Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Desenvolvimento do livro digital em plataformas educacionais

Desenvolvimento do livro digital em plataformas educacionais

09/03/2019 Tiago Cesconeto Roque

As tecnologias digitais da informação tornaram-se grandes aliadas do professor.

A evolução das tecnologias digitais de informação e comunicação tem transformado profundamente a sociedade em todas as suas dimensões, inclusive a educação.

A inovação acontece por meio do ambiente virtual, pelas novas formas de publicação e organização de conteúdo ou até pelo entretenimento em sala de aula. As metodologias ativas, que colocam o aluno no centro do aprendizado, transformando-o em protagonista de sua evolução acadêmica, encontram na tecnologia suporte para que o estudante absorva o conteúdo.

Na entrada do século 20 e com o movimento das tecnologias da informação, da comunicação e a ascensão da internet, modificaram-se as formas de distribuição, criação e também da leitura dos livros, alterando a forma tradicional das editoras que utilizavam apenas os livros impressos.

Assim, tornou-se possível criar publicações interativas ou versões digitais para computadores, celulares e tablets. Objetos de aprendizagem em plataformas como o Sway (que permite criar conteúdos interativos) e o Blackboard (ambiente de aprendizado virtual) geraram facilidades para o recolhimento de dados e o desenvolvimento do livro digital.

Desta forma, os estudantes e os docentes podem aprender na prática utilizando-se destes aplicativos e softwares destinados à área acadêmica. Uma das vantagens da utilização dessas ferramentas é a concentração do material e a realização de atividades cujos resultados podem ser obtidos após o término do processo.

Com isso, vimos a necessidade de desenvolver uma versão digital do livro Crianças como Você para os quintos anos do Ensino Fundamental Anos Iniciais do Colégio Marista Criciúma (SC). Levando em conta que a metodologia utilizada na construção do projeto é do cotidiano dos estudantes, eles demonstraram mais interesse pelo processo de construção.

Por outro lado, percebe-se que os professores conseguiram tirar proveito dos benefícios que a tecnologia pode trazer para o processo de ensino-aprendizagem, atuando de maneira mais atraente e inovadora.

As tecnologias digitais da informação tornaram-se grandes aliadas do professor e devem ser vistas como instrumentos que consolidam o aprendizado. As aulas tornam-se ainda mais fascinantes, a relação entre professor e aluno se enriquece, os alunos se sentem mais motivados e receptivos ao aprendizado e, consequentemente, o ensino se torna mais ativo.

Dessa forma, uma educação inovadora e participativa poderá ser estabelecida a partir do compromisso dos envolvidos no processo de aprendizagem. Assim, a tecnologia é uma grande aliada na construção da educação e na formação do cidadão.

*Tiago Cesconeto Roque é analista de Tecnologia Educacional.

* Lucimara Cardoso Nicolau é professora do 5º ano do Ensino Fundamental Anos Iniciais no Colégio Marista Criciúma.

Fonte: Página 1 Comunicação



Quem faz pós graduação EaD pode estagiar?

A escolha pelo modelo híbrido de educação ganha força e esses alunos também podem pleitear as vagas.

Autor: Carlos Henrique Mencaci

Quem faz pós graduação EaD pode estagiar?

Livro ensina às crianças as verdadeiras cores da amizade

Obra infantil combina narrativa poderosa com ilustrações que ganham vida ao longo das páginas para incentivar a tolerância desde cedo.

Autor: Divulgação


A maldição da aula divertida

Nem tudo o que precisamos aprender para compreender o mundo é divertido ou pode ser aprendido em meio a jogos lúdicos ou brincadeiras dinâmicas.

Autor: Daniel Medeiros

A maldição da aula divertida

Era uma vez em uma escola na Suécia

O governo sueco resolveu dar uma guinada nas suas orientações escolares e agora estimula fortemente o uso de livros em vez de laptops.

Autor: Daniel Medeiros

Era uma vez em uma escola na Suécia

Pais de autistas pedem que ministro o Parecer do Autismo

Associações de pais de autistas de todo o Brasil estão empenhadas em ampliar os direitos educacionais dos filhos.

Autor: Divulgação

Pais de autistas pedem que ministro o Parecer do Autismo

Educação e cidadania: pilares para futuro sustentável

Investir nas pessoas no tempo presente é um princípio básico e pode ser uma das maneiras mais efetivas de garantir um futuro mais sustentável.

Autor: Antoninho Caron

Educação e cidadania: pilares para futuro sustentável

10 motivos para falar de IA com crianças e adolescentes

Para os especialistas, a ferramenta já é considerada uma nova forma de alfabetização.

Autor: Divulgação

10 motivos para falar de IA com crianças e adolescentes

Participação e inclusão escolar: como fazer?

O princípio da gestão democrática da educação, previsto no artigo 206 da Constituição de 88, é também uma luta histórica dos movimentos a favor dos direitos das pessoas com deficiência. 

Autor: Lucelmo Lacerda e Flávia Marçal

Participação e inclusão escolar: como fazer?

Desvendando a defasagem na aprendizagem

Pesquisa compara ritmo acadêmico pré e pós-pandemia, mostrando caminhos para solucionar essa defasagem e promover sucesso educacional aos alunos.

Autor: Divulgação

Desvendando a defasagem na aprendizagem

Como as competições podem melhorar o desempenho dos alunos

O Brasil é um dos países que menos investe em educação básica no mundo, segundo a OCDE.

Autor: Divulgação

Como as competições podem melhorar o desempenho dos alunos

Volta às aulas: como evitar o estresse e a ansiedade?

Milhares de crianças e adolescentes estão de volta às salas de aula.

Autor: Divulgação

Volta às aulas: como evitar o estresse e a ansiedade?

Educação para autistas: se não agora, quando?

Nos últimos 10 anos muitas foram as conquistas alcançadas pelas pessoas com autismo, fruto de suas lutas e de suas famílias.

Autor: Lucelmo Lacerda e Flávia Marçal

Educação para autistas: se não agora, quando?