Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Ensino híbrido é a nova aposta para concluir o ano letivo

Ensino híbrido é a nova aposta para concluir o ano letivo

29/07/2020 Divulgação

Escolas que aderiram à tecnologia desenvolveram o plano de aula em meio à pandemia para garantir o aprendizado dos alunos.

Ensino híbrido é a nova aposta para concluir o ano letivo

O distanciamento social impôs diversas limitações e mostrou como é difícil mudar totalmente o modo de ensino das escolas, já que, de um dia para o outro, as aulas presenciais foram suspensas e a tecnologia, que nem todo educador ou escola utilizavam com frequência, tornou-se o único elo entre professor e aluno. Agora, com a retomada das atividades presenciais, é necessário que as escolas se adaptem à nova realidade. 

Uma alternativa que pode ser explorada para evitar grandes fluxos de estudantes em salas de aula e minimizar o risco de disseminação da Covid-19, é alterar o plano de ensino para híbrido, que une atividades online e offline por meio de plataformas e dispositivos tecnológicos. Luiz Magalhães, diretor acadêmico da escola Luminova, explica que unir o ambiente online com offline é possível, já que as crianças de hoje nasceram em um contexto hiper-conectado, a chamada geração alpha, e possuem hábitos diferentes de relacionamento, seja com pessoas ou informações, o que torna o aspecto educacional mais voltado aos alunos e menos para o padrão sistematizado e hierárquico de antes.

A rede de ensino, que tem uma proposta inovadora e por premissa democratizar o acesso à educação de qualidade, explora a tecnologia em suas potencialidades no cotidiano dos estudantes, motivo pelo qual conseguiu manter bons resultados dos estudantes mesmo durante a quarentena. “A autonomia e protagonismo do aluno sempre fizeram parte de nosso projeto pedagógico, o que tornou o êxito da escola possível nestes últimos meses. Esse protagonismo continuou em casa, dando condições aos aluno de gerir seu próprio tempo e compreender a importância do ensino para sua formação educacional e social”, comenta. 

É por isso que, diante do momento que vivemos, a aprendizagem híbrida torna-se fundamental como recurso educacional. O acesso a dispositivos conectados à internet possibilita ao estudante que pesquise conteúdos diversos nas plataformas online e repasse para as atividades em cadernos e papéis, num mix saudável que o estimule e instigue a pesquisar e saber mais sobre o tema proposto em sala de aula. “Inauguramos uma nova maneira de aprender de forma colaborativa e cooperativa, onde alunos constróem em tempo real sua própria aprendizagem e que desperta a responsabilidade, autonomia e um processo contínuo por meio de outras linguagens e que não são apenas receptores de informações, mas sim, produtores efetivos de conteúdo”, conclui o educador. 

Fonte: Markable Comunicação



Violência escolar: qual a causa e como solucionar

Comportamentos violentos nas escolas se intensificam cada dia mais, ou pelo menos a sua relevância tem ficado mais clara.

Autor: Felipe Lemos

Violência escolar: qual a causa e como solucionar

Todo dia é Dia da Educação

“A educação do homem começa no momento do seu nascimento; antes de falar, antes de entender, já se instrui.” Rousseau. “O homem não é nada além daquilo que a educação faz dele.” Immanuel Kant.

Autor: Benedicto Ismael Camargo Dutra

Todo dia é Dia da Educação

A integração entre crianças no espaço escolar

A escola, mais do que um simples espaço de ensino, desempenha um papel essencial na formação social das crianças.

Autor: Michelle Norberto

A integração entre crianças no espaço escolar

Como dizer “oi em inglês” tem quase 50 mil buscas mensais no Brasil, segundo pesquisa

De acordo com levantamento da plataforma de idiomas Preply, expressões básicas como “oi”, “bom dia” e “boa noite” são as mais buscadas pelos brasileiros na tradução para o inglês.

Autor: Divulgação

Como dizer “oi em inglês” tem quase 50 mil buscas mensais no Brasil, segundo pesquisa

Educação especial e inclusiva: para onde avançar?

É preciso destacar que o Brasil avançou de forma muito significativa nas últimas décadas no que concerne a políticas de acesso.

Autor: Lucelmo Lacerda e Flávia Marçal

Educação especial e inclusiva: para onde avançar?

Acolhimento: um ato revolucionário de amor e empatia

Feche os olhos por um minuto e tente lembrar de um momento em que foi acolhida na infância ou adolescência.

Autor: Vanessa Nascimento

Acolhimento: um ato revolucionário de amor e empatia

A importância de diversificar as práticas esportivas nas escolas

Os impactos positivos das diversas práticas esportivas são inegáveis, especialmente quando se considera o contexto das instituições educacionais.

Autor: Kelly Soares Rosa

A importância de diversificar as práticas esportivas nas escolas

Afinal, vale a pena insistir no ensino da letra cursiva nas escolas?

Um assunto relevante para a educação está dividindo opiniões: o uso da letra cursiva nas escolas.

Autor: Liliani A. da Rosa

Afinal, vale a pena insistir no ensino da letra cursiva nas escolas?

Estudantes cativados, estudantes motivados

Contar com a participação da família nesse processo é fundamental para que a criança seja estimulada e reconhecida.

Autor: Cleonara Schultz Diemeier

Estudantes cativados, estudantes motivados

Quem faz pós graduação EaD pode estagiar?

A escolha pelo modelo híbrido de educação ganha força e esses alunos também podem pleitear as vagas.

Autor: Carlos Henrique Mencaci

Quem faz pós graduação EaD pode estagiar?

Livro ensina às crianças as verdadeiras cores da amizade

Obra infantil combina narrativa poderosa com ilustrações que ganham vida ao longo das páginas para incentivar a tolerância desde cedo.

Autor: Divulgação


A maldição da aula divertida

Nem tudo o que precisamos aprender para compreender o mundo é divertido ou pode ser aprendido em meio a jogos lúdicos ou brincadeiras dinâmicas.

Autor: Daniel Medeiros

A maldição da aula divertida