Portal O Debate
Grupo WhatsApp

O desafio do ensino superior frente as restrições de atividades presenciais

O desafio do ensino superior frente as restrições de atividades presenciais

15/05/2020 Richard Vasconcelos

O setor de educação será um dos que precisarão se reinventar para conseguir superar os desafios impostos pela pandemia mundial.

“É preciso assumir um olhar diferente para o novo ensinar.O ideal é desenvolver tarefas e desafios que estimulem o senso crítico do estudante, pois o maior desafio do ensino online não é criar conteúdo, mas gerar raciocínio”

Com os casos confirmados do coronavírus ainda crescentes no Brasil e a severa restrição do funcionamento de negócios que provocam a aglomeração de pessoas, o setor da educação será um dos que precisarão se reinventar como modelo de negócios. A incerteza de como e quando se dará o desfecho desta pandemia coloca em xeque o ensino presencial e, cada vez mais, as instituições precisarão agregar valor ao ensino a distância para justificar, e conseguir manter, o valor das mensalidades.

Enquanto os cursos EAD conseguem manter uma mensalidade mais baixa, devido a ausência de custos fixos relacionados a uma estrutura presencial - como aluguel, manutenção, limpeza e contas de luz, água e gás - os negócios presenciais enfrentam um grande desafio para agregar valor ao aluno que optou por esta modalidade e paga a mais por isso. Sem a possibilidade de oferecer a relação olho no olho com o professor e os colegas, a saída para evitar as solicitações de descontos na mensalidade, a transferência para um curso originalmente online ou até mesmo o interrompimento temporário da matrícula vai muito além do que digitalizar o presencial e investir em recursos tecnológicos. Agora é hora de inovar para conseguir agregar valor ao conteúdo. Mas como fazer isso? A resposta está na mudança na metodologia de ensino e no investimento no sucesso do aluno.  

Uma pesquisa realizada pela UCLA com 800 mil calouros indicou que 88% deles estavam na universidade para conseguir um emprego melhor. Isso indica que é  hora das instituições desenvolverem cursos que vão além de apenas entregar diploma, mas que entreguem, principalmente, o desenvolvimento profissional e a empregabilidade. 

Se a instituição de ensino não tiver uma visão clara de seu valor e não oferecer extras aos alunos em tempos de pandemia, ela vai perder a sua renda do presencial para as opções online. Também é preciso assumir um olhar diferente para o novo ensinar. Muitas vezes o aluno assiste a uma aula feita em estúdio, com duração entre duas e três horas, e depois responde a uma pergunta no fórum só para dizer que teve uma aprendizagem colaborativa. Este EAD como vemos hoje ainda é muito passivo. O ideal é desenvolver tarefas que estimulem o senso crítico do estudante, pois o maior desafio do ensino moderno é gerar raciocínio. 

É hora de pensar não só na utilização de ferramentas que criem uma aproximação e colaboração entre alunos e professor, mas também incluir na grade curricular o desenvolvimento de soft skills, como a criatividade, o raciocínio crítico e a inteligência emocional, além de trazer conteúdos práticos que o mercado está demandando a partir do desenvolvimento de seminários voltados para o desenvolvimento de carreira, lives com profissionais de peso mostrando o seu conhecimento prático do mercado, conexão com empresas para a oferta de estágios e empregos bem como orientações sobre técnicas de entrevista e busca de oportunidades.   

O fato é que a guinada nos formatos é fundamental para o aquecimento da economia e do fortalecimento do Brasil como player no cenário global. O momento atual é propício para repensar o formato de ensino e oferecer diferenciais que vão além do diploma. Apesar do grande trabalho que esta mudança repentina provoca, os frutos podem ser permanentes, pois se continuarmos ensinando das mesmas formas do passado, teremos uma grande dificuldade em nos manter competitivos como país e os brasileiros terão mais dificuldades em conseguir emprego no futuro. É hora de mudar, não só para reinventar os negócios em tempos de pandemia, mas para fazê-los crescer quando a crise passar.

* Richard Vasconcelos CEO da LEO Learning Brasil

Fonte: Motim.cc



Correções no ‘antigo’ Ensino Médio proporcionam um novo futuro para os jovens

A escolha da escola deve estar vinculada ao que o aluno anseia para seu futuro.

Correções no ‘antigo’ Ensino Médio proporcionam um novo futuro para os jovens

Educação e política. Importantes, desde que em separado

Fechamento das escolas é a consequência, não a causa da incapacidade brasileira de fazer melhor

Desde meados dos anos 1970, a evidência dos retornos da educação não parece mais ser segredo.

Fechamento das escolas é a consequência, não a causa da incapacidade brasileira de fazer melhor

Inscrições abertas para o Programa Desafio Escolar

Jovens de 15 até 18 anos e professores podem participar de projeto pedagógico que conecta games e o ensino de Ciência, Tecnologia, Humanidades, Engenharia e Matemática.


Escola de negócios oferece 10 mil bolsas de estudo em curso de Excel para jovens

Voitto tem como objetivo ser uma impulsionadora na vida profissional das pessoas, principalmente para jovens que buscam o primeiro emprego.

Escola de negócios oferece 10 mil bolsas de estudo em curso de Excel para jovens

MIT oferece bolsa de estudo integral para áreas de Engenharia e Ciências da Vida

Fundação TMVL cria bolsa permanente e anual com prioridade para estudantes do Insper e da Faculdade Albert Einstein do Brasil.

MIT oferece bolsa de estudo integral para áreas de Engenharia e Ciências da Vida

Multinacional finlandesa abre inscrições para programa de estágio

Valmet abre vagas para universitários nas três unidades no Brasil: Araucária (PR), Belo Horizonte (MG) e Sorocaba (SP).


Universidade lança cursos gratuitos online na área de tecnologia

Participantes não precisam ter conhecimento prévio; cursos fornecem certificado após a conclusão.

Universidade lança cursos gratuitos online na área de tecnologia

Empreendedorismo e a arte de sonhar

Sabe aquele empurrão que recebemos vez ou outra na vida?

Empreendedorismo e a arte de sonhar

Enem: 6 dicas para aumentar o foco

É muito comum se distrair enquanto estamos estudando.

Enem: 6 dicas para aumentar o foco

Qualidade na educação: muito mais que índices de aprendizagem

Qualidade na educação é um conceito complexo que pode se modificar conforme o contexto, os valores, a cultura e a identidade de cada local.

Qualidade na educação: muito mais que índices de aprendizagem

Um em cada dez estudantes já foi ofendido nas redes sociais, mostra IBGE

A coleta dos dados foi feita antes da pandemia, entre abril e setembro de 2019.

Um em cada dez estudantes já foi ofendido nas redes sociais, mostra IBGE