Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Estratégias para poupar na compra de material escolar

Estratégias para poupar na compra de material escolar

29/01/2024 Divulgação

Dicas sobre como se organizar para que o retorno às aulas não cause um grande impacto financeiro.

Estratégias para poupar na compra de material escolar

A chegada de um novo ano traz consigo a preocupação com diversas despesas, como IPTU, IPVA e taxas associativas. Além disso, o início das aulas demanda a atenção dos pais para a compra do material escolar, que frequentemente envolve uma lista extensa de itens.

Pensando nisso, Claudio Munhoz, Coach e Consultor Financeiro que presta serviços através do GetNinjas, maior aplicativo para contratação de serviços no Brasil, compilou algumas orientações para economizar nesse aspecto. Confira a seguir:

1. Examine com cuidado a lista de material escolar

Não é necessário seguir à risca tudo o que a escola solicita. Muitas vezes, as instituições incluem materiais muito específicos, quantidades excessivas de alguns itens e, em alguns casos, até mesmo indicam a marca a ser adquirida. Nessas situações, é recomendável avaliar a real necessidade de cada item e evitar compras desnecessárias.

2. Aproveite o que pode ser reutilizado

Embora as crianças geralmente apreciem a ideia de estrear materiais novos no novo ano letivo, reutilizar parte do material escolar do ano anterior pode representar uma economia significativa para os pais. Antes de sair para comprar, avalie quais itens podem ser reaproveitados, poupando dinheiro para outras necessidades.

3. Faça compras em grupo com outros pais

Algumas lojas oferecem preços diferenciados para vendas em atacado, permitindo bons descontos ao comprar em grande quantidade. Nesse sentido, é interessante combinar com outros pais a ida às lojas para adquirir o material escolar. Assim, todos se beneficiam dessa abordagem coletiva.

4. Opte por pagamento à vista com desconto

Essa regra geral de compras se aplica também à aquisição de material escolar. Busque sempre efetuar o pagamento à vista para obter descontos. Parcelamentos ou financiamentos costumam incorrer em juros, e, mesmo que o parcelamento no cartão seja oferecido sem juros, negociar um desconto para pagamento à vista é geralmente vantajoso.

5. Faça compras sem a presença dos filhos e tenha uma lista clara e objetiva

Depois de decidir quais itens comprar e as quantidades necessárias, prefira realizar as compras sem a presença dos filhos. Na loja, os pais muitas vezes cedem aos pedidos dos filhos para adquirir itens mais caros ou que não estão na lista. Além disso, leve consigo uma lista clara e objetiva dos itens a serem adquiridos. Essas medidas simples terão um impacto positivo na economia das compras de material escolar.

Para mais informações sobre material escolar clique aqui...

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Entre para o nosso grupo de notícias no WhatsApp

Fonte: Tamer



Volta às aulas: como evitar o estresse e a ansiedade?

Milhares de crianças e adolescentes estão de volta às salas de aula.

Autor: Divulgação

Volta às aulas: como evitar o estresse e a ansiedade?

Educação para autistas: se não agora, quando?

Nos últimos 10 anos muitas foram as conquistas alcançadas pelas pessoas com autismo, fruto de suas lutas e de suas famílias.

Autor: Lucelmo Lacerda e Flávia Marçal

Educação para autistas: se não agora, quando?

Readaptação das crianças ao ambiente escolar na volta às aulas

O início do ano letivo se aproxima e com ele muitas expectativas, o período de volta às aulas é um momento de novos desafios e oportunidades.

Autor: Divulgação

Readaptação das crianças ao ambiente escolar na volta às aulas

O direito de estudar também vale para pessoas com autismo

Pautado na perspectiva de um direito humano e fartamente fundamentado nas legislações, o parecer orientador fura a bolha da invisibilidade.

Autor: Lucelmo Lacerda

O direito de estudar também vale para pessoas com autismo

Precisamos ajudar os jovens na conquista de uma autonomia saudável

Criar autonomia não significa agir sem orientação, e é nesse contexto que destaco a importância de auxiliar os jovens em suas escolhas.

Autor: Rafaelle Benevides

Precisamos ajudar os jovens na conquista de uma autonomia saudável

Inovação na educação: o impacto transformador das telas interativas

As telas interativas têm emergido como catalisadoras de mudanças significativas no cenário educacional.

Autor: Severino Sanches

Inovação na educação: o impacto transformador das telas interativas

Revolução educacional e estudantes com autismo: o impacto do CNE

A cada 36 crianças, uma é diagnosticada com autismo. E a garantia do direito à educação desses estudantes se apresenta como tema de interesse público nacional.

Autor: Lucelmo Lacerda e Flávia Marçal

Revolução educacional e estudantes com autismo: o impacto do CNE

Caneta, régua, borracha e apontador são os materiais escolares mais tributados

Pesquisa realizada pela Sovos aponta que tributos incidentes sobre os principais itens escolares podem chegar a 50% do preço final repassado ao consumidor.

Autor: Divulgação

Caneta, régua, borracha e apontador são os materiais escolares mais tributados

Adaptação da criança na escola é momento crítico para pais e educadores

Especialistas dão dicas de como lidar com esse momento de choradeira e inseguranças.

Autor: Divulgação

Adaptação da criança na escola é momento crítico para pais e educadores

Estudantes brasileiros rejeitam FIES como forma de financiamento

30% dos entrevistados não aceitariam de forma alguma o financiamento ou preferem outras formas de pagamento, mesmo se houvesse vaga disponível.

Autor: Divulgação

Estudantes brasileiros rejeitam FIES como forma de financiamento

Ortopedista se surpreende com o peso das mochilas na porta das escolas e faz alerta

Mês de janeiro e as crianças e adolescentes começam a preparar a lista de material que vai acompanhá-los ao longo do ano escolar.

Autor: Dr. Maurício Martelletto

Ortopedista se surpreende com o peso das mochilas na porta das escolas e faz alerta

Confira cinco tendências da educação para 2024

De metodologias inovadoras a abordagens tecnológicas, o futuro da educação está se moldando para ser mais inclusivo.

Autor: Mara Duarte

Confira cinco tendências da educação para 2024