Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Governo e Congresso fecham questão em favor da energia solar fotovoltaica

Governo e Congresso fecham questão em favor da energia solar fotovoltaica

06/01/2020 Divulgação

Para a ABSOLAR, Projeto de Lei proposto por Jair Bolsonaro, com o apoio dos presidentes da Câmara e do Senado, beneficia o cidadão, gera empregos e acelera o crescimento do País.

Governo e Congresso fecham questão em favor da energia solar fotovoltaica

O anúncio nas redes sociais do presidente Jair Bolsonaro, com o apoio dos líderes do Congresso Nacional, em favor da energia solar no País, com a criação de um Projeto de Lei (PL), reflete uma união surpreendente entre os poderes Executivo e Legislativo pelo desenvolvimento da fonte solar fotovoltaica no Brasil.
 
O próprio presidente Bolsonaro afirmou ontem (domingo) que o PL é fruto de uma articulação entre o Executivo e o Legislativo, com o apoio dos presidentes da Câmara, Rodrigo Maia, e do Senado, Davi Alcolumbre. Em uma das postagens, Jair Bolsonaro disse que “o presidente da Câmara colocará em votação Projeto de Lei, em regime de urgência, proibindo a taxação da energia gerada por radiação solar. O mesmo fará o presidente do Senado. Caso encerrado.”
 
Bolsonaro afirmou ainda, em vídeo publicado mais cedo, que, se dependesse dele, não haveria cobrança sobre a energia solar no País. “É posição do presidente da República, no que depender de nós, não haverá taxação da energia solar”, declarou. O próprio Rodrigo Maia repercutiu em suas redes o vídeo do presidente Bolsonaro e afirmou que “concordo 100% com ele (presidente Bolsonaro) e vamos trabalhar juntos no Congresso contra a taxação da energia solar.”
 
Recentemente, o diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), André Pepitone, reconheceu a necessidade de alterações e melhorias no texto proposto pela entidade reguladora. Em entrevista recente ao site Megawhat, Pepitone afirmou que quaisquer mudanças regulatórias passariam a valer apenas para as novas conexões a partir de 2021, mantendo por 25 anos as regras vigentes para os consumidores que já investiram no sistema solar fotovoltaico.
 
Na avaliação de Rodrigo Sauaia, CEO da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR), o Projeto de Lei proposto por Jair Bolsonaro, com o apoio dos presidentes da Câmara e do Senado, beneficia o cidadão, gera empregos e acelera o crescimento do País. “Trata-se de iniciativa suprapartidária em prol do desenvolvimento econômico e sustentável do País, com geração de emprego e renda, atração de investimentos privados, redução de custos para famílias, empresas e produtores rurais, com mais liberdade de escolha para os consumidores”, comenta.
 
Para o presidente do Conselho de Administração da ABSOLAR, Ronaldo Koloszuk, promover a energia solar fotovoltaica é medida alinhada com as melhores práticas internacionais. “No Brasil, a fonte é cada vez mais acessível à população, de todas as faixas de renda, além de ser uma locomotiva de crescimento econômico. O mercado poderá gerar cerca 672 mil novos empregos aos brasileiros na microgeração e minigeração distribuída até 2035, com a manutenção das regras atuais”, conclui.

Veja abaixo o vídeo publicado ontem pelo presidente Jair Bolsonaro: 

Fonte: ABSOLAR



Amerisolar e MRV fecham parceria para inserção de energia solar em obras pelo país

Iniciativa vai gerar economia e sustentabilidade aos novos empreendimentos da construtora.

Amerisolar e MRV fecham parceria para inserção de energia solar em obras pelo país

Padarias de Minas implantam energia fotovoltaica para reduzir custos

Primeira usina de geração de energia solar destinada a padarias mineiras gera sustentabilidade e economia de até 15% na conta de luz.

Padarias de Minas implantam energia fotovoltaica para reduzir custos

Energia solar fotovoltaica ultrapassa 3 gigawatts em grandes usinas no Brasil

A fonte já representa mais de R$ 15,9 bilhões em novos investimentos acumulados privados no País nas grandes usinas.

Energia solar fotovoltaica ultrapassa 3 gigawatts em grandes usinas no Brasil

Consumo eficiente de energia pode ser saída para superar a crise

Com a retomada das atividades após meses de restrição ao funcionamento, empresas podem encontrar na eficiência energética um fôlego para o fluxo de caixa.

Consumo eficiente de energia pode ser saída para superar a crise

Brasil recebe projetos de energia eólica offshore

Equinor e Iberdrola planejam projetos de energia eólica offshore no Brasil.

Brasil recebe projetos de energia eólica offshore

Cadastro Positivo passará a receber dados dos consumidores de energia elétrica

Com as informações das concessionárias de energia elétrica, serão incluídos dados de aproximadamente 23 milhões de brasileiros no Cadastro Positivo.

Cadastro Positivo passará a receber dados dos consumidores de energia elétrica

Pesquisa indica que energia elétrica é cara ou muito cara para 84% dos brasileiros

Resultado mostra que 90% dos entrevistados gostariam de gerar sua própria energia em casa.

Pesquisa indica que energia elétrica é cara ou muito cara para 84% dos brasileiros

Nordeste registra três recordes de geração de energia eólica na mesma semana

Usinas eólicas em operação comercial estão espalhadas por oito estados brasileiros.

Nordeste registra três recordes de geração de energia eólica na mesma semana

Concessões de iluminação pública estruturadas pela Caixa vão a leilão

Feira de Santana (BA), Aracaju (SE) e Franco da Rocha (SP) vão receber investimentos de mais de R$ 570 milhões.

Concessões de iluminação pública estruturadas pela Caixa vão a leilão

Webinar gratuito sobre energia solar fotovoltaica

A Nexen realizará webinar gratuito visando capacitar seus integradores e atrair novos parceiros para atender sua crescente demanda nacional.


Cemig investe cerca de R$ 200 milhões para automatizar sistema elétrico

Equipamentos são fundamentais para o rápido restabelecimento dos clientes em ocorrências com a rede elétrica.

Cemig investe cerca de R$ 200 milhões para automatizar sistema elétrico

Leilão de eficiência energética: reduzir para ganhar

Em tempos de tantos impactos negativos da Covid-19, iniciativas para reduzir o custo da eletricidade são mais do que bem-vindas.

Leilão de eficiência energética: reduzir para ganhar