Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Ainda não é o ano dos elétricos, mas as opções híbridas devem ganhar força

Ainda não é o ano dos elétricos, mas as opções híbridas devem ganhar força

22/03/2024 Divulgação

Trajetória dos elétricos enfrenta desafios, como custo e infraestrutura de recarga; por isso, veículos híbridos ainda lideram a preferência.

Ainda não é o ano dos elétricos, mas as opções híbridas devem ganhar força

O ano de 2023 foi um grande marco para a descarbonização da indústria automotiva no Brasil. Cerca de 94 mil unidades de veículos eletrificados foram licenciados, segundo a Associação Nacional das Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea). Este volume, que corresponde a aproximadamente 4,3% do total de veículos emplacados, foi o maior registrado até hoje no segmento. 

No entanto, embora muito se fale dos veículos totalmente elétricos, apenas 19,3 mil unidades desta modalidade foram emplacadas, enquanto os híbridos corresponderam a 74,6 mil. Entre eles, a principal diferença é o motor, já que os elétricos usam energia 100% elétrica, e os híbridos usam tanto combustíveis fósseis quanto eletricidade para o funcionamento. 

Para Tatiana Bonifácio, gerente da Gaudium, empresa de tecnologia com soluções para os setores de mobilidade e logística, veículos elétricos ainda têm importantes desafios para ultrapassar antes de se popularizarem. "A preocupação do setor automotivo com a sustentabilidade e a diminuição da emissão de gases CO₂ na atmosfera já é um movimento em crescimento no Brasil, mas o custo dos carros e as poucas estações de recargas são ainda os principais impeditivos dessa movimentação", diz.

De acordo com a Anfavea, espera-se que sejam emplacados 142 mil unidades de veículos eletrificados este ano, sendo 117,9 mil híbridos e 24,1 mil de elétricos. No que tange a mobilidade urbana, ações para a descarbonização da indústria já estão em andamento, como é o caso da 99, que no ano passado lançou uma frota de elétricos para realizar o transporte de passageiros. 

Para Bonifácio, olhando o cenário geral das plataformas de corridas de passageiros e saindo das grandes capitais, este ainda não deverá ser o ano dos elétricos, mas as perspectivas já são melhores para os híbridos. "Além do custo, a falta de suporte em regiões interioranas faz com que o interesse pelos veículos 100% elétricos ainda seja baixo. No entanto, veículos híbridos podem ser mais atraentes a partir do olhar sustentável, e pela autonomia superior que desempenham", pondera. 

Para mais informações sobre veículos elétricos clique aqui...

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Entre para o nosso grupo de notícias no WhatsApp



Escassez global de motoristas de caminhão: desafios e soluções

A escassez de motoristas de caminhão é um problema crônico que afeta o setor de transporte rodoviário em todo o mundo.

Autor: Marcos Villela Hochreiter

Escassez global de motoristas de caminhão: desafios e soluções

O que podemos aprender com os novos padrões de emissões dos EUA?

O que podemos aprender com essas novas regras?

Autor: Marcos Villela Hochreiter

O que podemos aprender com os novos padrões de emissões dos EUA?

Sinais de problemas no coxim do motor

Vibração na carroceria do veículo é um dos indícios que podem indicar comprometimento da peça.

Autor: Divulgação

Sinais de problemas no coxim do motor

Scania apresenta novo caminhão elétrico com autonomia de 520 km

A sustentabilidade é um pilar central nessa transição para a eletrificação.

Autor: Marcos Villela Hochreiter

Scania apresenta novo caminhão elétrico com autonomia de 520 km

Dupla direção, dupla eficiência: o novo caminhão de Bombeiros

Não é foto montagem com IA e nem “fake news”.

Autor: Marcos Villela Hochreiter

Dupla direção, dupla eficiência: o novo caminhão de Bombeiros

Fatores que interferem na vida útil das pastilhas de freio

Vida útil está ligada à forma de condução e local que o veículo trafega.

Autor: Divulgação

Fatores que interferem na vida útil das pastilhas de freio

Programa de incentivo à descarbonização transforma o papel do setor automotivo

A eficiência energética também impulsionará um novo entendimento por parte do consumidor e estará mais alinhada com os padrões internacionais de avaliação e taxação.

Autor: Stela Kos

Programa de incentivo à descarbonização transforma o papel do setor automotivo

Futuro das estradas: o avanço do hidrogênio em veículos comerciais e de passeio

Futuro das estradas: conheça neste artigo os estágios atuais do desenvolvimento de veículos movidos.

Autor: Eustáquio Sirolli

Futuro das estradas: o avanço do hidrogênio em veículos comerciais e de passeio

Scania vai implantar transporte autônomo com presença de motorista

O sistema SuperDrive é uma solução robusta que promete transformar a maneira como interagimos com nossos veículos.

Autor: Marcos Villela Hochreiter

Scania vai implantar transporte autônomo com presença de motorista

Curso Presencial: Gestão Estratégica de Transporte – Capacite-se para o Futuro!

A Fabet-SP informa que estão abertas as inscrições para o curso presencial “Gestão Estratégica de Transporte, 1ª Edição de 2024”.

Autor: Marcos Villela Hochreiter


Sebrae Minas lança campanha “Nós usamos etanol”

Uso exclusivo do biocombustível vai reduzir em cerca de 60% a emissão de gases de efeito estufa pelos veículos da instituição.

Autor: Divulgação

Sebrae Minas lança campanha “Nós usamos etanol”

Pacto pela segurança viária: nova iniciativa conjunta para salvar vidas

Com a vigência de 60 meses, o “Pacto pela Segurança Viária” não apenas visa salvar vidas no curto prazo, mas também estabelecer um legado de segurança nas estradas brasileiras.

Autor: Marcos Villela Hochreiter

Pacto pela segurança viária: nova iniciativa conjunta para salvar vidas