Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Está mais difícil dar aulas pois as crianças estão mais preguiçosas?

Está mais difícil dar aulas pois as crianças estão mais preguiçosas?

18/12/2020 Dr. Italu Colares

A pandemia mudou a rotina das crianças. Se por um lado, o cuidado com a saúde chegou, por outro as crianças perderam o costume de estudar como antes.

Está mais difícil dar aulas pois as crianças estão mais preguiçosas?

Quem diria que manter uma criança sentada e atenta o tempo suficiente para conseguir assistir uma vídeo aula era algo tão difícil? No entanto, ao longo desse ano, essa foi uma das grandes dificuldades enfrentadas por muitos pais, que não conseguem segurar a atenção dos seus filhos durante o período de estudos em casa. Em um ano tão atípico, certamente a educação foi um dos setores da vida que mais foram impactados pela pandemia.

Com o isolamento social, a rotina de muitas famílias mudou. Além do home office, que permite às pessoas trabalharem de casa, o “novo cotidiano” inclui dar assistência aos filhos durante as aulas on-line, recolher atividades espalhadas pelo chão, dar banho, alimentar, conversar com professores, pedagogos, tirar manchas de hidrocor da parede, corrigir exercícios. O resultado disso é que tantas atividades já estão enlouquecendo muitos pais. E agora, qual é a melhor solução para isso?

De acordo com o pós-doutor em educação eletrônica, Dr. Italu Colares, “é tanta coisa que mal sobra tempo para respirar! Com toda essa correria, tem sido difícil perceber se o período de aprendizagem está mesmo valendo a pena. Mas para que esse novo formato de aulas dê certo, é necessário fazer alguns ajustes”.

Neste sentido, Dr. Italu conta que “não existe nenhuma metodologia eficaz para a maioria das escolas brasileiras para lidar de maneira efetiva com a pandemia. Todo o programa de curso dessas escolas está na modalidade presencial e uma mudança drástica para o ensino remoto não resolve o problema. Isso não é ensino EAD. Isso é apenas uma máscara. Isso não resolverá os problemas, porém irá agravá-los”.

Um detalhe preocupante, alerta o especialista, é que “entenda-se que as plataformas disponíveis no mercado foram projetadas para adultos. Essas plataformas visam a andragogia (educação de adultos) e não a pedagogia (educação de crianças). Isso pôde-se incluir nas crianças portadoras de necessidades especiais. Existem interfaces para auxiliar a educação das crianças de uma maneira geral. Entretanto, o Brasil, por meio de sua posição discriminatória não investiu na educação a distância como deveria ter feito. A educação a distância daqui não evoluiu e foi anexada às escolas como um artigo de luxo aderida ao sistema universitário do século XVI”, detalha.

E o que fazer?

Diante disso, o educador acredita que “a melhor saída seria o cancelamento do ano letivo pelo período de duração da pandemia. Não estou dizendo que a escola tem que ficar de braços cruzados, porém, devem ser pensadas atitudes efetivas e não aquelas que envolvem apenas a preocupação de segurar os pais na hora de pagar as mensalidades”.

Além disso, Dr. Italu é taxativo: “Não diria que as crianças estão preguiçosas. Diria que elas não possuem estímulo para prosseguir o ano como está. O mais importante é uma retirada estratégica para trabalhar a metodologia e escolher as melhores interfaces para que assim possa ser ofertada uma educação EAD de qualidade que possa otimizar o aprendizado dessas crianças que ocorre por meio dos sentidos e a internet já possibilita a aprendizagem pela maior parte dos sentidos de uma criança”.

Mas enquanto isso, fica o conselho de quem entende do assunto: “Enquanto a preocupação das escolas for criar uma justificativa para continuar recebendo as mensalidades isso não irá mudar”, completa Dr. Italu Colares.

* Dr. Italu Colares, pós-doutor em educação eletrônica.

Fonte: MF Press Global



A importância da educação em momentos de crise

A educação, que não teve tanto foco como as outras pastas, também foi diretamente impactada por essa crise.

A importância da educação em momentos de crise

Metaverso: a nova fronteira do ensino

Metaverso trata-se de envolver-se em espaços virtuais compartilhados, manifestados como ambientes 3D ou de realidade virtual imersiva.

Metaverso: a nova fronteira do ensino

Desatenção na sala de aula: uma solução para este problema constante

Nas escolas, são frequentes os relatos dos professores sobre os olhares dos estudantes “se perdem”, diante das explicações.

Desatenção na sala de aula: uma solução para este problema constante

Samsung anuncia vencedores da 8ª edição do Solve For Tomorrow

Programa busca desenvolver soluções inovadoras para Ciências, Tecnologia, Engenharia e Matemática.

Samsung anuncia vencedores da 8ª edição do Solve For Tomorrow

Aumenta interesse de estudantes por ensino superior, diz pesquisa

Estudo foi encomendado por instituições privadas de educação superior.

Aumenta interesse de estudantes por ensino superior, diz pesquisa

“Round 6” e a saúde emocional de nossos jovens

Jogos tradicionais e brincadeiras infantis são uma parte fundamental da cultura de um povo.

“Round 6” e a saúde emocional de nossos jovens

Enem: como se preparar e o que estudar na reta final?

Estamos a poucos dias do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM).

Enem: como se preparar e o que estudar na reta final?

Como lidar com o nervosismo na hora do Enem

Confira dicas para a reta final de preparação.

Como lidar com o nervosismo na hora do Enem

Profissionais estão se qualificando mais

Estudo feito pela Abler, plataforma de recrutamento e seleção, aponta que metade dos profissionais cadastrados têm curso superior ou acima.

Profissionais estão se qualificando mais

Escola usa robôs para ensinar matemática na prática

Aprender e entender os conceitos matemáticos com a ajuda do robô, faz com que o aprendizado seja realmente efetivo.

Escola usa robôs para ensinar matemática na prática

O acolhimento socioemocional no retorno presencial às aulas

Aos poucos, as escolas abrem suas portas para que estudantes de todo o país retomem suas atividades em sala de aula.

O acolhimento socioemocional no retorno presencial às aulas

Enem: 7 técnicas de memorização para melhorar os estudos

O Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) 2021 será realizado nos dias 21 e 28 de novembro, tanto na versão digital quanto na impressa.

Enem: 7 técnicas de memorização para melhorar os estudos