumos para os aeroportos

Os investimentos em infraestrutura são fundamentais para o desenvolvimento econômico brasileiro nos próximos anos.

Novos rumos para os aeroportos

Volvo inicia vendas de caminhões elétricos para transporte urbano na Europa

As vendas iniciarão na Suécia, Noruega, Alemanha, Suíça, França e Países Baixos.

Volvo inicia vendas de caminhões elétricos para transporte urbano na Europa

Produção de veículos cresce 16,6% em outubro, divulga Anfavea

Nos primeiros dez meses do ano, foram produzidos 2,55 milhões de veículos, um aumento de 3,6% em relação ao mesmo preiodo do ano passado.

Produção de veículos cresce 16,6% em outubro, divulga Anfavea

Carros autônomos serão aliados na administração das cidades

Tecnologias desenvolvidas para criar carros autônomos podem coletar dados de grande utilidade para a implantação de políticas públicas de mobilidade e até zeladoria urbana.

Carros autônomos serão aliados na administração das cidades

Bombas de combustíveis terão certificação digital a partir de dezembro

Tesla ultrapassa GM como montadora mais valiosa dos EUA

Aconteceu. Nesta semana, a Tesla, montadora de carros elétricos criada em 2003, ultrapassou a centenária General Motors em valor de mercado.

Tesla ultrapassa GM como montadora mais valiosa dos EUA