Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Em qual leilão de imóvel investir: judicial ou extrajudicial?

Em qual leilão de imóvel investir: judicial ou extrajudicial?

18/01/2021 Paulo Mariano

As duas modalidades são muito rentáveis quando apuradas todas as eventuais variáveis.

No leilão judicial, considerando que já houve a apuração e correção de todos as possíveis irregularidades ou nulidades por um Juiz de Direito, a possibilidade de se alegar nulidade ou a apresentação de defesa, é muito remota, considerando que há previsão de multa, inserida no art. 903, § 6 º do Código de Processo Civil, para aquele que alegar matéria infundada com o objetivo de ensejar a desistência do arrematante. Isso traz maior segurança ao vencedor.

Ainda no leilão judicial, quando o vencedor (arrematante) paga o preço da arrematação e há o decurso do prazo sem impugnação, o Juiz já defere a posse do imóvel no próprio processo.

No que diz respeito à arrematação extrajudicial, o Banco, na maioria dos leilões, já entrega o imóvel livre de qualquer ônus, como débitos de condomínio e IPTU, devendo apenas o vencedor (arrematante) lavrar a escritura.

Todavia, pode estar previsto no Edital do leilão que o arrematante deverá responder por eventuais débitos, portanto cabe ao advogado especialista em leilão analisar o caso específico.

Vale ressaltar que, como o leilão extrajudicial não é proveniente de um processo judicial, não existe a possibilidade do Banco conceder a posse do imóvel ao vencedor, ficando a seu cargo providenciar a medida cabível para obter a posse, que poderá ocorrer por meio de uma Notificação e, se essa não for frutífera, com a interposição da Ação de Imissão na Posse.

Partindo-se do pressuposto de que a finalidade é o lucro do investimento, ou, em caso de compra para uso próprio, não haver surpresas com despesas não previstas, uma consultoria prévia de um advogado especializado, em qualquer das modalidades, garante o sucesso do investimento.

Para não ficar em cima do muro, como advogado, prefiro os leilões judiciais.

* Paulo Mariano é advogado especializado em leilão judicial de imóveis, com experiência de mais de 500 processos nessa modalidade de investimento.

Fonte: Case Comunicação Integrada



Taxas abusivas cobradas na atividade de mineração

O setor minerário está atento ao julgamento das Ações Diretas de Inconstitucionalidade nº 4.785 e nº 4.786, propostas pela Confederação Nacional das Indústrias, tem como base a Inconstitucionalidade e a desproporcionalidade das taxas que fiscalizam a exploração dos recursos minerais nos estados de Minas Gerais e do Pará.


Planeje seus tributos para fazer de 2022 seu melhor ano

É chegado o final do ano e, para muito além dos preparativos das festas natalinas, o empresário autônomo, em especial, dentistas, médicos, fisioterapeutas, farmacêuticos e tantos outros profissionais da área da saúde se deparam com algumas perguntas.


Legalidade ou ilegalidade: o falso impasse das empresas offshores

Apesar de pouco utilizadas pela maior parte dos indivíduos, as empresas offshores são bastante conhecidas, face à intensa profusão de material acerca delas, seja com conteúdo fictício ou não.


As controvérsias do acesso aos dados de vacinação dos trabalhadores

Ainda existem muitas controvérsias sobre a exigência de vacinação de trabalhadores aqui no Brasil.


Efeitos do plano de demissão voluntária na quitação geral do contrato de trabalho

As relações individuais e coletivas produzem efeitos diferentes nas relações de trabalho e, ao que parece, ainda vão ocupar as discussões jurídicas nas questões envolvendo os direitos atingidos no âmbito de cada uma e a adequação instrumental que permita sua compreensão e redução da litigiosidade.


Está proibida a venda de remédios para emagrecer

O Supremo Tribunal Federal derrubou a lei que autorizava a produção, a venda e o consumo de 4 medicamentos para emagrecer: a sibutramina, a anfepramona, o femproporex e o mazindol.


Por que fazer um planejamento previdenciário

O primeiro argumento para convencer você a fazer um planejamento previdenciário é o tempo.


As vantagens (e os perigos) das contratações temporárias

A chegada do fim do ano, com as festas de Natal e do Réveillon, abre a temporada de contratações temporárias no varejo.


Direitos autorais na pichação e no grafite

Você sabe qual é a diferença entre pichação e grafismo? As pichações são as escritas nas fachadas e nos muros, e muito presente nos anos 80 quando ainda não tinha uma lei específica para a prática.


A restituição do dinheiro aos investidores no caso GAS Consultoria

Recentemente, uma ação conjunta entre Ministério Público Federal (MPF) e Polícia Federal denominada Operação KRYPTOS, com ampla cobertura midiática, encerrou as operações da GAS Consultoria, sob acusação dos responsáveis pela empresa supostamente cometerem crimes contra o sistema financeiro nacional.


Stalking: o que você precisa saber

Nas últimas semanas, liderou o Top 10 da Netflix o seriado Você (You), cujo roteiro romantiza a vida de um personagem charmoso e carismático que pratica o denominado “stalking” em pessoas de seu círculo social.


O dilema do reconhecimento da paternidade

O pedido de reconhecimento de paternidade muitas vezes é constrangedor para a mulher e assustador para o homem.