Portal O Debate
Grupo WhatsApp

VW anuncia investimento de R$ 2 bilhões para novos produtos até 2025

VW anuncia investimento de R$ 2 bilhões para novos produtos até 2025

11/12/2020 Marcos Villela Hochreiter

O valor anunciado foi de R$ 2 bilhões para o período entre 2021 e 2025.

VW anuncia investimento de R$ 2 bilhões para novos produtos até 2025

A Volkswagen Caminhões e Ônibus (VWCO) anunciou novo ciclo de investimento para a produção de novos produtos e aumento da expansão global, além do desenvolvimento de novos serviços digitais. O valor anunciado foi de R$ 2 bilhões para o período entre 2021 e 2025.

O CEO da VWCO, Roberto Cortes, em coletiva virtual com a imprensa. Já foi notícia que o Grupo Traton, dono das marcas VWCO, Scania, MAN e RIO, comprou a Navistar International e o processo será concluído em meados do ano que vem. “Com isso, vamos aumentar a sinergia entre as marcas”, disse.

Em razão da confiança da retomada do crescimento em 2021, mais a nova linha de produção do VW Meteor, Cortes também confirmou o iniciou da contratação efetiva de mais 550 trabalhadores, um aumento de 13% no quadro de funcionários, elevando para 4,1 mil colaboradores, dentre pessoal da VWCO e das empresas do Consórcio Modular.

Investimentos no e-Delivery

A Volkswagen Caminhões lidera no Brasil a corrida no desenvolvimento de caminhões elétricos para uso urbano. A empresa anunciou a destinação de investimento no valor de R$ 110,8 milhões para fazer as mudanças na fábrica para iniciar a produção em escala comercial a partir do segundo semestre de 2020. O investimento contempla também pesquisa e desenvolvimento de produtos. Esse valor está dentro do R$ 1,5 bilhão de investimento com ciclo para terminar em 2021, o maior da história da empresa. 

Recentemente a empresa havia lançado o e-Consórcio nos moldes que já é tradição na fábrica de Resende (RJ) para receber dentro de sua unidade industrial os parceiros para o desenvolvimento e montagem dos futuros caminhões elétricos. A empresa finaliza este ano a montagem de 17 protótipos para testes e viabilização da homologação e início de montagem. 

Além disso, o e-Delivery passa por ensaios em condições reais de operação. Faz parte desse total de elétricos o e-Delivery que já opera na distribuição de bebidas da Ambev em São Paulo. Em um ano, o modelo rodou mais de 15 mil quilômetros em testes de engenharia e condições reais de aplicação, deixando de emitir mais de 11 toneladas de CO² e economizando o equivalente a mais de 3.300 litros de diesel. No final deste texto, link para outra reportagem sobre o teste da Ambev com diversos números. 

O principal fator que está viabilizando o desenvolvimento do e-Delivery é a parceria com a Ambev que prevê auxílio nos testes e compromisso de comprar de 1.600 unidades, a maior do mundo. Isso porque a InBev, controladora da Ambev, tem um plano global de redução de emissões de CO². Veja reportagem no final deste texto. 

Primeiros resultados do e-Consórcio

A VW Caminhões e Ônibus tem o modelo de negócio que prevê desde a montagem até a infraestrutura de recarga e gerenciamento de ciclo de vida da bateria dos caminhões elétricos com fornecedores integrados. Os recém-montados protótipos de caminhões elétricos e-Delivery já trazem em sua configuração componentes de fornecedores do e-Consórcio. Entre as novidades estão a bateria da CATL, o motor WEG e o módulo de controle da Bosch. Numa próxima etapa, será incorporado o eixo da Meritor.

Em paralelo, a Moura já conduz investigações sobre os processos logísticos enquanto a Siemens estuda a instalação de carregadores na fábrica da VWCO. Apoiando todo o processo, a Semcon tem atuado na montagem desses protótipos.

Mercado da VWCO 2019 e 2020

O presidente e CEO da VWCO, Roberto Cortes, falou sobre sobre os resultados da empresa neste ano e perspectiva para o 2020. As vendas de caminhões da marca cresceram 32,3% no período entre janeiro e novembro. O mercado, como um todo, apresenta crescimento de 37,9%, com forte influência do segmento de pesados, que cresce 57,5%. Neste segmento, a VWCO, incluindo a marca MAN, cresce 49,9%. No segmento de ônibus, a empresa cresce 74%. No resultado do geral, o executivo lembra que houve forte queda nas exportações, deixando a empresa com crescimento de 15%. 

Para 2020, com a base de comparação foi bastante ampliada em 2019, o Cortes considera um crescimento entre 5% e 10% como um ótimo resultado. As expectativas se sustentam com o crescimento de PIB, agora puxado pelo consumo das famílias, e dos investimentos em infraestrutura. 

Setor de bebidas

A VWCO também informou que houve uma significativa retomada de compras de caminhões do comércio de bebidas em 2019. Somente ela entregou mais de 1.500 caminhões vocacionais para o segmento, sendo mais de 1.100 para empresas brasileiras e o restante para distribuidoras de diversos países da América Latina. 

Na família Delivery, o principal modelo foi o 13.180 6×2 para entregas urbanas, principalmente em cidades que há restrições para caminhões maiores. Na gama Constellation, o mais requisitado foi o 17.190, muito utilizado em regiões sem restrições à circulação. Na transferência entre as fábricas e as distribuidoras, o MAN TGX 28.440 foi o destaque da VWCO. 

Caminhos da Escola

Outro anúncio feito pela VWCO foi a nova licitação vencida pela empresa para o programa do governo federal Caminho da Escola. São 3.600 unidades que poderão ser adquiridas pelas prefeituras e estados do País. Os modelos são o Volksbus 8.160 ODR ORE1, com carroceria Neobus TH Way e capacidade de 29 alunos, e o Volksbus 15.190 ODR ORE3, com carroceria Marcopolo Sênior Escolar para 59 alunos, sendo 1.600 unidades de cada. Completam o número, 400 unidades do  Volksbus 8.160 OD ONUREA Piso Alto (ÔnibusUrbano Escolar Acessível, que transporta 30 alunos).

* Marcos Villela - Editor da revista e site Transporte Mundial desde fevereiro de 2002.

Fonte: Transporte Mundial



Desafios do gerenciamento de riscos logísticos no Brasil

O Brasil, um gigante econômico e territorial, enfrenta desafios significativos no gerenciamento eficaz do transporte de cargas.

Autor: Marcio Lira


Da crise do álcool ao boom dos veículos elétricos: uma jornada automotiva brasileira

Só quem tem a minha idade sabe o que foi viver sem energia para a mobilidade.

Autor: Marcos Villela Hochreiter

Da crise do álcool ao boom dos veículos elétricos: uma jornada automotiva brasileira

A Iveco Brasil versus Iveco Bus Europa: entenda as razões para tantas diferenças

Um dos ensinamentos em comunicação: se você não se explica, você dá asas para a imaginação, e pior, para os concorrentes.

Autor: Marcos Villela Hochreiter

A Iveco Brasil versus Iveco Bus Europa: entenda as razões para tantas diferenças

Critérios para escolher o reparador de tanques do seu veículo

Na área de manutenção de veículos e equipamentos industriais, os tanques de combustível frequentemente enfrentam desgaste, vazamentos e corrosão.

Autor: Divulgação

Critérios para escolher o reparador de tanques do seu veículo

Automóveis elétricos: desafios e perspectivas para as locadoras

O cenário atual da mobilidade elétrica no Brasil apresenta um paradoxo intrigante.

Autor: Marcos Villela Hochreiter

Automóveis elétricos: desafios e perspectivas para as locadoras

Combustíveis, a nova Meca dos investidores

Um dos setores mais rentáveis é o de energia e combustíveis, que movimenta trilhões de dólares em todo mundo.

Autor: Cleiton Santos Santana

Combustíveis, a nova Meca dos investidores

Identificação correta dos amortecedores evita erro de aplicação

Existem amortecedores que são semelhantes na parte externa, no entanto, bem diferentes internamente e exige atenção na hora de aplicar a peça no veículo.

Autor: Divulgação

Identificação correta dos amortecedores evita erro de aplicação

Como funcionam as pastilhas de freio: causas do desgaste prematuro

Desgaste natural do material de atrito da pastilha varia de intensidade se o condutor costuma frear de forma brusca ou leve.

Autor: Divulgação

Como funcionam as pastilhas de freio: causas do desgaste prematuro

Volkswagen avança com veículos comerciais leves autônomos

A eletrificação de VCLs é estratégica, especialmente para entregas urbanas de última milha.

Autor:  Filipi Goschrman

Volkswagen avança com veículos comerciais leves autônomos

Escassez global de motoristas de caminhão: desafios e soluções

A escassez de motoristas de caminhão é um problema crônico que afeta o setor de transporte rodoviário em todo o mundo.

Autor: Marcos Villela Hochreiter

Escassez global de motoristas de caminhão: desafios e soluções

O que podemos aprender com os novos padrões de emissões dos EUA?

O que podemos aprender com essas novas regras?

Autor: Marcos Villela Hochreiter

O que podemos aprender com os novos padrões de emissões dos EUA?

Sinais de problemas no coxim do motor

Vibração na carroceria do veículo é um dos indícios que podem indicar comprometimento da peça.

Autor: Divulgação

Sinais de problemas no coxim do motor