Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Por que orar em silêncio?

Por que orar em silêncio?

26/07/2017 Moji George

Em muitas igrejas recomenda-se a oração em voz alta. Existem diversos motivos para isso.

A criança, de modo geral, aprende a orar ao seguir o exemplo da oração audível; alguns pastores encorajam a oração em voz alta para manter os frequentadores alertas e participativos; e há um espírito de unidade, quando juntos elevamos nossas vozes em oração.

Cristo Jesus diz que, quando orarmos, devemos entrar no quarto e, “fechada a porta”, orar ao Pai em secreto, e o “Pai, que vê em secreto” nos recompensará claramente. Ele diz especificamente que, quando orarmos, não devemos ser como os gentios, que “presumem que por seu muito falar serão ouvidos”. E acrescenta: “Portanto, vós orareis assim”. E, então, ele ensina a Oração do Senhor (Mateus 6:6-13). Ao longo dos séculos, os cristãos têm orado a Oração do Senhor juntos e em voz alta, embora Jesus não tenha deixado instruções nesse sentido.

Também há muitos que oram a Oração do Senhor a sós. Será que orar em voz alta é melhor do que orar em silêncio? Será que é errado orar em silêncio? Será que a oração silenciosa é ineficiente ou inapropriada? Não.

A Bíblia mostra o que Jesus pensava da oração silenciosa, e também o que Deus pensa sobre isso, como nos revelou Jesus: que a oração silenciosa traz recompensas práticas e visíveis. Outro aspecto importante da oração silenciosa aparece na ordem de Paulo, para orarmos sem cessar. Isso só é possível com a oração silenciosa. Orar sem cessar significa vigiar e examinar todos os pensamentos para ver se procedem de Deus; nos esforçarmos para seguir todos os aspectos do exemplo de Cristo Jesus, e não segui-los apenas em parte. Também significa amar a Deus supremamente e amar o próximo como a nós mesmos. Orar sem cessar é viver cada momento do modo como Jesus ensinou, como delineado por Deus.

Referindo-se à oração silenciosa, Mary Baker Eddy, autora e sanadora espiritual que fundou uma Igreja, escreveu em sua principal obra sobre a cura espiritual, Ciência e Saúde com a Chave das Escrituras, que desejos ou pensamentos não proferidos não são desconhecidos para Deus. Ela diz que podemos confiar a Deus nossas orações silenciosas ou desejos não expressos, para que Ele possa moldá-los e elevá-los antes de tomarem forma em palavras e ações.

Como cristãos, podemos admitir honestamente que, às vezes, a oração em voz alta vai além de nossas convicções, principalmente quando há uma audiência. A tentação de exibir uma oratória perfeita, ou de querer ser visto pelos outros, de nos justificar, ou alcançar o ouvido de Deus, que já conhece tudo e está sempre atento, pode revestir a religião de formas humanas e nos desviar do objetivo de regeneração, renovação e transformação individual.

O verdadeiro teste da oração, seja ela silenciosa ou em voz alta, é muito mais do que a elevação temporária do pensamento, por mais solene ou impressionante que seja. O verdadeiro teste da oração é o desejo honesto de crescer em graça, o ouvir humilde à orientação de Deus, a obediência prática de seguir o exemplo de Jesus, a gratidão pela bondade de Deus etc. Eddy diz que a eficácia da oração silenciosa se expressa melhor no pensamento e na vida diária. A oração silenciosa é prática, cristã e traz recompensas.

* Moji George é Comitê de Publicação da Ciência Cristã para o Oeste da Nigéria

Artigo publicado originalmente no Nigerian Guardian.



Todos devem fazer abdominais, diz personal trainer

Especialista afirma que não existe um número ideal de exercícios para o abdômen.

Todos devem fazer abdominais, diz personal trainer

Pilates reduz ansiedade e cansaço em homens jovens, diz estudo

75% das doenças mentais se desenvolvem por volta dos 24 anos.

Pilates reduz ansiedade e cansaço em homens jovens, diz estudo

Pais e filhos – o poder das emoções

Outro dia li um post compartilhado por um jovem amigo que discursava sobre sua geração, o que me chamou a atenção.

Pais e filhos – o poder das emoções

Toalha de banho pode criar ambiente favorável para contaminações por microrganismos

As toalhas, itens indispensáveis na rotina de higiene diária de banho, podem transformar toda a sensação de limpeza em um problema à saúde.

Toalha de banho pode criar ambiente favorável para contaminações por microrganismos

Vitamina D diminui os riscos de contágio pelo coronavírus

Além da exposição ao sol, a vitamina D pode ser absorvida pela ingestão diária de alimentos ideais para esta finalidade ou por suplementação.

Vitamina D diminui os riscos de contágio pelo coronavírus

Possibilidade de vida em Vênus pode trazer mudanças significativas para a astronomia

Presença de fosfina na atmosfera do planeta indica atividade microbiana ou processos geológicos ainda desconhecidos.

Possibilidade de vida em Vênus pode trazer mudanças significativas para a astronomia

Contato

John consegui fazer algum contato?

Contato

Campanha reforça importância da doação de órgãos

Em Minas, mais de 4,5 mil pessoas esperam na fila para realizar transplante.

Campanha reforça importância da doação de órgãos

A importância das trocas intergeracionais

As interações entre as gerações são de suma importância.

A importância das trocas intergeracionais

Superestimar o gasto calórico é prejudicial ao emagrecimento

Emagrecer é uma questão associada à abordagem matemática, é necessário fazer balanço do gasto calórico positivo e negativo.

Superestimar o gasto calórico é prejudicial ao emagrecimento

Minas tem duas cidades em ranking das mais “descoladas” do mundo

Entre as 647 cidades de 20 países que foram analisadas, as duas brasileiras são de Minas Gerais.

Minas tem duas cidades em ranking das mais “descoladas” do mundo

Primavera, tempo de renovação

Como a flor das roseiras nos dias da primavera; como os lírios junto às fontes das águas, como a vegetação do Líbano nos dias do verão (Eclesiástico 50,8).

Primavera, tempo de renovação