Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Poluição por combustíveis fósseis é responsável por 1 em cada 5 mortes no mundo

Poluição por combustíveis fósseis é responsável por 1 em cada 5 mortes no mundo

09/02/2021 Divulgação

Sudeste do Brasil destaca-se entre as regiões mais afetadas, mostra estudo.

Poluição por combustíveis fósseis é responsável por 1 em cada 5 mortes no mundo

Mais de 8 milhões de pessoas morreram em 2018 devido à poluição por queima de combustíveis fósseis, como o diesel e o carvão. Isto significa que 1 em cada 5 mortes no mundo teve como causa essa modalidade de contaminação do ar - estimativa significativamente superior à de pesquisas anteriores. A informação é de um estudo publicado hoje (09/02) na revista Environmental Research por cientistas da Universidade de Harvard, em colaboração com a Universidade de Birmingham, a Universidade de Leicester e o University College London (UCL).

Os pesquisadores descobriram que a exposição a partículas provenientes de emissões de combustíveis fósseis foi responsável por 21,5% do total de mortes em 2012, caindo para 18% em 2018 devido a medidas mais rigorosas de qualidade do ar na China. Na América Latina, o estudo identificou que, em 2012, quase 6% das mortes de crianças (747 falecimentos) e cerca de 8% das mortes de adultos (cerca de 180 mil falecimentos) tiveram como causa a poluição atmosférica, percentual semelhante ao de adultos mortos no Brasil por essa razão.

As regiões com as maiores concentrações de poluição do ar por combustíveis fósseis - incluindo o Leste da América do Norte, Europa e Sudeste Asiático - têm as maiores taxas de mortalidade, de acordo com o estudo publicado. Nessas regiões, o problema está relacionado, sobretudo, às usinas termelétricas movidas a carvão. O Brasil como um todo não aparece como um dos países mais afetados, mas a região Sudeste se destaca.

"Quando esses estudos olham para o Brasil, eles observam todo o território, o que pode dar a falsa impressão de que os brasileiros não estão expostos a altos índices de contaminação do ar, mas mais de 80% da população brasileira vive em cidades, que é onde está concentrada a poluição por material particulado oriunda da queima de combustível fóssil", explica o físico ambiental e professor da USP Paulo Artaxo.

Fonte: ClimaInfo




Série mostra diversidade marinha da região de Abrolhos, na Bahia

Projeto Coral Vivo disponibiliza  o episódio ‘Amar o Mar’ no Youtube.

Série mostra diversidade marinha da região de Abrolhos, na Bahia

Boas expectativas para o saneamento

O novo marco legal do saneamento finalmente pode avançar.

Boas expectativas para o saneamento

Nova espécie de dinossauro é descoberta na Argentina

Fóssil teria cerca de 80 milhões de anos

Nova espécie de dinossauro é descoberta na Argentina

Precisamos falar sobre segurança hídrica

O debate pela segurança hídrica é interdisciplinar e envolve os campos político, social e científico.

Precisamos falar sobre segurança hídrica

Estudo mostra que 70% dos resíduos do mar brasileiro são plástico

Os dados foram divulgados pelo projeto Lixo Fora D’Água.

Estudo mostra que 70% dos resíduos do mar brasileiro são plástico

Projeto de Monitoramento de Praias registra mais de 8 mil aves marinhas

Lixo lançado no mar tem sido o grande inimigo das aves marinhas na costa brasileira.

Projeto de Monitoramento de Praias registra mais de 8 mil aves marinhas

O etanol do Brasil na luta contra mudanças climáticas

A ampliação do número de destinos reduz a dependência dos norte-americanos como compradores de nosso etanol.

O etanol do Brasil na luta contra mudanças climáticas

Qualidade da água é regular em 73% dos rios brasileiros, diz relatório

Relatório foi divulgado hoje pela Fundação SOS Mata Atlântica,

Qualidade da água é regular em 73% dos rios brasileiros, diz relatório

Mudanças climáticas agravam escassez de água

No Dia Mundial da Água, neste 22 de março, há pouco o que comemorar, diz o ambientalista Carlos Bocuhy.

Mudanças climáticas agravam escassez de água

Chegou a vez da bioeconomia

O dia 21 de março foi estabelecido como Dia Internacional das Florestas pela Organização das Nações Unidas (ONU), em 2012.

Chegou a vez da bioeconomia

Educação ambiental: os esforços começam na sala de aula

O mês de março é lembrado por comemorar anualmente, no dia 16, o Dia Nacional da Conscientização sobre Mudanças Climáticas.

Educação ambiental: os esforços começam na sala de aula

Brasileiro descobre novas espécies de samambaias na América do Sul e no Caribe

As descobertas mais recentes foram publicadas na edição de dezembro da revista científica do Jardim Botânica de Nova York.

Brasileiro descobre novas espécies de samambaias na América do Sul e no Caribe