Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Os booktubers como auxiliares do professor na paixão dos alunos pela leitura

Os booktubers como auxiliares do professor na paixão dos alunos pela leitura

23/07/2020 Janaína Spolidorio

Mais do que nunca a tecnologia tem se mostrado presente na vida das pessoas.

Os booktubers como auxiliares do professor na paixão dos alunos pela leitura

A área da educação deve compreender seus benefícios e utilizá-los a favor da aprendizagem.

Algo que pode trazer um avanço positivo para nossos alunos é o fenômeno dos booktubers. É um termo relativamente novo que designa os youtubers que lidam com a leitura e análise de livros. E que tal trazê-los para a aula?

Assistir booktubers pode ser extremamente útil aos professores e suas aulas. Claro que haverá sempre aquele que irá cativar mais, trazer mais ideias para o professor do que outros, por ter uma linha de pensamento ou apresentação mais de acordo com o que buscam.

Além de conhecer melhor livros com eles, os professores podem, inclusive, utilizar como recurso pedagógico, mostrando o vídeo aos alunos, cativando-os para a leitura. Muito mais do que cativar os booktubers podem atrair e trazer maior vivacidade por alguns outros motivos. Veja alguns deles a seguir.

1. Honestidade com a audiência: como dão opiniões, é como se o internauta estivesse conversando com o booktuber. Canais de booktubers que não possuem compromissos editorias, ou seja, não são de divulgação de editoras específicas, são os melhores. É importante que o vídeo escolhido seja de um booktuber que se preocupa com a audiência e dá a opinião sincera sobre o livro. Certamente caberá ao professor avaliar e perceber se o conteúdo é honesto assistindo o vídeo. Ao apresentar aos alunos, essencial pontuar indicadores de que não é um vídeo feito para “vender” o livro e sim uma opinião sincera, formando também o cidadão digital.

2. Aproximação: booktubers têm o dom da aproximação, de cativar o público. Por mais que o professor se esforce é diferente de trazer uma outra opinião, com linguagem mais próxima do que os jovens estão acostumados. Tal aproximação produz um interesse singular, que pode até levar seus alunos a seguirem os canais do booktuber e se apaixonarem mais pela leitura. O poder de aproximação deles vem também do fato de fazerem os internautas terem uma imersão no universo do livro trazendo exatamente os pontos que serão interessantes e muitas vezes fazendo-os ler com mais curiosidade.

3. Variedade comunitária: os booktubers têm interesses específicos também. Há os que são mais generalizados, é verdade, contudo há os que falam só de romance, só de clássicos, só de terror. Os estilos de plano de fundo ficam de acordo com o tom que querem dar ao vídeo e isso ajuda a “entrar no clima” do gênero literário. Esta variedade comunitária de leitores ávidos que se tornam booktubers contribui para cativar o público. Seu aluno pode se identificar com um específico e começar sua paixão literária por ali, super valendo a pena você ter indicado.

4. Redes de Conhecimento: graças a estes youtubers específicos muitos alunos começam a seguir editoras. Eles percebem que grande parte dos livros com os quais eles se identificam são de determinada editora e isso amplia a rede de conhecimento deles. Seguir editoras é legal porque traz novidades do mundo literário. Começam a perceber que há eventos próprios para quem lê, comunidades, fóruns e até mesmo páginas interessantes que ampliam ainda mais o ser leitor de cada um. Os booktubers são grandes divulgadores das redes, porque lidam diretamente com este universo e estão antenados neste mundo que abre nossa mente a novas possibilidades e conhecimentos.

5. Não é obrigação, é diversão: a leitura, quando apresentada pelos olhos de um booktuber, pode se tornar uma diversão. O professor pode apresentar o livro que a turma vai ler e já passar o vídeo do booktuber falando sobre ele para instigar a vontade da leitura. Livros mais clássicos costumam causar o torcer do nariz dos alunos, porém quando apresentados com toda a pompa e glitter dos booktubers podem se tornar um grande prazer. Não deixa de ser a obrigação do ler para a escola, porém com um tom de diversão, com a vontade de descobrir na leitura a empolgação mostrada pelo booktuber. Eles fazem o aluno ter vontade de percorrer as linhas para encontrar as emoções que ali também encontraram.

6. Ler é legal: esta é a cereja do bolo! Os booktubers contribuem para passar a imagem de que quem lê é legal e de que a leitura é apaixonante. Entrar em comunidades leitoras sugeridas pelos booktubers ajuda os alunos a conhecerem novas pessoas com os mesmos gostos e até traz novas amizades saudáveis, que gostam de discutir sobre leitura, trocar experiências e inclusive formar clubes de leitura. O ‘fazer parte’ de uma comunidade leitora é algo especial, quase como se a pessoa fosse transportada para outro mundo, porque fica inserida nas histórias lidas com um vínculo especial.

Muitas histórias aguardam seus leitores nas escolas e o professor pode utilizar este grande auxílio para apresentar aos alunos os mundos fantásticos que podem visitar, as pistas escondidas de um livro ou mesmo seu novo amigo leitor, que tem os mesmos gostos de leitura que ele. Basta estar aberto à experiência e se deixar testar o recurso com a ajuda de um booktuber que escolher para apresentar a próxima leitura aos alunos.

* Especialista em educação, Janaína Spolidorio é formada em Letras, com pós-graduação em consciência fonológica e tecnologias aplicadas à educação e MBA em Marketing Digital.

Fonte: EVCOM



Reino Unido disponibiliza bolsas de mestrado para alunos de 160 países

Além de bolsa de estudos, os aprovados terão passagens pagas.

Reino Unido disponibiliza bolsas de mestrado para alunos de 160 países

Por que o jovem abandona os estudos?

O aluno precisa receber da escola aquilo que cada curso traz em seu enunciado.

Por que o jovem abandona os estudos?

Projeto “Encontro Marcado com Fernando Sabino” chega à Igarapé e Mateus Leme

A ação de incentivo à leitura coordenada pelo Instituto Fernando Sabino já esteve em mais de 90 cidades, contemplando cerca de 900 mil alunos.

Projeto “Encontro Marcado com Fernando Sabino” chega à Igarapé e Mateus Leme

Concurso de poesias celebra bicentenário da Independência do Brasil

Inscrições para alunos da rede pública vão até 2 de setembro.

Concurso de poesias celebra bicentenário da Independência do Brasil

Sinduscon-MG oferece cursos para profissionais da construção civil

Sindicato da Indústria da Construção Civil de Minas está com inscrições abertas para novos cursos on-line com temas de interesse do setor.

Sinduscon-MG oferece cursos para profissionais da construção civil

Volta às aulas X evasão escolar. O que esperar do mês de agosto?

Com a pandemia, Brasil sofre retrocesso e volta a ter o mesmo nível de evasão escolar de 20 anos atrás.

Volta às aulas X evasão escolar. O que esperar do mês de agosto?

Vende-se Gamificação, mas esquece do ensino

Os estudos sobre gamificação não surgiram no campo da educação, e sim no mundo coorporativo.

Vende-se Gamificação, mas esquece do ensino

Ensino básico presencial: importância do espaço escolar para a construção das oportunidades

A importância da educação para o desenvolvimento socioeconômico de um país é matéria de amplo conhecimento da sociedade.

Ensino básico presencial: importância do espaço escolar para a construção das oportunidades

O que o novo Ensino Médio tem a ensinar ao Enem?

A lição mais valiosa do Novo Ensino Médio para o Novo Enem envolve o protagonismo juvenil.

O que o novo Ensino Médio tem a ensinar ao Enem?

MEC autoriza desconto de 12% para dívidas sem atraso do Fies

Para ter o abatimento, é preciso fazer o pagamento à vista.

MEC autoriza desconto de 12% para dívidas sem atraso do Fies

40% do potencial das crianças é desperdiçado no ensino tradicional brasileiro

Modelo nórdico pode aprimorar resultados da educação formando pessoas e profissionais mais felizes e capazes.

40% do potencial das crianças é desperdiçado no ensino tradicional brasileiro

Oportunidade: mais de 100 vagas abertas para capacitação gratuita em programação e administração

Gerdau e Instituto Ser + oferecem o curso em Rio de Janeiro, Minas Gerais e Rio Grande do Sul. Entre os benefícios estão inclusos kit pedagógico e plano odontológico.