Portal O Debate
Grupo WhatsApp

EUA: ainda a principal opção para estudantes internacionais

EUA: ainda a principal opção para estudantes internacionais

19/11/2020 Divulgação

Os Estados Unidos são o destino número 1 do mundo para estudantes internacionais, graças a seu setor educacional diverso.

EUA: ainda a principal opção para estudantes internacionais

Pelo quinto ano seguido, os Estados Unidos receberam mais de 1 milhão de estudantes internacionais durante o ano letivo de 2019-2020, segundo o mais recente relatório Portas Abertas*, produzido pelo Instituto de Educação Internacional (IEI) e pelo Bureau de Assuntos Educacionais e Culturais do Departamento de Estado (ECA).

O relatório Portas Abertas dá início à 21ª Semana Internacional de Educação (IEW, na sigla em inglês), que ocorre anualmente. A IEW é uma iniciativa conjunta dos Departamentos de Estado e de Educação dos EUA a fim de destacar os benefícios mútuos da educação internacional e do intercâmbio entre países ao redor do mundo.

“É uma satisfação ver um quinto ano de mais de 1 milhão de estudantes internacionais nos Estados Unidos antes da pandemia”, disse Marie Royce, secretária de Estado adjunta em exercício para Assuntos Educacionais e Culturais.

“A mobilidade estudantil internacional é tão importante hoje como nunca, e acreditamos que os Estados Unidos são o melhor destino para os estudantes estudarem e obterem seus diplomas. A educação é um caminho para um futuro maior e o intercâmbio educacional internacional tem o poder de transformar as trajetórias dos alunos.” — Marie Royce, secretária de Estado adjunta.

Durante o ano letivo de 2019-2020, a maioria dos estudantes internacionais veio de China, Índia e Coreia do Sul para os Estados Unidos. Em relação ao ano anterior, houve um aumento de 7% no número de estudantes advindos de Bangladesh e um aumento de 2,5% no número de estudantes da Nigéria

Os destinos de estudo mais populares para estudantes internacionais são Califórnia e Nova York, de acordo com o relatório. Texas e Massachusetts foram a terceira e a quarta escolha para estudantes internacionais em razão do número de universidades de primeira linha nesses estados.

Mais da metade dos estudantes internacionais se formou em Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática (CTEM), sendo Administração de Empresas, Gestão e Ciências Sociais os próximos campos de estudo importantes.

Os Estados Unidos não são apenas um destino para quem quer estudar uma das áreas de CTEM. Este ano também houve um aumento de 2,2% no número de estudantes internacionais cursando Belas Artes e Artes Aplicadas.

Enquanto isso, estudantes dos Estados Unidos continuam a buscar programas de graduação no exterior em grandes números. Mais de 347 mil estudantes americanos estudaram no exterior durante o ano letivo de 2018–2019, um aumento de 1,6% em relação ao ano anterior.

O Reino Unido e a Itália foram as principais escolhas para os estudantes americanos, seguidos por Espanha e França.

Mas o número de estudantes americanos que estudaram na Coreia do Sul aumentou 16% em relação ao ano anterior, sugerindo que estudantes americanos estão cada vez mais interessados ​​em estudar no exterior, em países além dos que estão localizados na Europa.

O relatório Portas Abertas 2019–2020 foi compilado antes de a pandemia Covid-19 afetar a educação em todo o mundo.

Mas há razões para acreditar que a pandemia não afetará negativamente a educação global no longo prazo, disse Allan Goodman, presidente e executivo-chefe do IEI.

A Covid-19 é a 12ª pandemia nos 101 anos de história do IEI. Durante as outras pandemias, o IEI foi capaz de rastrear as tendências na educação internacional e descobriu que, após uma pandemia, o intercâmbio internacional rapidamente se recuperou.

“Embora as pandemias causem enormes dificuldades e perturbações, também existem fortes razões para otimismo”, disse ele. “Depois de cada uma delas, o intercâmbio educacional internacional é retomado rapidamente e o número de alunos envolvidos também cresce substancialmente.”

Fonte: ShareAmerica



Violência escolar: qual a causa e como solucionar

Comportamentos violentos nas escolas se intensificam cada dia mais, ou pelo menos a sua relevância tem ficado mais clara.

Autor: Felipe Lemos

Violência escolar: qual a causa e como solucionar

Todo dia é Dia da Educação

“A educação do homem começa no momento do seu nascimento; antes de falar, antes de entender, já se instrui.” Rousseau. “O homem não é nada além daquilo que a educação faz dele.” Immanuel Kant.

Autor: Benedicto Ismael Camargo Dutra

Todo dia é Dia da Educação

A integração entre crianças no espaço escolar

A escola, mais do que um simples espaço de ensino, desempenha um papel essencial na formação social das crianças.

Autor: Michelle Norberto

A integração entre crianças no espaço escolar

Como dizer “oi em inglês” tem quase 50 mil buscas mensais no Brasil, segundo pesquisa

De acordo com levantamento da plataforma de idiomas Preply, expressões básicas como “oi”, “bom dia” e “boa noite” são as mais buscadas pelos brasileiros na tradução para o inglês.

Autor: Divulgação

Como dizer “oi em inglês” tem quase 50 mil buscas mensais no Brasil, segundo pesquisa

Educação especial e inclusiva: para onde avançar?

É preciso destacar que o Brasil avançou de forma muito significativa nas últimas décadas no que concerne a políticas de acesso.

Autor: Lucelmo Lacerda e Flávia Marçal

Educação especial e inclusiva: para onde avançar?

Acolhimento: um ato revolucionário de amor e empatia

Feche os olhos por um minuto e tente lembrar de um momento em que foi acolhida na infância ou adolescência.

Autor: Vanessa Nascimento

Acolhimento: um ato revolucionário de amor e empatia

A importância de diversificar as práticas esportivas nas escolas

Os impactos positivos das diversas práticas esportivas são inegáveis, especialmente quando se considera o contexto das instituições educacionais.

Autor: Kelly Soares Rosa

A importância de diversificar as práticas esportivas nas escolas

Afinal, vale a pena insistir no ensino da letra cursiva nas escolas?

Um assunto relevante para a educação está dividindo opiniões: o uso da letra cursiva nas escolas.

Autor: Liliani A. da Rosa

Afinal, vale a pena insistir no ensino da letra cursiva nas escolas?

Estudantes cativados, estudantes motivados

Contar com a participação da família nesse processo é fundamental para que a criança seja estimulada e reconhecida.

Autor: Cleonara Schultz Diemeier

Estudantes cativados, estudantes motivados

Quem faz pós graduação EaD pode estagiar?

A escolha pelo modelo híbrido de educação ganha força e esses alunos também podem pleitear as vagas.

Autor: Carlos Henrique Mencaci

Quem faz pós graduação EaD pode estagiar?

Livro ensina às crianças as verdadeiras cores da amizade

Obra infantil combina narrativa poderosa com ilustrações que ganham vida ao longo das páginas para incentivar a tolerância desde cedo.

Autor: Divulgação


A maldição da aula divertida

Nem tudo o que precisamos aprender para compreender o mundo é divertido ou pode ser aprendido em meio a jogos lúdicos ou brincadeiras dinâmicas.

Autor: Daniel Medeiros

A maldição da aula divertida