Portal O Debate
Grupo WhatsApp

7 dicas para fazer um detox e diminuir sua ansiedade

7 dicas para fazer um detox e diminuir sua ansiedade

14/01/2022 Divulgação

Essas são estratégias simples que podem ser adotadas por qualquer pessoa, mas não substituem a avaliação médica.

7 dicas para fazer um detox e diminuir sua ansiedade

Você pode não saber, mas o processo “detox” é natural do nosso corpo. O que acontece é que, às vezes, ele fica sem matéria-prima e muito cansado para fazer essa “faxina” no metabolismo. “Toxinas geradas pela poluição, má alimentação e medicamentos desnecessários em excesso. Tudo isso acaba diminuindo nossa qualidade de vida, gerando dores de cabeça, dores musculares, alergias alimentares, problemas intestinais, baixando nossa imunidade, desenvolvendo doenças autoimunes, desequilibrando nossos hormônios, interferindo, assim, no sono, TPM e emagrecimento, além de aumentar a nossa ansiedade”, elucida a nutricionista e pesquisadora, Aline Quissak. Mas, não se desespere! Tem como melhorar tudo isso através da alimentação terapêutica e algumas estratégias complementares:

1) Consuma suco de acerola. A acerola é uma fruta das mais anti-inflamatórias e revigorantes, ela vai ajudar seu organismo a trabalhar melhor e diminuir a inflamação causada pelo estresse e ansiedade. 

2) Beba chás relaxantes (Melissa, passiflora, camomila e calêndula). Nada como um chazinho antes de dormir, né? Ele relaxa, acalma e ainda te ajuda a dormir melhor, fazendo com que seu corpo melhore também a detox que é feita durante a noite.

3) Deixe seu prato mais colorido. Aliás, quanto mais colorido, melhor! Assim, você vai ter mais nutrientes ajudando o seu corpo a trabalhar. Para ajudar nos sintomas da ansiedade, aposte em alimentos roxos, laranjas e verdes. 

4) Cuide das suas emoções! Essa não é uma dica nutricional, mas é superimportante para o seu corpo. Terapia, ioga, meditação, atividade física, tudo isso vai complementar o cuidado que você está tendo com a sua alimentação.

5) Cuide do seu intestino. Você já deve ter ouvido que “o intestino é o nosso segundo cérebro”. E é mesmo. Quando ele não funciona, nada funciona direito. Evite industrializados, corantes, conservantes e aumente o consumo de fibras.

6) Cuide do seu sono. Ele é fundamental nessa tarefa. Além dos chás relaxantes, crie o seu ritual antes de dormir: use olhos essenciais, desligue os aparelhos eletrônicos pelo menos 30min antes de dormir, e se puder, faça um lanchinho da noite (1 xícara de chá de melissa, com 1 banana e 2 castanhas do Pará). Essa combinação além de diminuir a ansiedade, ainda auxilia na produção da melatonina, hormônio do sono

7) Movimente-se! Sim, você já deve estar cansando de ouvir, mas atividade física é muito importante para o controle da nossa ansiedade e seus sintomas no nosso corpo. A recomendação é de pelo menos 40 minutos por dia de caminhada moderada. Não gosta de caminhar? Nade, jogue bola, faça alguma luta, o que você quiser, o importante é se mexer. Aline lembra, ainda, que essas são apenas algumas estratégias para ajudar no controle da ansiedade, mas cada caso é um caso e precisa ser analisado por um médico. “A ansiedade faz parte do ser humano. O problema é quando ela começa a afetar a nossa saúde como um todo e, por consequência, a nossa qualidade de vida. Essas são apenas algumas dicas, que não substituem a avaliação médica pois cada caso é um caso e deve ser tratado de forma individual”, finaliza.

Para mais informações sobre Ansiedade clique aqui...

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Fonte: Reversa Comunicação



O valor de um abraço

Livro de poesias nasce em homenagem aos milhões de abraços perdidos durante a pandemia de Covid-19.


4 situações para usar a imaginação como ferramenta de transformação

O cérebro não reconhece a diferença entre o pensamento e a realidade.

4 situações para usar a imaginação como ferramenta de transformação

Epidemia do coronavírus acelera epidemia de obesidade infantojuvenil

O ganho de peso entre crianças e adolescentes dá sinais de alerta global há algumas décadas.

Epidemia do coronavírus acelera epidemia de obesidade infantojuvenil

Troco Solidário Havan beneficia mais de 140 instituições

Somente no primeiro semestre de 2022, foram arrecadados mais de R$ 6 milhões nas lojas da rede.


O ego e outras drogas

Acho muito pouco elegante usar a si mesmo como referência ou um autor citar uma frase de sua própria autoria para exemplificar algo.

O ego e outras drogas

Pé chato em crianças a partir dos 7 anos deve ser avaliado por especialistas

Cerca de 4% das crianças não desenvolvem o arco plantar e podem ter problemas nos membros inferiores na vida adulta.

Pé chato em crianças a partir dos 7 anos deve ser avaliado por especialistas

O perigo de quedas e a prevenção de acidentes domésticos com idosos

O aumento da expectativa de vida nos últimos anos aumentou, e como consequência, tivemos um crescimento significativo de idosos.

O perigo de quedas e a prevenção de acidentes domésticos com idosos

Havan contempla mais 16 projetos sociais e culturais por meio de leis de incentivos

No segundo trimestre de 2022, varejista destinou mais de R$ 1,6 milhão aos projetos de lei federal.

Havan contempla mais 16 projetos sociais e culturais por meio de leis de incentivos

Atividades para acalmar crianças autistas

Lidar com as emoções nem sempre é fácil.

Atividades para acalmar crianças autistas

Por que se desconectar da internet?

É comum querermos proteger e privar crianças e adolescentes do uso constante do celular.

Por que se desconectar da internet?

Dia mundial dos avós

Neste domingo, 24 de julho de 2022, comemoramos o II Dia Mundial dos Avós.

Dia mundial dos avós

Joanete pode afetar até 30% das mulheres na fase adulta da vida

O hálux valgo, mais conhecido como “joanete” é uma das deformidades mais comuns dos pés.

Joanete pode afetar até 30% das mulheres na fase adulta da vida