Portal O Debate
Grupo WhatsApp

A Lei Áurea e seus reflexos na sociedade

A Lei Áurea e seus reflexos na sociedade

23/05/2018 Celso Luiz Tracco

Como todos sabem, há exatos 130 anos, oficialmente, a escravidão foi abolida no Brasil.

A Lei Áurea e seus reflexos na sociedade

Depois do Brasil, colônia e império, conviver durante 350 anos com o trabalho escravo, este foi oficialmente abolido com uma lei, cognome áurea, que de ouro não tinha nem o brilho.

Com apenas dois artigos, a lei simplesmente declarou livre uma população estimada em torno de 3 milhões de pessoas, ponto! Ou seja, de um dia para o outro, o Estado brasileiro, sempre pródigo em querer legislar sobre absolutamente tudo, colocou na rua ou na estrada, mais de 3 milhões de seres humanos, agora livres, mas sem ter onde morar nem trabalhar e tendo de se sustentar por conta e risco próprio.

Claro que aqueles que tinham um patrão mais cuidadoso e humano, preferiram continuar onde estavam, mesmo não recebendo nada ou recebendo uma miséria pelo seu trabalho. Quais foram as consequências imediatas desse verdadeiro êxodo?

A favelização, uma vez que não tinham onde morar e o hoje chamado politicamente correto de subemprego, ou popularmente de "bico", em trabalhos que ninguém (nenhum branco) queria. Escola não existia em quantidade.

No censo de 1890, estimava-se que 85% da população adulta brasileira era analfabeta. Obviamente, a enorme maioria dos ex-escravos, não sabia ler nem escrever. As repercussões dessa falta de política de inclusão social, permanecem ainda hoje.

A população que se declara preta e parda, dados e classificação do IBGE, é a que possui os mais baixos índices de empregos de qualidade, de salário e renda, de ascensão social. Em contrapartida é a que mais é morta pela força policial, e representa a maioria da população carcerária.

Cabe uma reflexão: o Brasil tirou, por lei a escravidão da sua sociedade, mas será que a sociedade tirou a escravidão dela mesma? Por que ainda ouvimos tantos relatos sobre racismo? Em estádios de futebol, em shows, em empresas, nas ruas?

Depois de 130 anos, quantos afro descendentes, que não sejam artistas de TV, cantores de pagode ou atletas, são conhecidos e tem destaque na sociedade, quer seja no meio civil, militar ou eclesiástico? Quando você pensa em uma empregada doméstica, um gari ou um segurança particular, você pensa em uma pessoa nórdica ou de origem africana?

As políticas públicas são reflexo de nossa sociedade, uma vez que vivemos em um estado democrático e nossos representantes são eleitos por essa mesma sociedade. Nos últimos 10 anos o Brasil libertou mais de 50.000 trabalhadores encontrados em regime considerado escravo. Eram de várias etnias, mas todos da raça humana, o homo sapiens!

* Celso Luiz Tracco é economista e autor do livro Às Margens do Ipiranga - a esperança em sobreviver numa sociedade desigual.

Fonte: ML&A Comunicações



Honorários advocatícios não podem ser compensados, e rateados, podem?

Embora o Código de Processo Civil (20150) tenha trazido avanços consideráveis acerca dos honorários advocatícios, um dispositivo em especial me chama a atenção.


Como a Lei Geral de Proteção de Dados se aplica ao setor de “food service”

A atividade está entre as que mais se utilizam das informações dos clientes; contar com sistemas de gestão adequados facilita o cumprimento da lei.


A responsabilidade civil dos influenciadores digitais

Influenciar é o ato de exercer uma ação psicológica ou uma ascendência sobre algo ou alguém.


Os vícios insanáveis e a flexibilização da Lei da Inelegibilidade

O Senado Federal aprovou no último dia 14 de setembro o projeto que flexibiliza a Lei de Inelegibilidade e garante que os políticos possam se candidatar mesmo quando tiverem as contas julgadas irregulares, desde que tenham sido punidos apenas com multa, sem imputação de débitos.


O caso do jogador Dudu do Palmeiras: por que o divórcio deixou a ex-mulher sem nada?

O caso da separação do jogador Dudu, do Palmeiras, deixa um alerta para quem pretende estabelecer um casamento ou uma união estável.


Demissão por WhatsApp não é ilegal

Entendimento da Justiça tem sido de verificar, independente do meio, postura digna e comunicação clara nos desligamentos de trabalhadores.


Caso Daniel Alves, a Lei Pelé e a cultura de atraso de salários no futebol brasileiro

Na última semana fomos surpreendidos pela atitude corajosa do lateral Daniel Alves que decidiu não atuar mais pelo São Paulo Futebol Clube, por conta de atrasos de salários.


As expectativas advindas do Marco Legal das Startups

É verdade que a sensação da comunidade empresarial, quando da eminência da publicação de um novo diploma legal a fim de regular determinada atividade, volta-se naturalmente aos entraves burocráticos capazes de frear e obstar a chancela de negócios.


As fraudes financeiras com bitcoins e a necessidade da punição exemplar

A ampla cobertura da mídia sobre as operações das autoridades brasileiras contra fraudes financeiras utilizando a rentabilidade das criptomoedas como forma de atrair investidores deu visibilidade à uma prática que vem crescendo exponencialmente no Brasil.


Polêmica da Anvisa: atuação do órgão no jogo entre Brasil e Argentina

Na tarde do último domingo (5 de setembro), a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) paralisou a partida de futebol entre Brasil e Argentina, que jogavam pelas Eliminatórias da Copa do Mundo.


As virtudes e desvirtuamentos do Novo Código Eleitoral

Tramita no Congresso Nacional o projeto do Novo Código Eleitoral com mais de novecentos artigos.


Principais impactos da LGPD nas relações de trabalho

A Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD - Lei nº13.709/2018) prevê regras e princípios que devem ser observados quando da utilização de dados pessoais pelas empresas privadas e públicas.