Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Quem faz pós graduação EaD pode estagiar?

Quem faz pós graduação EaD pode estagiar?

19/04/2024 Carlos Henrique Mencaci

A escolha pelo modelo híbrido de educação ganha força e esses alunos também podem pleitear as vagas.

Quem faz pós graduação EaD pode estagiar?

A educação contínua é uma grande tendência para quem quer ser um profissional de sucesso, agora e no futuro. Com as transformações digitais, o modelo híbrido de educação ganhou força e esses educandos, seja na primeira graduação ou na pós, também estão em busca de oportunidades no mercado. Nesse cenário, hoje decidi tirar algumas dúvidas sobre o EaD (Ensino à Distância) aliado ao estágio, a fim de trazer algumas dicas fundamentais e facilitar a procura por vagas. 

Dados demonstram o crescimento da educação à distância 

Nesses últimos anos, a ESPM (Escola Superior de Propaganda e Marketing) investiu no fortalecimento do conceito AVA (ambiente virtual de aprendizagem) e das telas interativas, com o objetivo de potencializar seu modelo híbrido na pós-graduação. Segundo seus dados, 62% das turmas já são no modelo hi-flex (híbrido). Essa possibilidade trouxe um aumento de 48% nas matrículas e um alcance de 98% de novos alunos. 

Esses dados demonstram como a busca por essa aprendizagem se tornou popular, sendo a preferência de um grande número de pessoas e uma possibilidade mais acessível. Os profissionais ainda em formação procuram um “lugar ao sol” e o encontram, recheado de benefícios, no estágio. Isso porque o ato educativo é o modelo perfeito para unir a sala de aula com o meio empresarial, facilitando a conciliação da teoria e prática. 

Quem faz pós-graduação à distância pode estagiar?  

Para ser estagiário, basta ter mais de 16 anos e estar regularmente matriculado em uma instituição de ensino, seja do nível médio, técnico ou superior. Dessa forma, quem faz pós-graduação ou MBA (Master Business Administration) pode pleitear vagas dessa modalidade, seja presencial ou à distância. 

Afinal, a Lei de Estágio, nº 11.788/2008, incentiva a contratação de colaboradores nessa modalidade escolar assim como no regime remoto. Com a pandemia, o teletrabalho ganhou foco e tornou-se a escolha de 85% das corporações, conforme a Consultoria Korn Ferry. Isso porque, além de trazer mais qualidade de vida aos profissionais, também é um auxílio à produtividade da corporação, melhorando a retenção de talentos. 

Direitos do estagiário da pós-graduação à distância

Desse modo, separei alguns detalhes sobre a legislação vigente, inclusive para o aluno da pós-graduação à distância. Confira: 

- Carga horária reduzida e recesso remunerado: 

A categoria possui várias especificidades. Entre elas, cito a carga horária reduzida para, no máximo, seis horas diárias e 30h semanais. Também temos o recesso remunerado de 30 dias, um direito após um ano de ocupação na mesma empresa. 

- Seguro contra acidentes pessoais: 

Todo aspirante deve ter o seguro contra acidentes pessoais, o qual também entra no TCE (Termo de Compromisso do Estágio). Esse documento, próprio dessa modalidade, é assinado pelo estudante, instituição de ensino, contratante e agente de integração para facilitar as burocracias. Inclusive, contamos com uma série de associados, comprometidos e espalhados por todo o Brasil. Veja aqui a lista! 

- Bolsa-auxílio e auxílio-transporte: 

Outro benefício do estágio é a bolsa-auxílio, para aqueles casos extracurriculares. Esse montante auxilia a vaga oferecida a ficar mais atrativa e também é de grande ajuda para o aluno, possibilitando poder de compra. Caso o recém integrante precise se deslocar para o escritório, a legislação prevê o pagamento de auxílio-transporte a fim de simplificar o trajeto. As demais bonificações, como vale-alimentação ou refeição, entre outros, ficam a cargo do concedente, mas não é mandatório por jurisprudência. 

Por fim, o estágio é a modalidade perfeita para fortalecer o time, renovar criativamente as estratégias, auxiliar alguém ainda em desenvolvimento, entre muitos outros ganhos para ambos os lados. Por isso, digo e repito: abra as portas da sua empresa para quem chega agora no mercado cheio de vontade de “fazer acontecer”! Para isso, conte com a Abres! 

* Carlos H. Mencaci é presidente da Associação Brasileira de Estágios (Abres).

Para mais informações sobre estagiário clique aqui...

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Entre para o nosso grupo de notícias no WhatsApp

Fonte: Abres - Associação Brasileira de Estágios



Violência escolar: qual a causa e como solucionar

Comportamentos violentos nas escolas se intensificam cada dia mais, ou pelo menos a sua relevância tem ficado mais clara.

Autor: Felipe Lemos

Violência escolar: qual a causa e como solucionar

Todo dia é Dia da Educação

“A educação do homem começa no momento do seu nascimento; antes de falar, antes de entender, já se instrui.” Rousseau. “O homem não é nada além daquilo que a educação faz dele.” Immanuel Kant.

Autor: Benedicto Ismael Camargo Dutra

Todo dia é Dia da Educação

A integração entre crianças no espaço escolar

A escola, mais do que um simples espaço de ensino, desempenha um papel essencial na formação social das crianças.

Autor: Michelle Norberto

A integração entre crianças no espaço escolar

Como dizer “oi em inglês” tem quase 50 mil buscas mensais no Brasil, segundo pesquisa

De acordo com levantamento da plataforma de idiomas Preply, expressões básicas como “oi”, “bom dia” e “boa noite” são as mais buscadas pelos brasileiros na tradução para o inglês.

Autor: Divulgação

Como dizer “oi em inglês” tem quase 50 mil buscas mensais no Brasil, segundo pesquisa

Educação especial e inclusiva: para onde avançar?

É preciso destacar que o Brasil avançou de forma muito significativa nas últimas décadas no que concerne a políticas de acesso.

Autor: Lucelmo Lacerda e Flávia Marçal

Educação especial e inclusiva: para onde avançar?

Acolhimento: um ato revolucionário de amor e empatia

Feche os olhos por um minuto e tente lembrar de um momento em que foi acolhida na infância ou adolescência.

Autor: Vanessa Nascimento

Acolhimento: um ato revolucionário de amor e empatia

A importância de diversificar as práticas esportivas nas escolas

Os impactos positivos das diversas práticas esportivas são inegáveis, especialmente quando se considera o contexto das instituições educacionais.

Autor: Kelly Soares Rosa

A importância de diversificar as práticas esportivas nas escolas

Afinal, vale a pena insistir no ensino da letra cursiva nas escolas?

Um assunto relevante para a educação está dividindo opiniões: o uso da letra cursiva nas escolas.

Autor: Liliani A. da Rosa

Afinal, vale a pena insistir no ensino da letra cursiva nas escolas?

Estudantes cativados, estudantes motivados

Contar com a participação da família nesse processo é fundamental para que a criança seja estimulada e reconhecida.

Autor: Cleonara Schultz Diemeier

Estudantes cativados, estudantes motivados

Livro ensina às crianças as verdadeiras cores da amizade

Obra infantil combina narrativa poderosa com ilustrações que ganham vida ao longo das páginas para incentivar a tolerância desde cedo.

Autor: Divulgação


A maldição da aula divertida

Nem tudo o que precisamos aprender para compreender o mundo é divertido ou pode ser aprendido em meio a jogos lúdicos ou brincadeiras dinâmicas.

Autor: Daniel Medeiros

A maldição da aula divertida

Era uma vez em uma escola na Suécia

O governo sueco resolveu dar uma guinada nas suas orientações escolares e agora estimula fortemente o uso de livros em vez de laptops.

Autor: Daniel Medeiros

Era uma vez em uma escola na Suécia