Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Impacto das redes inteligentes no mercado livre de energia elétrica

Impacto das redes inteligentes no mercado livre de energia elétrica

16/02/2022 João Carlos de Souza Marques

Vinda de recursos renováveis, como a energia solar, a eletricidade gerada individualmente é mais sustentável.

Impacto das redes inteligentes no mercado livre de energia elétrica

As mudanças climáticas e a democratização cada vez maior da tecnologia têm fortalecido as discussões sobre descarbonização, descentralização e digitalização de todo o sistema de produção e distribuição de energia. Com isso, está crescendo a geração própria de eletricidade em empresas, edifícios e residências, tornando possível a comercialização da energia excedente.

Para acompanhar essa evolução, a necessidade de melhorar a confiabilidade e a eficiência das redes de distribuição é cada vez mais evidente, o conceito chamado smart grid é o caminho para a diminuição de tarifas, problemas técnicos, interrupções no fornecimento e maior segurança dos equipamentos envolvidos.

No início do ano passado, diversas movimentações foram feitas para acelerar o avanço do mercado livre de energia. Entre elas está o Preço de Liquidação das Diferenças em base horária (PLD horário), que permite existirem até 24 valores de PLD diferentes dentro de um mesmo dia – já que os montantes são publicados diariamente e não mais semanalmente.

Ações como essa fomentam a geração distribuída. Vinda de recursos renováveis, como a energia solar, a eletricidade gerada individualmente é mais sustentável. Além disso, ajuda a não sobrecarregar o sistema hidrelétrico, a maior fonte de eletricidade no Brasil atualmente. 

No entanto, ainda falta um longo caminho para que as concessionárias de energia consigam acompanhar esse avanço. Presas ao sistema tradicional de medição e de distribuição elétrica, elas ainda não conseguem gerir de maneira eficiente seus ativos. E há, ainda, questões econômicas, sociais e geográficas em jogo.

A tecnologia vem justamente para sanar esses obstáculos. Disponíveis no mercado mundial há mais de 20 anos – em países desenvolvidos, como a Austrália, a digitalização é amplamente integrada ao sistema elétrico há muitos anos –, as soluções digitais de smart grid ainda têm um longo caminho no Brasil. 

Isso porque, para se modernizar, o setor precisaria arcar com grandes investimentos que, por sua vez, são difíceis de se mostrar certeiros em retorno. Eles necessitam de uma segurança regulatória e de grande quantidade de trabalho, tendo em vista que o Brasil possui mais de 80 milhões de medidores instalados. Mas a falta de uma rede inteligente de distribuição pode fazer que o mercado livre de energia não cresça? A resposta é: não necessariamente.

O avanço da smart grid poderia, sim, incentivar ainda mais a compra e venda de energia. Mas, mesmo que em ritmos diferentes, tanto as redes inteligentes quanto o livre mercado estão evoluindo. Ambos, eventualmente, se complementarão cada vez mais. A ideia de gerar energia cada vez mais sustentável em sistemas que entregam qualidade, segurança e menores custos não está mais tão longe da realidade. O mercado está avançando e prestando cada vez mais atenção a esse tipo de iniciativa.

* João Carlos de Souza Marques é head de Digital Grid Sales para América do Sul.

Para mais informações sobre Energia Elétrica clique aqui...

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Fonte: RPMA Comunicação



Minas atrai R$4 bilhões em investimentos em fontes alternativas

Hidrogênio verde, biodiesel de macaúba e biogás de resíduos são alguns dos projetos em curso que podem colocar o estado na liderança mundial em tecnologia de produção de energias limpas e renováveis.

Autor: Divulgação

Minas atrai R$4 bilhões em investimentos em fontes alternativas

Saiba se proteger de um perigo que vem do céu

De cada 50 mortes por raios no mundo, uma ocorre em solo brasileiro.

Autor: Divulgação

Saiba se proteger de um perigo que vem do céu

UFMG recebe inscrições para Especialização em Energias Renováveis – EAD

As aulas remotas acontecerão às terças, quartas e quintas; inscrições estão abertas até 3 de março.

Autor: Divulgação


Parceria vai fornecer energia renovável para salões de beleza

Iniciativa deve beneficiar cerca de 80 salões do interior de São Paulo; economia nas contas de luz ultrapassará R$ 600 mil.

Autor: Luiz Pacheco e Joana Fleury

Parceria vai fornecer energia renovável para salões de beleza

Hidrelétricas de pequeno porte permitem o crescimento da energia solar

Para poder crescer no Brasil e ser ambientalmente vantajosa, a energia solar precisa deixar de depender de usinas termelétricas fósseis para à noite compensar a falta de novas hidrelétricas.

Autor: Ivo Pugnaloni

Hidrelétricas de pequeno porte permitem o crescimento da energia solar

Armazenamento de energia é fundamental para transição energética

Sistemas de armazenamento são capazes de permitir o uso combinado de várias fontes de energia limpa, garantindo mais eficácia e segurança.

Autor: Carlos Eduardo Ribas

Armazenamento de energia é fundamental para transição energética

Como as empresas podem reduzir custos de energia e emissões de carbono

Grandes empresas gastam diretamente muito dinheiro em energia a cada ano – e milhões indiretamente, na cadeia de suprimentos, terceirização e logística.

Autor: Pedro Okuhara

Como as empresas podem reduzir custos de energia e emissões de carbono

São Paulo está instalando a maior usina solar flutuante do país

Na última quarta-feira (17), o governador Tarcísio de Freitas entregou a primeira etapa de implantação da Usina Fotovoltaica Flutuante de Araucária, na Represa Billings.

Autor: Divulgação

São Paulo está instalando a maior usina solar flutuante do país

Tecnologia ajuda a reduzir riscos por quedas de energia durante ondas de calor

Especialista explica como empresas podem se preparar para prevenir prejuízos causados pela oscilação de energia e temperatura.

Autor: Davi Lopes

Tecnologia ajuda a reduzir riscos por quedas de energia durante ondas de calor

Cemig dá dicas de economia de energia no período de férias escolares

Medidas simples podem evitar o aumento da fatura durante o mês de janeiro.

Autor: Divulgação

Cemig dá dicas de economia de energia no período de férias escolares

Governo pretende abrir mão de R$ 69 bilhões em investimentos e 540 mil novos empregos

Segundo avaliação da ABSOLAR, medida é fruto de pressão de fabricantes nacionais que querem políticas protecionistas.

Autor: Rodrigo Sauaia

Governo pretende abrir mão de R$ 69 bilhões em investimentos e 540 mil novos empregos

Queda de 40% no preço de painel solar melhora payback aos consumidores

Segundo levantamento do Portal Solar, barateamento da tecnologia fotovoltaica impulsionou redução do tempo de retorno do investimento entre 10% e 20% no País em 2023.

Autor: Rodolfo Meyer

Queda de 40% no preço de painel solar melhora payback aos consumidores