Portal O Debate
Grupo WhatsApp

8 alimentos para incluir na dieta se você tem dores crônicas

8 alimentos para incluir na dieta se você tem dores crônicas

28/04/2022 Aline Quissak

Nutricionista fala sobre o poder dos alimentos para a nossa saúde.

8 alimentos para incluir na dieta se você tem dores crônicas

Você já pensou em usar a alimentação para auxiliar no tratamento de doenças? Sim, isso é possível através da chamada nutrição terapêutica. De acordo com Aline Quissak, nutricionista e pesquisadora especializada no tema, temos uma ferramenta poderosa em nossas mãos: o alimento. “Muita gente sabe que comer frutas, verduras, legumes e produtos naturais faz bem à saúde. O que muitos não sabem é que se inserirmos alguns desses alimentos a nossa dieta podemos auxiliar no tratamento de determinadas doenças”. 

Fibromialgia, artrite e enxaqueca, por exemplo, são problemas crônicos causados pela inflamação de longo prazo. Se esse é o seu caso, Aline esclarece que isso acontece não só pela má alimentação, mas também por outros fatores como a exposição diária a poluição, o nível se estresse acumulado ao longo dos anos, níveis hormonais especialmente pós menopausa e também a genética da inflamação, que obrigam nosso organismo a trabalhar dobrado e, com isso, levando ao processo inflamatório. Por isso cuidar da saúde como um todo, especialmente do sono e do gerenciamento do estresse é essencial para quem sofre de dores crônicas.

A alimentação é uma dessas ferramentas. Para ter as propriedades terapêuticas desses 8 alimentos, a nutricionista sugere a ingestão de pelo menos três destes, cinco vezes na semana.

1) Cenoura (com a rama): ela é rica em vitamina A o que ajuda nas dores.

2) Acerola: além de ser anti-inflamatória e ajudar na dor, ainda tem baixo índice glicêmico.

3) Abacaxi: é um dos grandes aliados nas dores articulares por conter bromelina, uma enzima digestiva de proteínas que também é anti-inflamatória para as articulações.

4) Pimentas: principalmente a cayena (rica em capsaicina), auxiliando na diminuição das dores causadas pela artrite.

5) O wasabi: apesar de ter um sabor forte, tem grande poder terapêutico por sua capacidade de inibir os receptores da dor. 6) Óleo essencial de eucalipto (uso tópico junto com um creme hidratante): grande aliado contra as dores de cabeça, especialmente junto com o de lavanda. Use os que já são vendidos em rolon, próprios para uso tópico.

7) Gengibre (pode ser tintura, chá ou extrato alcoólico em casa): para fibromialgia.

8) Boswellia serrata (entre 500mg e 800mg) em cápsulas: A erva tem eficiência da família do paracetamol, mas sem os efeitos colaterais, além de ajudar nas dores causadas pela sinusite e doenças inflamatórias intestinais.

* Aline Quissak é nutricionista com especializações no Canada e Estados Unidos, pesquisadora científica em alimentos terapêuticos aplicados tanto na saúde quanto em doenças. É especialista em nutrição genética, pacientes críticos, oncologia, psicologia da nutrição e alimentação funcional.

Para mais informações sobre Alimentos Saudáveis clique aqui...

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Fonte: Reversa Comunicação



Alergia à lactose? Intolerância ao leite? Vamos resolver essa confusão?

A Associação Brasileira de Alergia e Imunologia (ASBAI) preparou um "Question and Answers" para esclarecer algumas das principais dúvidas sobre o tema.

Autor: Divulgação

Alergia à lactose? Intolerância ao leite? Vamos resolver essa confusão?

7 lições que vão ajudar seu filho a comer melhor

Nutricionista funcional explica como despertar hábitos alimentares saudáveis nas crianças.

Autor: Divulgação

7 lições que vão ajudar seu filho a comer melhor

Para vegetarianos e veganos o feijão é muito importante

Normalmente visto como a dupla inseparável do arroz, o feijão também marca presença recorrente no prato dos brasileiros.

Autor: Divulgação

Para vegetarianos e veganos o feijão é muito importante

Mudanças alimentares impulsionam os restaurantes para o verde

Estabelecimentos gastronômicos têm se adaptado ao crescente interesse por opções vegetarianas e orgânicas.

Autor: Divulgação

Mudanças alimentares impulsionam os restaurantes para o verde

Queijo zero lactose: especialista explica benefícios e lista receitas

O queijo é um alimento muito popular no Brasil, mas sabemos que nem todas as pessoas podem consumi-lo.

Autor: Divulgação

Queijo zero lactose: especialista explica benefícios e lista receitas

Sorvete saudável: nutricionista ensina receitas nutritivas e refrescantes

Usando a criatividade, frutas e ingredientes naturais é possível fugir dos conservantes e gorduras dos doces industrializados.

Autor: Divulgação

Sorvete saudável: nutricionista ensina receitas nutritivas e refrescantes

Receitas de drinks refrescantes para surpreender seus convidados

Quer arrebatar seus convidados com cinco sugestões de drinks irresistíveis? Então, confira nossas dicas.

Autor: Divulgação

Receitas de drinks refrescantes para surpreender seus convidados

Bolo de milho cremoso de lata para tomar com café

Quem não ama um bom café da tarde acompanhado de um quitute delicioso?

Autor: Divulgação

Bolo de milho cremoso de lata para tomar com café

Frango ou galinha: especialista explica diferenças na hora do preparo

Alguns chamam de frango, outros de galinha, e existem até dúvidas e discussões se são do mesmo tipo de ave ou não.

Autor: Divulgação

Frango ou galinha: especialista explica diferenças na hora do preparo

Gelato x Sorvete: qual é a diferença entre os dois?

Sobremesas clássicas do verão, os preparos se diferenciam em textura, ingredientes e modo de produção.

Autor: Matheus Krauze

Gelato x Sorvete: qual é a diferença entre os dois?

Tendências do mercado de alimentos perecíveis em 2024

"Todos os dias, os maiores centros atacadistas de alimentos são abastecidos com itens que vêm do campo e acabam perdendo a validade rapidamente".

Autor: Otávio Pimentel

Tendências do mercado de alimentos perecíveis em 2024

Você pode estar consumindo mais açúcar do que imagina.

O açúcar adicionado nos alimentos não só acrescenta calorias extras, mas também pode ter efeitos tóxicos diretos, como cáries dentais e até o risco de doença cardíaca.

Autor: Divulgação

Você pode estar consumindo mais açúcar do que imagina.