Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Veja o que analisar antes de partir para a frota própria

Veja o que analisar antes de partir para a frota própria

07/09/2018 Transporte Mundial

Especialista alerta que a tomada de decisão deve analisar dimensionamento da frota necessária e nível de ocupação desta ao longo do ano.

Veja o que analisar antes de partir para a frota própria

Especialista alerta que a tomada de decisão deve analisar dimensionamento da frota necessária e nível de ocupação desta ao longo do ano, se motoristas seriam próprios ou terceirizados e os riscos trabalhistas entre outros pontos.

Encerrada a greve dos caminhoneiros em junho deste ano e a ameaça de uma nova paralisação há muitas expectativas no mercado sobre quais seriam os impactos do movimento no custo do transporte. Alguns estudos, como os realizados pela Esalq-Log/USP, apontam uma alta mínima no custo do transporte de commodities agropecuárias até os portos de pelo menos 70%, ou até 154%, se o contratante pagar o frete de retorno, com o caminhão vazio.

“Esse cenário tem levado muitas empresas a cogitar internalizar suas operações de transporte. Se por um lado é direta a identificação do impacto no custo operacional devido à adoção da tabela de frete mínimo, por outro é bem mais complexa a estimativa de como se dará essa operação”, completa o consultor Rodrigo Arozo, sócio da Diagma Supply Chain Consulting.

Questões a serem avaliadas

Segundo ele, o custo da aquisição de veículos é apenas um dos fatores a serem considerados. Outras questões precisam ser avaliadas, antes de se decidir pela frota com veículos próprios ou pela terceirização. Confira:

- Propriedade dos cavalos, dos complementos ou do conjunto completo?

- Qual a estratégia de aquisição e renovação da frota?

- Qual o dimensionamento da frota necessária? Qual será o nível de ocupação desta ao longo do ano?

- Qual o nível de flexibilidade necessário neste dimensionamento?

- A operação própria deve ser utilizada para todas as rotas?

- Motoristas próprios ou terceirizados? Qual o risco trabalhista nesta possível terceirização de mão de obra?

- Como fica a manutenção da frota? Própria ou terceirizada?

- Qual a estrutura interna de gestão necessária para a operação?

- Quais impactos em sistemas ou funcionalidades adicionais de gestão, planejamento e controle serão necessárias?

- Quais outros riscos operacionais podem surgir com o aumento da complexidade desta gestão operacional?

Arozo também aconselha que as empresas estudem eventuais ganhos com a gestão da operação e a aposta no relacionamento com as transportadoras, antes de se definir pela primarização.

Fonte: Transporte Mundial 



História da Harley-Davidson: Mitos e lendas da marca norte-americana

Descubra um pouco mais sobre a H-D, com alguns mitos, lendas e curiosidades.

História da Harley-Davidson: Mitos e lendas da marca norte-americana

Inteligência artificial no transporte de cargas

Entenda como este tipo de tecnologia pode elevar a eficiência logística.

Inteligência artificial no transporte de cargas

Empresa vai investir R$ 750 milhões em distrito rodoferroviário no Norte de Minas

Empreendimento logístico imobiliário em Montes Claros vai gerar 900 empregos diretos com potencial de atração de mais de 100 empresas.

Empresa vai investir R$ 750 milhões em distrito rodoferroviário no Norte de Minas

Voo Simples: novos ares na aviação

O governo federal tem motivos para tentar revigorar a aviação.

Voo Simples: novos ares na aviação

Setor aéreo deve recuperar 80% da atividade em dezembro

Durante a pandemia as empresas aéreas tiveram redução de 93% em suas atividades.

Setor aéreo deve recuperar 80% da atividade em dezembro

Radares visíveis: estamos preparados?

A questão vai muito além da educação no trânsito, pois envolve conceitos de honestidade e consciência da população.

Radares visíveis: estamos preparados?

Ford Transit voltará a ser vendida no Brasil. Conheça versão 100% elétrica

A montadora de veículos Nordex, do Uruguai, virou uma especialista em produzir veículos utilitários para a América do Sul.

Ford Transit voltará a ser vendida no Brasil. Conheça versão 100% elétrica

Vendas de motocicletas têm queda de 2,3% em outubro

Importações no setor caíram 19,5% de janeiro a outubro.

Vendas de motocicletas têm queda de 2,3% em outubro

Volvo anuncia linha completa de caminhões elétricos na Europa em 2021

As vendas começarão já próximo ano, com produção em série em 2022.

Volvo anuncia linha completa de caminhões elétricos na Europa em 2021

Produção de veículos aumenta 7,4% em outubro, diz Anfavea

Foram montados 236.468 veículos no mês passado.

Produção de veículos aumenta 7,4% em outubro, diz Anfavea

Pandemia aquece em 138% setor automotivo brasileiro e regional

Tendência deve-se principalmente ao aumento da demanda por transportes via aplicativos e deliveries.

Pandemia aquece em 138% setor automotivo brasileiro e regional

Aeroporto de BH terá movimentação de cerca de 500 mil passageiros em novembro

Esse número representa uma retomada de cerca de 60% das operações que ocorriam no terminal em fevereiro deste ano.

Aeroporto de BH terá movimentação de cerca de 500 mil passageiros em novembro