Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Casamento: o que acontece depois do sim?

Casamento: o que acontece depois do sim?

16/03/2016 Tatiana Leite

Não é incomum procurar ajuda profissional em um momento de intensa angustia, dúvida ou estresse.

Casamento: o que acontece depois do sim?

Todos nós já vivemos ou vamos passar por uma situação em que não conseguimos escolher muito bem qual caminho seguir.

Frequentemente recebo em meu consultório homens e mulheres se questionando sobre suas escolhas amorosas.

Pode parecer estranho, mas depois de um jantar romântico seguido por um pedido de casamento é comum que você tenha dúvidas se dizer “sim” era realmente sua melhor escolha.

Muitas vezes, ao chegarem nesse ponto do relacionamento, os casais se deparam com metas e desejos conflitantes.

Esperamos que nossa relação seja construída por parceiros felizes e bem-sucedidos e que tenha por base companheirismo, fidelidade, satisfação sexual e projetos em comum.

Nesse sentido, as expectativas individuais são colocadas na relação a dois como uma enrascada, como uma fórmula matemática de difícil solução.

Afinal, como construir uma relação a dois? Antes de trocar as alianças é imprescindível que o casal resolva suas diferenças e analise o projeto do casamento.

Algumas questões podem aparecer nesse momento e é importante refletir sem medo das respostas. A mais comum delas é se o parceiro pode mudar.

É possível sim fazer ajustes no temperamento, mas é importante que você tenha em mente que o outro não vai mudar depois do casamento.

Muitos casais criam expectativas de que, por algum motivo, depois da festa ou da lua de mel, as coisas irão se ajustar.

Estipulam prazos indeterminados para essas mudanças e isso acaba gerando muita frustação, ressentimento e mágoas.

Isso porque, pode passar o tempo que for, mas seu parceiro não vai mudar por conta disso. Outra questão comum é se o amor resolve tudo?

As incertezas nos relacionamentos amorosos nos leva a amar de uma forma mais livre, onde cada um tem o direito de buscar a sua felicidade.

Essa liberdade se tornou uma exigência nas relações e os casais não estão dispostos a abrir mão dela, mesmo que seja para viver a promessa de um “grande amor”.

Assim, ao mesmo tempo em que queremos ser profundamente amados, nos entregamos cada vez menos por medo de sofrer quando acabar. Antecipamos o fim.

Para amenizar toda essa angustia, sempre lembro aos meus pacientes que se chegaram até esse ponto, provavelmente estão dispostos a se casar.

Minha recomendação é que procurem se conectar com o parceiro e consigo mesmo. O projeto de casamento deve conter dois sujeitos, dois desejos, duas percepções de mundo, um projeto de vida e a identidade de cada um.

Casamento é uma somatória do desejo de estar juntos. É preciso ser um, mesmo sendo dois!

* Tatiana Leite é terapeuta de casal e família com especialização em Sexualidade Humana.



Risoto de cenoura e pupunha na pressão

Esse risoto vegetariano vai te fazer salivar! A receita demora só 30 minutinhos e fica muito saboroso.

Autor: Divulgação

Risoto de cenoura e pupunha na pressão

Comer bem: um hábito que começa cedo

É possível que você já tenha ouvido dizer que determinada criança come bem.

Autor: Dr. Celso di Lascio

Comer bem: um hábito que começa cedo

Frango com creme de milho: uma receita para descomplicar o seu dia-a-dia

Se tem algo que nunca decepciona é um bom prato de frango com creme de milho.

Autor: Divulgação

Frango com creme de milho: uma receita para descomplicar o seu dia-a-dia

Por que o açúcar é um vilão?

Quando se trata do açúcar, não adianta tentar um meio-termo. A ciência já refuta completamente qualquer possibilidade de diálogo.

Autor: Consolação Oliveira

Por que o açúcar é um vilão?

Vila Galé anuncia experimento de plantação de vinhas e oliveiras em Ouro Preto

Novidade foi divulgada durante eventos em Belo Horizonte e Ouro Preto.

Autor: Divulgação

Vila Galé anuncia experimento de plantação de vinhas e oliveiras em Ouro Preto

Que tal um sandubão de frango e milho?

Um sanduíche delicioso para inovar no lanche da tarde ou no jantar.

Autor: Divulgação

Que tal um sandubão de frango e milho?

Dieta ou restrição: saiba como escolher seu chocolate

Diabéticos, intolerantes e celíacos podem consumir chocolates, mas devem ficar atentos às descrições das rotulagens para evitar problemas de saúde.

Autor: Divulgação

Dieta ou restrição: saiba como escolher seu chocolate

Pintinhos de Páscoa: conquiste as crianças com essa receita

Uma receita leve e fácil de fazer.

Autor: Divulgação

Pintinhos de Páscoa: conquiste as crianças com essa receita

Saiba como manter a dieta e resolver o desejo por doces

Nutricionista explica maneiras de trocar as comidas açucaradas por opções mais saudáveis.

Autor: Divulgação

Saiba como manter a dieta e resolver o desejo por doces

Conheça 5 curiosidades sobre a pipoca de micro-ondas

Na última segunda-feira, 11 de março, foi comemorado no Brasil o Dia da Pipoca.

Autor: Divulgação

Conheça 5 curiosidades sobre a pipoca de micro-ondas

Adoçante ou mel: qual é a melhor opção para evitar diabetes?

A escolha deve ser individualizada e levar em consideração diversos fatores, como histórico de saúde, estilo de vida e preferências pessoais.

Autor: Divulgação

Adoçante ou mel: qual é a melhor opção para evitar diabetes?

Para quem não gosta de carne: berinjela à parmegiana

Quer uma dica de um prato sem carne para fazer uma refeição mais leve?

Autor: Divulgação

Para quem não gosta de carne: berinjela à parmegiana