Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Governo e Congresso fecham questão em favor da energia solar fotovoltaica

Governo e Congresso fecham questão em favor da energia solar fotovoltaica

06/01/2020 Da Redação

Para a ABSOLAR, Projeto de Lei proposto por Jair Bolsonaro, com o apoio dos presidentes da Câmara e do Senado, beneficia o cidadão, gera empregos e acelera o crescimento do País.

Governo e Congresso fecham questão em favor da energia solar fotovoltaica

O anúncio nas redes sociais do presidente Jair Bolsonaro, com o apoio dos líderes do Congresso Nacional, em favor da energia solar no País, com a criação de um Projeto de Lei (PL), reflete uma união surpreendente entre os poderes Executivo e Legislativo pelo desenvolvimento da fonte solar fotovoltaica no Brasil.
 
O próprio presidente Bolsonaro afirmou ontem (domingo) que o PL é fruto de uma articulação entre o Executivo e o Legislativo, com o apoio dos presidentes da Câmara, Rodrigo Maia, e do Senado, Davi Alcolumbre. Em uma das postagens, Jair Bolsonaro disse que “o presidente da Câmara colocará em votação Projeto de Lei, em regime de urgência, proibindo a taxação da energia gerada por radiação solar. O mesmo fará o presidente do Senado. Caso encerrado.”
 
Bolsonaro afirmou ainda, em vídeo publicado mais cedo, que, se dependesse dele, não haveria cobrança sobre a energia solar no País. “É posição do presidente da República, no que depender de nós, não haverá taxação da energia solar”, declarou. O próprio Rodrigo Maia repercutiu em suas redes o vídeo do presidente Bolsonaro e afirmou que “concordo 100% com ele (presidente Bolsonaro) e vamos trabalhar juntos no Congresso contra a taxação da energia solar.”
 
Recentemente, o diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), André Pepitone, reconheceu a necessidade de alterações e melhorias no texto proposto pela entidade reguladora. Em entrevista recente ao site Megawhat, Pepitone afirmou que quaisquer mudanças regulatórias passariam a valer apenas para as novas conexões a partir de 2021, mantendo por 25 anos as regras vigentes para os consumidores que já investiram no sistema solar fotovoltaico.
 
Na avaliação de Rodrigo Sauaia, CEO da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR), o Projeto de Lei proposto por Jair Bolsonaro, com o apoio dos presidentes da Câmara e do Senado, beneficia o cidadão, gera empregos e acelera o crescimento do País. “Trata-se de iniciativa suprapartidária em prol do desenvolvimento econômico e sustentável do País, com geração de emprego e renda, atração de investimentos privados, redução de custos para famílias, empresas e produtores rurais, com mais liberdade de escolha para os consumidores”, comenta.
 
Para o presidente do Conselho de Administração da ABSOLAR, Ronaldo Koloszuk, promover a energia solar fotovoltaica é medida alinhada com as melhores práticas internacionais. “No Brasil, a fonte é cada vez mais acessível à população, de todas as faixas de renda, além de ser uma locomotiva de crescimento econômico. O mercado poderá gerar cerca 672 mil novos empregos aos brasileiros na microgeração e minigeração distribuída até 2035, com a manutenção das regras atuais”, conclui.

Veja abaixo o vídeo publicado ontem pelo presidente Jair Bolsonaro: 

Fonte: ABSOLAR



Energia acumulada por Itaipu abasteceria o mundo por 43 dias

Foram gerados 2,7 bilhões de megawatts-hora (MWh) ao longo de 35 anos.

Energia acumulada por Itaipu abasteceria o mundo por 43 dias

Serpentinas e confetes podem causar acidentes com a rede elétrica

Artefatos metálicos podem causar acidentes se forem arremessados à rede elétrica.

Serpentinas e confetes podem causar acidentes com a rede elétrica

Petrobras inicia venda de usinas eólicas

A presente divulgação está de acordo com as diretrizes para desinvestimentos da Petrobras.

Petrobras inicia venda de usinas eólicas

Energia solar vai gerar mais de 120 mil empregos no Brasil em 2020

Segundo a entidade, o setor trará mais de R$ 19,7 bilhões em novos investimentos e uma arrecadação de mais de R$ 5 bilhões no ano.

Energia solar vai gerar mais de 120 mil empregos no Brasil em 2020

Energia solar: quem tem ajuda quem não tem

É chegada a hora, portanto, do Brasil fazer as contas completas e construir um marco legal transparente, estável, previsível e justo.

Energia solar: quem tem ajuda quem não tem

Cemig orienta para segurança com a rede elétrica durante folia

Cuidados são fundamentais para evitar acidentes em desfiles e apresentações de blocos.

Cemig orienta para segurança com a rede elétrica durante folia

Aprenda a avaliar os desperdícios de energia elétrica no ar condicionado

Você sabia que nos setores comercial e de serviços o consumo do ar condicionado pode atingir até 50% do consumo total de uma edificação?

Aprenda a avaliar os desperdícios de energia elétrica no ar condicionado

Energia solar gera três vezes mais benefícios do que custos aos brasileiros

Setor rebate cálculos incompletos da Aneel e Ministério da Economia, incluindo na análise os ganhos para consumidores e sociedade.

Energia solar gera três vezes mais benefícios do que custos aos brasileiros

Idec recorre de decisão que mantém subsídios na conta de luz

Entidade contestou posição do TCU de permitir que consumidores paguem na conta de luz incentivos para setores e empresas que não têm relação com o setor de energia.


Angra 1 bate recorde de produção de energia em 2019

Energia poderia abastecer cidades como Belo Horizonte e Fortaleza.

Angra 1 bate recorde de produção de energia em 2019

Nota em resposta às afirmações do diretor-geral da Aneel de que o incentivo à energia solar gera aumento nas contas de luz

Esta argumentação cria confusão no entendimento do papel do produtor solar no mercado de energia elétrica.


Anel Rodoviário recebe nova iluminação

Uma das vias mais movimentadas de Belo Horizonte , o Anel Rodoviário Celso Melo de Azevedo está recebendo iluminação Led.

Anel Rodoviário recebe nova iluminação