Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Cemig mapeia a produção e uso do hidrogênio verde

Cemig mapeia a produção e uso do hidrogênio verde

26/09/2023 Divulgação

Iniciativa dialoga com as práticas sustentáveis da Companhia e irá contribuir para o processo de descarbonização dos setores produtivos.

Cemig mapeia a produção e uso do hidrogênio verde

O Hidrogênio Verde (H2V) é considerado, por muitos especialistas, uma chave promissora para a transição energética, a descarbonização e a sustentabilidade. Buscando contribuir para o posicionamento estratégico de Minas Gerais no desenvolvimento de tecnologias para o H2V, a Cemig está executando um projeto inovador que pretende mapear as possibilidades de produção e uso do H2V no estado. A iniciativa faz parte do Inova Cemig, o programa de inovação desenvolvido pela Companhia que executa iniciativa inovadoras, financia projetos de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PDI Aneel) e acelera startups.

O objetivo do projeto, além de desenvolver uma metodologia para o planejamento estratégico do H2 Verde no contexto das empresas do setor elétrico, é a construção de um “roadmap” que irá nortear a difusão do H2V nos diversos setores produtivos das diferentes regiões do estado, considerando as particularidades dos vários segmentos. Os estudos tiveram início neste mês de setembro e a previsão é de que seja concluído no final de 2024. 

Para o diretor de Estratégia, Meio Ambiente e Inovação da Cemig, Maurício Dall’Agnese, iniciativas como essa corroboram com as práticas inovadoras já realizadas pela empresa e trazem novas perspectivas para o enfrentamento dos desafios que se apresentam no setor elétrico.

“Esse projeto compreende um panorama técnico e mercadológico, descrevendo o potencial e as oportunidades relacionados à disseminação da oferta e demanda do H2 Verde no mercado, enfocando os principais setores econômicos de Minas Gerais. O projeto permitirá a leitura de um cenário atual e em evolução, abordando as principais perspectivas de futuro”. 

O gestor também destaca a importância da utilização do hidrogênio verde como um vetor para a eletrificação e descarbonização da economia mineira. “A vantagem de aplicar o hidrogênio é que ele não emite gases poluentes, como o gás carbônico. Como combustível, seu uso pode trazer muitos benefícios para atividades de cargas mais pesadas, por exemplo, que hoje emitem uma quantidade alta de poluentes”, ressaltou.

Hidrogênio Verde

O Hidrogênio Verde (H2V) é um subproduto derivado da eletrólise, processo utilizado para isolar o hidrogênio do oxigênio em uma molécula de água. Esse processo é feito com uma corrente elétrica oriunda de fontes de energia limpas e renováveis, como as de matriz hidrelétrica, eólica, solar ou provenientes de biomassa, por exemplo. Ou seja, o H2V é carbono zero, pois ele é obtido sem emissão de gás carbônico (CO2).

Como fonte de energia renovável, o hidrogênio verde também conta com grande importância em razão de sua versatilidade, já que há a possibilidade de ser transformado em combustível ou em eletricidade. Nessa perspectiva, utilizá-lo como combustível é uma solução que reduziria o índice de emissão de gás carbônico na atmosfera, já que ele é extraído de fontes limpas e renováveis, contribuindo para o processo de descarbonização do planeta.

Referência em sustentabilidade

Referência em sustentabilidade no setor elétrico, a Cemig tem 100% do seu parque gerador advindo de fontes limpas e renováveis de energia. Além disso, a Companhia já emitiu cerca de 12 milhões de Certificados de Energia Renovável (RECs) para seus clientes no mercado livre de energia desde 2019. Essas certificações comprovam a utilização de energia limpa, renovável e rastreável que segue em total consonância com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU) relacionados à produção de energia e à preservação do meio ambiente.

Para mais informações sobre sustentabilidade clique aqui...

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Entre para o nosso grupo de notícias no WhatsApp

Fonte: Cemig



Minas atrai R$4 bilhões em investimentos em fontes alternativas

Hidrogênio verde, biodiesel de macaúba e biogás de resíduos são alguns dos projetos em curso que podem colocar o estado na liderança mundial em tecnologia de produção de energias limpas e renováveis.

Autor: Divulgação

Minas atrai R$4 bilhões em investimentos em fontes alternativas

Saiba se proteger de um perigo que vem do céu

De cada 50 mortes por raios no mundo, uma ocorre em solo brasileiro.

Autor: Divulgação

Saiba se proteger de um perigo que vem do céu

UFMG recebe inscrições para Especialização em Energias Renováveis – EAD

As aulas remotas acontecerão às terças, quartas e quintas; inscrições estão abertas até 3 de março.

Autor: Divulgação


Parceria vai fornecer energia renovável para salões de beleza

Iniciativa deve beneficiar cerca de 80 salões do interior de São Paulo; economia nas contas de luz ultrapassará R$ 600 mil.

Autor: Luiz Pacheco e Joana Fleury

Parceria vai fornecer energia renovável para salões de beleza

Hidrelétricas de pequeno porte permitem o crescimento da energia solar

Para poder crescer no Brasil e ser ambientalmente vantajosa, a energia solar precisa deixar de depender de usinas termelétricas fósseis para à noite compensar a falta de novas hidrelétricas.

Autor: Ivo Pugnaloni

Hidrelétricas de pequeno porte permitem o crescimento da energia solar

Armazenamento de energia é fundamental para transição energética

Sistemas de armazenamento são capazes de permitir o uso combinado de várias fontes de energia limpa, garantindo mais eficácia e segurança.

Autor: Carlos Eduardo Ribas

Armazenamento de energia é fundamental para transição energética

Como as empresas podem reduzir custos de energia e emissões de carbono

Grandes empresas gastam diretamente muito dinheiro em energia a cada ano – e milhões indiretamente, na cadeia de suprimentos, terceirização e logística.

Autor: Pedro Okuhara

Como as empresas podem reduzir custos de energia e emissões de carbono

São Paulo está instalando a maior usina solar flutuante do país

Na última quarta-feira (17), o governador Tarcísio de Freitas entregou a primeira etapa de implantação da Usina Fotovoltaica Flutuante de Araucária, na Represa Billings.

Autor: Divulgação

São Paulo está instalando a maior usina solar flutuante do país

Tecnologia ajuda a reduzir riscos por quedas de energia durante ondas de calor

Especialista explica como empresas podem se preparar para prevenir prejuízos causados pela oscilação de energia e temperatura.

Autor: Davi Lopes

Tecnologia ajuda a reduzir riscos por quedas de energia durante ondas de calor

Cemig dá dicas de economia de energia no período de férias escolares

Medidas simples podem evitar o aumento da fatura durante o mês de janeiro.

Autor: Divulgação

Cemig dá dicas de economia de energia no período de férias escolares

Governo pretende abrir mão de R$ 69 bilhões em investimentos e 540 mil novos empregos

Segundo avaliação da ABSOLAR, medida é fruto de pressão de fabricantes nacionais que querem políticas protecionistas.

Autor: Rodrigo Sauaia

Governo pretende abrir mão de R$ 69 bilhões em investimentos e 540 mil novos empregos

Queda de 40% no preço de painel solar melhora payback aos consumidores

Segundo levantamento do Portal Solar, barateamento da tecnologia fotovoltaica impulsionou redução do tempo de retorno do investimento entre 10% e 20% no País em 2023.

Autor: Rodolfo Meyer

Queda de 40% no preço de painel solar melhora payback aos consumidores