Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Como celebrar Corpus Christi em tempos de pandemia?

Como celebrar Corpus Christi em tempos de pandemia?

02/06/2021 Padre Flávio Sobreiro

Por mais um ano consecutivo, viveremos um Corpus Christi diferente, porém não com menos intensidade.

Como celebrar Corpus Christi em tempos de pandemia?

A solenidade litúrgica de Corpus Christi é uma demonstração pública da fé que temos na Eucaristia, Corpo e Sangue de Cristo, que nos alimenta em cada Missa que participamos. Antes da pandemia do coronavírus, todos os anos, pequenas e grandes cidades transformavam suas ruas em belíssimos tapetes para receber Jesus, presente no Santíssimo Sacramento.

As ruas utilizadas por ricos e pobres, empregados e desempregados, ateus e cristãos, enfermos e saudáveis, dependentes químicos e recuperados, famílias e solitários, crianças e idosos, são revestidas de tapetes confeccionados com diversos elementos que, juntos, compõem a arte do amor que simboliza nossa devoção a Jesus Cristo. Por onde todos caminham, as mesmas ruas que seus filhos e filhas, todos os dias, percorrem, Jesus, presente na Eucaristia, é levado com devoção e adoração.

É o sublime encontro do Salvador com os que ainda caminham rumo à pátria celeste. Jesus caminha conosco sempre, e ao acolhermos Jesus, espiritualmente, numa demonstração amorosa de nosso amor para com Ele, estamos afirmando: “O Senhor percorre comigo os caminhos da vida, e sua presença me sustenta, restaura-me e renova-me”.

Por mais um ano consecutivo, viveremos um Corpus Christi diferente, porém não com menos intensidade. Na maioria das paróquias do Brasil, não teremos procissões com a presença dos fiéis. Contudo, somos convidados a prepararmos o nosso coração com tapetes de amor, devoção, louvor, agradecimento, súplica, esperança, misericórdia, caridade.

Jesus Cristo, que todos os anos passa solenemente pelas ruas de nossas cidades, passará novamente, neste ano, pelas praças e avenidas, becos escuros e jardins floridos de nossa alma, com o mesmo amor e intensidade dos tempos de outrora. Jesus não foi roubado nem se escondeu de nós em meio à pandemia, mas Ele continua vivo, presente em nossa história, curando-nos e socorrendo-nos em meio a tantas necessidades. E Jesus veio e virá sempre a nosso encontro, para que tenhamos vida e vida em plenitude (cf. Jo 10,10).

Procure celebrar o dia Corpus Christi junto aos seus familiares utilizando um roteiro celebrativo (várias dioceses por meio de suas comissões litúrgicas têm preparado excelentes materiais). Caso não seja possível reunir-se com sua família, ou caso more sozinho, busque vivenciar, de modo profundo, essa solenidade litúrgica. Prepare seu coração por meio da oração, do silêncio contemplativo, e acolha Jesus que o visita e permanece sempre com você. Confeccione, com suas orações, o mais belo tapete de amor para acolher Jesus nesse dia.

O mesmo Cristo, que todos os anos foi acolhido por nós com tanto amor, nas ruas de nossas cidades, vem, nesse tempo de distanciamento social, visitar-nos em nossa casa e adentrar em todos os territórios de nossa alma. Preparemo-nos com fervor espiritual para acolher o Senhor em nossa tão frágil alma. Que, em sua infinita misericórdia, Ele “conserte” nossos caminhos para que, quando retornarmos à normalidade das celebrações litúrgicas presenciais, estejamos renovados interiormente.

* Padre Flávio Sobreiro é Bacharel em Filosofia e Teólogo, pároco da Paróquia São José, em Toledo (MG). É autor de livros publicados pela Editora Canção Nova, e colunista do Portal Canção Nova.

Para mais informações sobre Corpus Christi clique aqui...

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Fonte: Fundação João Paulo II / Canção Nova



Mãe: Florescer é não se esquecer de viver!

Tenho experimentado que o “traço de mãe”, plantado por Deus no coração de cada mulher que Ele criou, vai além da capacidade de gerar filhos, biologicamente.

Mãe: Florescer é não se esquecer de viver!

Bullying: da vítima ao espectador

O bullying é um tipo particular de violência, caracterizado por agressões sistemáticas, repetitivas e intencionais, contra um ou mais indivíduos que se encontram em desigualdade de poder, gerando sofrimento para as vítimas, agressores e comunidade.


Minas mobiliza população para receber proteção contra sarampo e gripe

Ações para estimular a vacinação ocorrem em todo o estado, pois coberturas contra o sarampo e a gripe continuam baixas.

Minas mobiliza população para receber proteção contra sarampo e gripe

A esperança é o combustível da vida

A esperança corresponde à aspiração de felicidade existente no coração de cada pessoa.

A esperança é o combustível da vida

Amar a si mesmo como próximo

No documentário “Heal” (em Português, “Cura”), disponível no Amazon Prime, há um depoimento lancinante de Anita Moorjani, que, em Fevereiro de 2006 chegou ao final de uma luta de quatro anos contra o câncer.


O peso da improbidade no destino das pessoas

O homem já em tempos pré-históricos se reunia em volta das fogueiras onde foi aperfeiçoada a linguagem humana.


Terapia de estimulação cerebral profunda pode reduzir até 80% dos tremores causados pelo Parkinson

A cirurgia é um recurso muito importante e deve ser considerada para alguns pacientes.

Terapia de estimulação cerebral profunda pode reduzir até 80% dos tremores causados pelo Parkinson

A educação é o caminho da liberdade

O atendimento socioeducativo ao adolescente em conflito com a lei é um desafio e necessita de um olhar resiliente e reflexivo, visto que é considerado um momento oportuno de mudanças.


O Influenza também está no nosso foco

Falar em vacinação nos dias de hoje nos tende a remeter quase que exclusivamente ao combate à Covid-19.

O Influenza também está no nosso foco

A nova era da Telemedicina no Brasil

Alguns números atestam que as consultas virtuais estão sendo utilizadas cada vez mais no país.

A nova era da Telemedicina no Brasil

Para onde foram os nutrientes que estavam aqui?

A maioria das culturas vegetais são produzidas com a ajuda de solos fertilizados. O alto uso de fertilizantes nitrogenados tende a reduzir o teor de vitamina C em muitas frutas e hortaliças.


Transtornos psiquiátricos catalisados pelo luto de vítimas de COVID-19

Médico psiquiatra comenta a situação exclusiva de pessoas que perderam parentes queridos durante a pandemia. A ansiedade e o transtorno de humor são os mais prevalentes nesses casos.

Transtornos psiquiátricos catalisados pelo luto de vítimas de COVID-19