Portal O Debate
Grupo WhatsApp

A inteligência artificial vai substituir o professor?

A inteligência artificial vai substituir o professor?

08/02/2023 Prof. Dr. Valmor Bolan

Em meio às tantas inovações tecnológicas que a cada dia vai nos surpreendendo, surge a pergunta: a inteligência artificial vai substituir o professor?

A inteligência artificial vai substituir o professor?

Esta é uma pergunta que, num primeiro momento, podemos responder que não, porque o professor é insubstituível. Mas, na prática, o debate sobre o uso de tecnologias no processo educacional trata de questionamentos pertinentes quanto às preocupações de até onde a tecnologia poderá ir, que não comprometa a dimensão humana no relacionamento entre as pessoas e no próprio processo de aquisição do conhecimento e da aprendizagem.

Sabemos que "a inteligência artificial (IA), desde o seu surgimento na literatura ficcional, sempre provocou profundos debates transversais sobre a nossa condição como humanos", como afirma Guilherme Tenher Rodrigues. E acrescenta: "O que ela é; quais são seus usos; o que ela pode se tornar; o futuro será moldado por ela ou não; como as sociedades se organizarão em torno dela; o desenvolvimento tecnológico inexoravelmente desembocará neste tipo de ferramenta; qual o papel das companhias de tecnologia e do Estado frente aos avanços da IA; como ela transformará o mercado, a geopolítica, as políticas públicas e ambientais, etc.; são alguns exemplos de indagações que ganham força dialógica quando ferramentas como a ChatGPT (uma enciclopédia digitalmente interativa) surgem como uma alternativa mediadora das relações culturais, políticas e socioeconômicas contemporâneas". Tudo isso pode contribuir muito no processo ensino-aprendizagem, numa realidade cada vez mais desafiante. 

O fato é que aluno e professor poderão (e deverão) se utilizar das inovações tecnológicas e até se beneficiar da inteligência artificial, mas os especialistas entendem que não haverá uma substituição total do homem pela máquina, porque justamente a finalidade da Educação é formar o ser humano como pessoa, e a tecnologia pode ser mais um meio para a promoção humana, e não um fim. E somente na prática é que saberemos como encontrar o equilíbrio necessário, fundamental para o aprimoramento constante da Educação.  

* Valmor Bolan é Doutor em Sociologia. Professor da Unisa. Ex-reitor e Dirigente (hoje membro honorário) do Conselho de Reitores das  Universidades Brasileiras.

Para mais informações sobre inteligência artificial clique aqui...

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Entre para o nosso grupo de notícias no WhatsApp



Volta às aulas: como evitar o estresse e a ansiedade?

Milhares de crianças e adolescentes estão de volta às salas de aula.

Autor: Divulgação

Volta às aulas: como evitar o estresse e a ansiedade?

Educação para autistas: se não agora, quando?

Nos últimos 10 anos muitas foram as conquistas alcançadas pelas pessoas com autismo, fruto de suas lutas e de suas famílias.

Autor: Lucelmo Lacerda e Flávia Marçal

Educação para autistas: se não agora, quando?

Readaptação das crianças ao ambiente escolar na volta às aulas

O início do ano letivo se aproxima e com ele muitas expectativas, o período de volta às aulas é um momento de novos desafios e oportunidades.

Autor: Divulgação

Readaptação das crianças ao ambiente escolar na volta às aulas

O direito de estudar também vale para pessoas com autismo

Pautado na perspectiva de um direito humano e fartamente fundamentado nas legislações, o parecer orientador fura a bolha da invisibilidade.

Autor: Lucelmo Lacerda

O direito de estudar também vale para pessoas com autismo

Precisamos ajudar os jovens na conquista de uma autonomia saudável

Criar autonomia não significa agir sem orientação, e é nesse contexto que destaco a importância de auxiliar os jovens em suas escolhas.

Autor: Rafaelle Benevides

Precisamos ajudar os jovens na conquista de uma autonomia saudável

Inovação na educação: o impacto transformador das telas interativas

As telas interativas têm emergido como catalisadoras de mudanças significativas no cenário educacional.

Autor: Severino Sanches

Inovação na educação: o impacto transformador das telas interativas

Revolução educacional e estudantes com autismo: o impacto do CNE

A cada 36 crianças, uma é diagnosticada com autismo. E a garantia do direito à educação desses estudantes se apresenta como tema de interesse público nacional.

Autor: Lucelmo Lacerda e Flávia Marçal

Revolução educacional e estudantes com autismo: o impacto do CNE

Caneta, régua, borracha e apontador são os materiais escolares mais tributados

Pesquisa realizada pela Sovos aponta que tributos incidentes sobre os principais itens escolares podem chegar a 50% do preço final repassado ao consumidor.

Autor: Divulgação

Caneta, régua, borracha e apontador são os materiais escolares mais tributados

Adaptação da criança na escola é momento crítico para pais e educadores

Especialistas dão dicas de como lidar com esse momento de choradeira e inseguranças.

Autor: Divulgação

Adaptação da criança na escola é momento crítico para pais e educadores

Estudantes brasileiros rejeitam FIES como forma de financiamento

30% dos entrevistados não aceitariam de forma alguma o financiamento ou preferem outras formas de pagamento, mesmo se houvesse vaga disponível.

Autor: Divulgação

Estudantes brasileiros rejeitam FIES como forma de financiamento

Estratégias para poupar na compra de material escolar

Dicas sobre como se organizar para que o retorno às aulas não cause um grande impacto financeiro.

Autor: Divulgação

Estratégias para poupar na compra de material escolar

Ortopedista se surpreende com o peso das mochilas na porta das escolas e faz alerta

Mês de janeiro e as crianças e adolescentes começam a preparar a lista de material que vai acompanhá-los ao longo do ano escolar.

Autor: Dr. Maurício Martelletto

Ortopedista se surpreende com o peso das mochilas na porta das escolas e faz alerta