A dor crônica não precisa ser uma prisão perpétua

A dor crônica tem se tornado a razão mais comum para as pessoas consultarem médicos.


Wendy Margolese

16/03/2017 - 08:25

De acordo com relatórios, os canadenses têm agora a duvidosa honra de ter o mais alto índice do mundo de consumo per capita de analgésicos de tarja preta!

Ao longo da última década, os analgésicos opióides têm sido a escolha da maioria. Mas esse tipo de tratamento vem acompanhado do efeito colateral indesejado de causar dependência, o que levou a uma crise crescente na saúde pública, ocasionada pelas mortes por overdose de opióides.

Ninguém deseja ficar uma vida inteira preso à dor crônica. Também é improvável que tantas pessoas tenham pretendido ficar dependentes de opiáceos, ainda que um forte analgésico tenha parecido ser uma boa escolha, na ocasião.

Meu amigo Ray encontrou a solução para a dor e para a dependência por meio de uma abordagem puramente espiritual. Ele havia desfrutado mais de quatro décadas de boa saúde, quando foi levado às pressas para o hospital para uma inesperada cirurgia de emergência. Tomar medicação nunca havia feito parte de sua vida; entretanto, ele achou que as intenções da compassiva equipe médica eram sinceras quando, ao dar alta, foi-lhe recomendado insistentemente que ele continuasse com os analgésicos, para permitir sua completa recuperação. Esse foi o começo de sua dependência.

Milhões de pessoas que sofrem de dor crônica talvez se perguntem se não existe nenhuma alternativa para o ciclo de dor, os remédios opiáceos e a possibilidade de dependência. Elas talvez se sintam como Jeremias, na Bíblia, quando perguntou: “Por que continuo a sofrer? Por que as minhas feridas doem sem parar? Por que elas não saram?” (Jeremias 15:18 NTLH).

Assim como Deus prometeu livramento a Jeremias, em resposta ao seu clamor, eu encontro a resposta para essas perguntas nas obras de cura de Jesus. Ele nunca aceitou que a dor ou o sofrimento fossem inevitáveis ou incuráveis. Ele desafiava as opiniões populares de sua época e da nossa, com relação à saúde e bem-estar de todas as pessoas.

Hoje em dia, será que achamos que as curas realizadas por Jesus, de todas as doenças crônicas e incuráveis, eram milagres, fenômenos inexplicáveis que acontecem uma única vez e que não são mais possíveis em nossa época de pesquisas biomédicas? No entanto, ele disse que nós faríamos obras maiores do que as que ele fez! Ele garantiu: “Eu afirmo a vocês que isto é verdade: quem crê em mim fará as coisas que eu faço e até maiores do que estas” (João 14:12, NTLH).

Como é isso possível nos dias de hoje e nesta época?

Jesus apelava a uma lei mais elevada do que as que se acreditava e se aceitava como leis de saúde fundamentadas na matéria. Ele apelava à lei de Deus, que é boa, amorosa e está sempre em operação.

Se isso soa inacreditável, considere outras leis que foram, durante muito tempo, aceitas como fato concreto, tal como o sol revolvendo ao redor da terra. Galileu desacreditou essa lei, que realmente não passava de uma crença. Além disso, a ciência continua a fazer novas descobertas que abrem nossos olhos para possibilidades que sempre estiveram lá, mas invisíveis, como recentemente foi o caso das ondas gravitacionais, que Einstein havia previsto há mais de cem anos.

Portanto, qual é a lei que realmente governa nossa saúde? Foi à lei mais elevada de Deus que o meu amigo Ray apelou. Embora, às vezes, ele tenha sido tentado a ceder e a viver com dor e pílulas, suas orações fortaleceram sua compreensão de que a lei divina do bem o apoiava, protegia e podia curá-lo.

Em seu estudo da Bíblia, juntamente com o livro Ciência e Saúde com a Chave das Escrituras, de Mary Baker Eddy, ele aprendeu mais acerca de sua identidade como filho de um Deus amoroso (Gênesis 1:26, 27). Se Deus havia definido sua identidade, então Ray concluiu que ele tinha de ser espiritualmente tão perfeito como Deus.

Como Jesus, que via o homem criado por Deus por baixo da superfície daquilo que aparecia aos outros como uma pessoa com dor ou incuravelmente doente, Ray decidiu que ele não tinha de acreditar no que a maioria das pessoas acreditava sobre seu problema. Com coragem e resolução espiritual, ele apelou para a lei mais elevada de Deus em prol de sua saúde e bem-estar. Essa resolução ficou cada vez mais forte por meio do estudo bíblico e da oração continuada a que Ray recorreu durante os meses seguintes, até que a dependência desapareceu, sem problemas de abstinência. Sua força e saúde retornaram.

* Wendy Margolese integra o Comitê de Publicação da Ciência Cristã em Ontário, Canadá.
Contato: brasil@compub.org





Grande BH se transforma em polo de cerveja artesanal

Governo de Minas incentiva microcervejarias da região com APL.


Cooperativismo mineiro movimenta R$ 43,3 bilhões

Mundo Empresarial

Cooperativismo mineiro movimenta R$ 43,3 bilhões

Na contramão da crise, o cooperativismo mineiro cresceu 13,3% em 2016.


ABL comemora 120 anos e entrega prêmio nobre

Noticias Culturais

ABL comemora 120 anos e entrega prêmio nobre

Prêmio Machado de Assis foi concedido ao historiador baiano João José Reis.


Theatro Municipal do Rio retoma cantata Carmina Burana

Obra do compositor alemão Carl Orff foi apresentada pela primeira vez na Ópera de Frankfurt em 1937.



Transformers estreia o quinto filme no Brasil

Na Tela

Transformers estreia o quinto filme no Brasil

Franquia já faturou US$ 4 bilhões desde 2007.


Vocalista do Linkin Park morre aos 41 anos

Famosos

Vocalista do Linkin Park morre aos 41 anos

Chester Bennington cometeu suicídio em sua casa nos Estados Unidos.


Evaristo Costa não renovará contrato com a Globo

Colunista do Uol, Flávio Ricco, afirma que apresentador não continuará na emissora.


Google lança ferramenta para busca de empregos

Empregos

Google lança ferramenta para busca de empregos

A tecnologia pretende ajudar pequenas e médias empresas a rastrear bons candidatos para suas vagas de empregos.


O quanto somos dependentes da energia?

Energia para a Vida

O quanto somos dependentes da energia?

Entenda como o mundo em que vivemos é completamente dependente de uma fonte de energia para que possa funcionar.


Bem Viver

"Mulher-Maravilha quebra estereótipos e me faz pensar"

O filme me trouxe à mente a frase: “...a mulher avança para lutar com Golias”.


Os sinais de alerta para os acumuladores

Bem Viver

Os sinais de alerta para os acumuladores

São pessoas que têm um nível moderado de distúrbio, sendo adeptos de colecionar quinquilharias.


Os cuidados indispensáveis para fazer a higiene do rosto

Beleza Pura

Os cuidados indispensáveis para fazer a higiene do rosto

Já parou para pensar na diferença que a limpeza correta faz na saúde da sua pele?


Inverno exige um cuidado especial com o bem-estar

Chegada de nova frente fria retoma alerta sobre a importância da prevenção de doenças respiratórias


Recuperação da economia brasileira será gradual

Mundo Empresarial

Recuperação da economia brasileira será gradual

Entidade afirma que a economia continua vulnerável a uma intensificação da incerteza política.


Caixa reabre Programa de Desligamento Voluntário

Utilidade Pública

Caixa reabre Programa de Desligamento Voluntário

Caixa espera a adesão de 5,5 mil funcionários em todo o País.


MG confirma mais quatro mortes por febre chikungunya

De acordo com a SES-MG, cinco pessoas morreram pela doença em 2017.



Quer reduzir gastos com energia neste inverno?

Energia para a Vida

Quer reduzir gastos com energia neste inverno?

O uso consciente dos recursos energéticos deve ser pensado nas diversas ações do dia a dia.


Game of Thrones bate recorde de audiência em estreia

Na Tela

Game of Thrones bate recorde de audiência em estreia

Primeiro episódio foi visto por 10,1 milhões de espectadores nos Estados Unidos.


Consumidores consideram seguro comprar pela internet

Pesquisa da Conversion indicou que 78% dos consumidores, dos 26 estados do Brasil, confiam na segurança para comprar on-line.


A energia do futuro dá em árvore

Empregos

A energia do futuro dá em árvore

No Rock in Rio deste ano a tecnologia mineira produz energia solar a partir de geradores ecológicos em formato de árvore.


BID lança curso online sobre Parcerias Público Privadas

Educação & Capacitação

BID lança curso online sobre Parcerias Público Privadas

O curso é uma parceria entre a Universidade de Harvard e o Instituto de Tecnologia de Massachusetts.


Na Tela

"Sem Destino", símbolo para uma geração americana

Com direção de Dennis Hopper e música dos principais grupos de rock da época, a película se transformou num sucesso mundial.


As vantagens de fazer intercâmbio no Canadá

Educação & Capacitação

As vantagens de fazer intercâmbio no Canadá

Um país multicultural, receptivo, com economia forte e ótima qualidade de vida.


Problema de enxaqueca pode estar na boca

Bem Viver

Problema de enxaqueca pode estar na boca

Ortodontista comenta a pesquisa e explica como as bactérias orais podem causar enxaqueca.


Por que as crianças roem unhas?

Saúde

Por que as crianças roem unhas?

Cerca de 20 a 30% das crianças e 45% dos adolescentes têm esse hábito.