Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Celular ganha destaque entre ferramentas mais usadas no ensino a distância, mostra pesquisa

De acordo com a Toluna Insights, mais da metade dos alunos de EAD estudam no smartphones ou no tablet.

Celular ganha destaque entre ferramentas mais usadas no ensino a distância, mostra pesquisa

Mathema lança portal com soluções educacionais e formação on-line para professores

Novidade chega ao mercado para atender à demanda por formação continuada requerida pelos novos currículos e diretrizes da BNCC.


Brincar e aprender custa caro?

Muitos ainda acreditam e relatam que brinquedos caros e bem elaborados são essenciais para o aprendizado.

Brincar e aprender custa caro?


SENAI CETIQT lança Graduação em Engenharia de Produção na Barra

O novo curso, disponível nos turnos da manhã e noite, vem para atender às crescentes demandas de mercado para a área.


Abertas inscrições para o Mestrado em Computação Aplicada

Prazo de inscrição encerra dia 19 de julho.


Número de jovens no ensino médio cresce em 6 anos

Entre 2012 e 2018 houve aumento de 61% para 68,7%

Número de jovens no ensino médio cresce em 6 anos


Fies do segundo semestre de 2019 tem 46,6 mil vagas

Resultado do Fies será divulgado no dia 9 de julho


SENAI CETIQT está com inscrições abertas para o Vestibular 2019

Cursos são de graduação em Engenharia Química, Design de Moda e Engenharia de Produção.


Pós-graduação em Imagem e Som da UFSCar realiza seleção para mestrado

Pessoas interessadas deverão se inscrever entre os dias 22 e 31 de julho



Alunos do SESI-MG são destaques no PISA for Schools

O PISA (Programa Internacional de Avaliação de Estudante) analisa a aprendizagem dos estudantes das melhores escolas do Brasil

Alunos do SESI-MG são destaques no PISA for Schools

Como estudar e trabalhar nas melhores empresas da Alemanha?

É possível trabalhar nas melhores empresas do mundo, em um dos melhores países do mundo, diz especialista

Como estudar e trabalhar nas melhores empresas da Alemanha?

Analfabetismo no Brasil tem redução de 7,2% para 6,8%

Analfabetismo no Brasil está diretamente associado à idade. Quanto mais velho o grupo populacional, maior a proporção de analfabetos.

Analfabetismo no Brasil tem redução de 7,2% para 6,8%