Portal O Debate
Grupo WhatsApp

ChatGPT: benefícios e desvantagens para a educação

ChatGPT: benefícios e desvantagens para a educação

24/05/2023 Alessandro Coutinho Ramos

A tecnologia já impactou cerca de 100 milhões de pessoas pelo mundo, provocando inúmeros debates nas instituições de ensino e em diversos segmentos da sociedade.

ChatGPT: benefícios e desvantagens para a educação

Uma ferramenta capaz de responder a inúmeros questionamentos e criar diálogos virtuais com os humanos, de forma gratuita e acessível. Esse é um dos avanços tecnológicos que tem impactado e surpreendido a vida das pessoas. O ChatGPT (Generative Pre-Trained Transformer), que utiliza inteligência artificial, tem chamado a atenção do meio educacional devido a grande facilidade e rapidez de interpretar e responder todo tipo de pergunta.

Além disso, a inteligência é facilmente capaz de escrever redação, fazer resumos, resolver exercícios de matemática, permite fazer diálogos realistas e construir textos únicos em qualquer formato, muito semelhantes àqueles redigidos pela mente humana. Toda essa possibilidade fez com que o ChatGPT alcançasse a marca de 100 milhões de usuários ativos mensais em dois meses.

Muitos usuários têm utilizado a ferramenta para criar textos e trabalhos escolares, porém, em alguns países, o uso do ChatGPT já foi proibido, como por exemplo na cidade de Nova York, que bloqueou o acesso à ferramenta em todas as escolas públicas. Não muito diferente, a Universidade Sciences Po, na França, também proibiu o uso do ChatGPT para evitar plágio e fraudes.

Um cenário que pode ser positivo ou negativo para milhões de estudantes, de acordo com Alessandro Coutinho, Pró-reitor de Pesquisa, Pós-graduação e Extensão da Universidade de Vila Velha (UVV).

“Existe uma dicotomia de pontos de vista, sendo que há quem diga que um dia os robôs irão dominar o mundo, já outros duvidam completamente dessa afirmativa. O fato é que a inteligência artificial pode ser usada de diferentes formas a favor da educação, como para personalizar a relação ensino-aprendizagem, corrigir provas ou fornecer um feedback mais rápido aos alunos. No entanto, ferramentas como o ChatGPT precisam ser usadas com responsabilidade para não prejudicar a educação”, explicou.

Como esta tecnologia poderá transformar a Educação?

Assim como hoje os estudantes utilizam a internet para realizar seus trabalhos escolares, diferentemente de seus pais e avós, que tinham nos livros seu principal e às vezes único recurso de pesquisa, o ChatGPT transforma a Educação por consistir em mais uma ferramenta que pode ser usada nas escolas.

De acordo com Alessandro, é necessário entender como as tecnologias podem potencializar as práticas pedagógicas que já desenvolvemos com sucesso. “Não é descartar o que já fazemos, mas trazer mais elementos tecnológicos para promover aprendizagens mais profundas e críticas. Essa ferramenta, se usada de maneira correta, tem o potencial de fazer os professores repensarem suas práticas e acelerar o processo de aprendizado” , defende.

O que precisa para utilizar o ChatGPT?

Com um computador, celular ou tablet com acesso à internet você consegue acessar a plataforma. É preciso fazer um login, o que requer um e-mail. Caso seja uma pessoa com deficiência visual, é preciso usar um software de leitura de tela ou um assistente virtual que leia as respostas em voz alta.

Como fazer desse recurso uma oportunidade de aprendizagem?

Vale ressaltar que a ferramenta tem grande potencial para ajudar os professores na elaboração de aulas e na pesquisa de conteúdos. Inclusive, é interessante que eles experimentem o chat para esses fins antes de propor o uso para os estudantes.

Já em sala de aula, ele pode ser utilizado de diversas maneiras e em todas as áreas de estudo para pesquisa, revisão e comparação, entre outras utilidades. A partir do seu uso, os professores também podem realizar o letramento digital e debater questões éticas sobre o uso seguro da internet.

Sobre o ChatGPT

O ChatGPT é um modelo de linguagem natural desenvolvido pela OpenAI. Ele foi treinado com uma enorme quantidade de dados de texto para aprender a gerar texto em linguagem natural, que é coerente e semelhante ao que os humanos escrevem e falam. O GPT significa ‘Generative Pre-trained Transformer’ e se refere à arquitetura de rede neural usada para criar o modelo.

O ChatGPT foi treinado com um conjunto de dados enorme e diverso, que incluiu textos de sites da internet, livros, artigos acadêmicos, conversas de bate-papo e muito mais. Ele usa técnicas de aprendizado profundo, como redes neurais de autoatenção, para aprender padrões pelos dados e gerar texto em linguagem natural coerente e relevante para o contexto.

Essa é a resposta que o próprio Chat dá, quando questionado sobre o que é o ChatGPT. Criado pela empresa Open AI, a ferramenta utiliza algoritmos de Machine Learning que processam a linguagem e possibilitam a interação humana de uma forma mais natural e cada vez mais realista, uma vez que a própria ferramenta aprende e se aprimora com as exigências que são feitas.

Na prática, a pessoa consegue "conversar" e pedir para a ferramenta criar desde poemas até mesmo debater assuntos complexos. É possível, inclusive, especificar a quantidade de linhas de um texto, o formato, e todos os assuntos que devem ser abordados. E cada resposta será única e mais aprimorada que a anterior, formulada em poucos segundos.

* Alessandro Coutinho Ramos possui graduação em Agronomia pela Universidade Federal de Viçosa (UFV), mestrado e doutorado em Produção Vegetal pela Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF), com pós-doutorado em Portugal no Instituto Gulbenkian de Ciência (IGC).

Para mais informações sobre educação clique aqui...

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Entre para o nosso grupo de notícias no WhatsApp

Fonte: Temma Agência - Relações Públicas e Marketing Digital



Conhecimento é combustível para a motivação

Não são incomuns as histórias de profissionais que, voluntariamente, trocam de emprego para ganhar menos do que em suas posições anteriores.

Autor: Yuri Trafane

Conhecimento é combustível para a motivação

Violência escolar: qual a causa e como solucionar

Comportamentos violentos nas escolas se intensificam cada dia mais, ou pelo menos a sua relevância tem ficado mais clara.

Autor: Felipe Lemos

Violência escolar: qual a causa e como solucionar

Todo dia é Dia da Educação

“A educação do homem começa no momento do seu nascimento; antes de falar, antes de entender, já se instrui.” Rousseau. “O homem não é nada além daquilo que a educação faz dele.” Immanuel Kant.

Autor: Benedicto Ismael Camargo Dutra

Todo dia é Dia da Educação

A integração entre crianças no espaço escolar

A escola, mais do que um simples espaço de ensino, desempenha um papel essencial na formação social das crianças.

Autor: Michelle Norberto

A integração entre crianças no espaço escolar

Como dizer “oi em inglês” tem quase 50 mil buscas mensais no Brasil, segundo pesquisa

De acordo com levantamento da plataforma de idiomas Preply, expressões básicas como “oi”, “bom dia” e “boa noite” são as mais buscadas pelos brasileiros na tradução para o inglês.

Autor: Divulgação

Como dizer “oi em inglês” tem quase 50 mil buscas mensais no Brasil, segundo pesquisa

Educação especial e inclusiva: para onde avançar?

É preciso destacar que o Brasil avançou de forma muito significativa nas últimas décadas no que concerne a políticas de acesso.

Autor: Lucelmo Lacerda e Flávia Marçal

Educação especial e inclusiva: para onde avançar?

Acolhimento: um ato revolucionário de amor e empatia

Feche os olhos por um minuto e tente lembrar de um momento em que foi acolhida na infância ou adolescência.

Autor: Vanessa Nascimento

Acolhimento: um ato revolucionário de amor e empatia

A importância de diversificar as práticas esportivas nas escolas

Os impactos positivos das diversas práticas esportivas são inegáveis, especialmente quando se considera o contexto das instituições educacionais.

Autor: Kelly Soares Rosa

A importância de diversificar as práticas esportivas nas escolas

Afinal, vale a pena insistir no ensino da letra cursiva nas escolas?

Um assunto relevante para a educação está dividindo opiniões: o uso da letra cursiva nas escolas.

Autor: Liliani A. da Rosa

Afinal, vale a pena insistir no ensino da letra cursiva nas escolas?

Estudantes cativados, estudantes motivados

Contar com a participação da família nesse processo é fundamental para que a criança seja estimulada e reconhecida.

Autor: Cleonara Schultz Diemeier

Estudantes cativados, estudantes motivados

Quem faz pós graduação EaD pode estagiar?

A escolha pelo modelo híbrido de educação ganha força e esses alunos também podem pleitear as vagas.

Autor: Carlos Henrique Mencaci

Quem faz pós graduação EaD pode estagiar?

Livro ensina às crianças as verdadeiras cores da amizade

Obra infantil combina narrativa poderosa com ilustrações que ganham vida ao longo das páginas para incentivar a tolerância desde cedo.

Autor: Divulgação