Portal O Debate
Grupo WhatsApp


A escola sem partido nem ideologia

A escola sem partido nem ideologia

02/04/2019 Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves

Em paralelo ao movimento da Escola Sem Partido, o governo investe na elaboração do sistema de educação domiciliar.

Reservadas as proporções, as crianças voltariam a ter preceptoras como ocorria antigamente, numa época em que a educação era tarefa da mãe ou de pessoas especializadas contratadas pela família. É mais uma possibilidade de educação neste país onde o ensino, por uma série de razões, nem sempre é o mais adequado. Quem optar por esse meio protegerá seus filhos dos defeitos hoje existentes na escola, especialmente a pública, muitas das quais produzem analfabetos funcionais.

Durante os loucos anos em que tudo foi colocado à luz da democracia e se cultivou o direito sem obrigações, um dos setores que mais sofreram foi o educacional. Professores cooptados pelos políticos de esquerda tornaram-se militantes e grevistas quase profissionais. E os alunos restaram entregues à própria sorte. A política de produzir diplomas deixou de fazer avaliações e levou o alunado a receber o documento sem ter os conhecimentos necessários para deles poder fazer uso no prosseguimento dos seus estudos ou no mercado de trabalho. É o quadro perverso da educação brasileira ideologizada.

Desde 2004, educadores e pais de alunos empunham a bandeira do movimento Escola Sem Partido. Mas a tese pouco evoluiu porque os ideológicos de esquerda que infestam a escola acusam o movimento de pretender substituir a ideologia esquerdista pela de direita. O ideal é que não haja qualquer das ideologias no meio escolar. Que o sagrado espaço destinado ao aprendizado seja inteiramente tomado pela transmissão de conhecimentos e treinamento dos alunos. Nada impede que professores e mesmo os alunos em idade de fazer política, tenham sua militância. Mas isso deve ser no âmbito dos partidos ou nas campanhas eleitorais, nunca no ambiente escolar.

O Ministério da Educação e demais órgãos de controle escolar têm o dever de garantir a escola como ambiente de aprendizado e imune apolítica ideológica ou partidária. A liberdade de cátedra deve ser entendida como possibilidade do professor apresentar as matérias do programa da melhor forma que entenda, não para abandonar o programa e passar a lecionar ideologia aos alunos. O que se tem visto na escola brasileira é um acinte e sério prejuízo ao futuro. Quanto mais pregação política é ministrada ao alunado, menos matérias para a sua preparação. É preciso resgatar a escola e, feito isso, garantir que ela não volte a cair nas garras daqueles que usam a técnica de seduzir o jovem com ideologia, pouco se importando com o seu destino na sociedade. Precisamos da escola efetivamente sem partido, seja ele de esquerda, de direita ou de centro. Só dessa forma é que poderemos resgatar o ensino e oferecer aos jovens um futuro melhor...

* Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves - dirigente da ASPOMIL (Associação de Assist. Social dos Policiais Militares de São Paulo)



Aprendizagem digital: os dois lados da moeda

A criação de conteúdos interessantes e motivação para estudar mais.

Aprendizagem digital: os dois lados da moeda

4 tendências para se adaptar e ensinar melhor online

Especialista esclarece estratégias para melhorar a experiência de lecionar no ambiente virtual.

4 tendências para se adaptar e ensinar melhor online

Preparatório oferece cursos gratuitos para pessoas em vulnerabilidade social

Escola de preparação para concursos públicos disponibiliza mais de 19.000 cursos online.


Curso gratuito prepara estudantes de todo o país para o Enem

Uninter oferece 345 aulas gravadas e 55 aulas inéditas.

Curso gratuito prepara estudantes de todo o país para o Enem

Sisu abre inscrições para mais de 51 mil vagas em instituições do país

Segundo cronograma divulgado pelo Mec, o resultado do Sisu será divulgado no dia 14 de julho.

Sisu abre inscrições para mais de 51 mil vagas em instituições do país

Educação no isolamento social se torna oportunidade de aprendizado para qualquer idade

As aulas on-line das crianças têm requisitado uma maior participação dos familiares.

Educação no isolamento social se torna oportunidade de aprendizado para qualquer idade

Fatos sobre a lição de casa em tempos de aula à distância

Orientar de modo equivocado pode causar estragos na aprendizagem.

Fatos sobre a lição de casa em tempos de aula à distância

MEC define protocolo de segurança para volta às aulas

Cronograma das atividades deve ser orientado pelo governo local.

MEC define protocolo de segurança para volta às aulas

A vida depois da graduação

O resultado esperado é um aprofundamento de carreira dentro de uma profissão.

A vida depois da graduação

Educação, pandemia e juventude

Hoje proponho uma reflexão acerca dos rumos que estamos dando à educação no Brasil e o que, de fato, desejamos de nossa atual juventude em sua maturidade.


Ensino remoto: a nova via da educação superior

É bastante improvável que a educação tradicional e presencial retorne antes de 2021.


A herança da pandemia na educação

A esta altura da pandemia, já se sabe que ela vai deixar, além da crise econômica que todos estamos vivendo, uma herança baseada em mudanças de hábitos e no uso mais intenso da tecnologia.