Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Enem: dicas para ir bem na prova

Enem: dicas para ir bem na prova

23/10/2023 Leonardo Chucrute

Como nos últimos anos, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) será aplicado em dois domingos, 5 e 12 de novembro.

Enem: dicas para ir bem na prova

O Enem é constituído de quatro provas objetivas, com 45 questões de múltipla escolha e uma redação em língua portuguesa. A prova é a principal porta de entrada para o ensino superior. Logo, se preparar bem é fundamental.

A primeira dica para conseguir conquistar uma excelente nota é ter planejamento. O planejamento garante que você dedique tempo a cada matéria e defina metas realistas e alcançáveis. É extremamente importante planejar a sua rotina. Assim, você consegue aumentar o seu foco e aproveitar melhor o tempo.

Estabeleça um bom local de estudos. Ter um ambiente tranquilo e silencioso ajuda a se concentrar. Além disso, organize horários específicos para cada disciplina. Intercale o estudo de humanas e exatas. Estude de duas a três matérias diariamente. Não deixe de lado matérias que não gosta ou que tem dificuldade.

O fichamento é outra técnica. Fichamento consiste em fazer tópicos com palavras-chave do que você leu. Assim, é possível memorizar melhor e mais rápido. Utilize o fichamento para ajudar com os resumos de cada matéria.

Faça também provas anteriores para aprender a administrar o tempo. Agindo assim, você pode anotar seus erros e acertos em cada questão. Com isso, identifique as matérias que precisa se dedicar mais, monitorando seu progresso nos estudos.

Treine uma redação por semana. Além de ajudar a desenvolver a habilidade de escrita, ajuda a se familiarizar com os temas abordados na prova e entender a estrutura da redação para o exame.

Outro método é o flashcards. São cartões de papel em que a pessoa escreve a pergunta na frente e a resposta atrás. Além de ajudar a lembrar do conteúdo, é uma forma de estudar em grupo, pois parece com jogos de perguntas e respostas. Outra dica muito importante é descansar entre os estudos. Estabeleça pausas, faça atividades que goste e relaxe a mente. Quando voltar a estudar estará mais focado e bem-disposto.

Lembre-se que uma boa noite de sono é fundamental para o bom desempenho. Estabeleça uma rotina de sono adequada e evite estudar até tarde. Assim, você ficará descansado e com a mente fresca.

No dia do exame, o horário da abertura dos portões é ao meio-dia e o fechamento às 13hs. Evite o nervosismo. Situações assim podem causar estresse e ansiedade. Esses vilões podem prejudicar seu desempenho e dedicação para realizar uma boa prova. Atentem-se também à alimentação, pois ela influencia no bom rendimento. Coma alimentos saudáveis e que não sejam pesados, para não passar mal no dia do Enem.

Na hora da prova, tente esquecer as dificuldades e medos. Foque no momento. Mentalize-se aprovado. Acredite em você e perceba que o exame é uma oportunidade para mudar o seu futuro. O pensamento positivo tem poder. Bom Enem.

* Leonardo Chucrute é professor de matemática, diretor – geral e CEO do Zerohum.

Para mais informações sobre Enem clique aqui...

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Entre para o nosso grupo de notícias no WhatsApp

Fonte: Agência Drumond



Os jovens e o trabalho

A responsabilidade de gerar filhos é algo muito sério porque pai e mãe possibilitam a encarnação de uma alma para evoluir no mundo material, o aquém.

Autor: Benedicto Ismael Camargo Dutra

Os jovens e o trabalho

O fim da geração nem-nem está na aprendizagem?

No labirinto complexo das políticas trabalhistas, há uma série de fatores que merecem nossa atenção.

Autor: Francisco de Assis Inocêncio

O fim da geração nem-nem está na aprendizagem?

A escola pública sob administração privada

O Estado do Paraná apresenta ao Brasil um novo formato de administração à rede escolar.

Autor: Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves


O compromisso das escolas privadas na educação antirracista

Alcançar o sucesso demanda comprometimento de faculdades e universidades com a formação inicial de professores.

Autor: Luana Tolentino

O compromisso das escolas privadas na educação antirracista

Inscrições abertas para os cursos de condutores de caminhões

A Fabet São Paulo está com inscrições abertas para três cursos avançados voltados a formação e aperfeiçoamento de condutores de caminhões.

Autor: Marcos Villela Hochreiter


Exercitando a empatia

No meu último ano de sala de aula, tive uma turma de quarto ano que se tornou muito querida.

Autor: Vanessa Nascimento

Exercitando a empatia

Conhecimento é combustível para a motivação

Não são incomuns as histórias de profissionais que, voluntariamente, trocam de emprego para ganhar menos do que em suas posições anteriores.

Autor: Yuri Trafane

Conhecimento é combustível para a motivação

Violência escolar: qual a causa e como solucionar

Comportamentos violentos nas escolas se intensificam cada dia mais, ou pelo menos a sua relevância tem ficado mais clara.

Autor: Felipe Lemos

Violência escolar: qual a causa e como solucionar

Todo dia é Dia da Educação

“A educação do homem começa no momento do seu nascimento; antes de falar, antes de entender, já se instrui.” Rousseau. “O homem não é nada além daquilo que a educação faz dele.” Immanuel Kant.

Autor: Benedicto Ismael Camargo Dutra

Todo dia é Dia da Educação

A integração entre crianças no espaço escolar

A escola, mais do que um simples espaço de ensino, desempenha um papel essencial na formação social das crianças.

Autor: Michelle Norberto

A integração entre crianças no espaço escolar

Como dizer “oi em inglês” tem quase 50 mil buscas mensais no Brasil, segundo pesquisa

De acordo com levantamento da plataforma de idiomas Preply, expressões básicas como “oi”, “bom dia” e “boa noite” são as mais buscadas pelos brasileiros na tradução para o inglês.

Autor: Divulgação

Como dizer “oi em inglês” tem quase 50 mil buscas mensais no Brasil, segundo pesquisa

Educação especial e inclusiva: para onde avançar?

É preciso destacar que o Brasil avançou de forma muito significativa nas últimas décadas no que concerne a políticas de acesso.

Autor: Lucelmo Lacerda e Flávia Marçal

Educação especial e inclusiva: para onde avançar?