Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Os desafios de família, professores e alunos em tempos de pandemia

Os desafios de família, professores e alunos em tempos de pandemia

23/12/2020 Fabiana Kadota Pereira

No processo de ensino/aprendizagem sempre foi difícil definir os papéis da escola e da família.

Os desafios de família, professores e alunos em tempos de pandemia

As inúmeras tarefas, trabalhos e avaliações devem ser retomados em casa, entretanto, podemos observar que se configuram duas situações distintas e igualmente problemáticas: de um lado a omissão de alguns responsáveis, de outro a superproteção em realizar as atividades pela criança.

Pelo lado da escola, o pensamento de muitas professoras acaba focado no simples desempenhar do papel docente de “ensinar algo a alguém” e, nesse caso, estamos falando de um “algo” acadêmico – curricular. Sem dúvida, este é um dilema, no qual os papeis nem sempre são desempenhados a favor da criança.

Com a chegada da pandemia e as orientações de isolamento social, as famílias tiveram que assumir de forma abrupta a tarefa de ensinar, antes vista como papel exclusivo da escola por muitos pais. Uma experiência que vem causando muitas reflexões e “confusões”, principalmente no que tange os aspectos emocionais. A arte de ensinar requer paciência, didática e conhecimento. Na contramão disto, temos mães estressadas, no seu limite, e crianças assustadas, confusas e isoladas. Mais traumas e angústia somados aos outros que a situação de distanciamento social vem provocando.

Do outro lado da “telinha”, professores se reinventando, aprendendo a ensinar pelas redes sociais e plataformas digitais, de forma remota sem o contato físico. De uma hora para outra, a educação a distância passou a ser a única possibilidade para professores que nunca haviam tido contato com esta modalidade de ensino. Um grande desafio para todos: os que ensinam, os que auxiliam e os que aprendem.

O que podemos esperar da era pós-pandemia? Quais as expectativas para o que estão chamando de um “novo-novo”? Será que teremos professores mais flexíveis e atentos aos limites de seus alunos? Será que encontraremos pais mais atenciosos e sensíveis ao aprendizado das crianças? E o estudante? Será que após essa experiência retornará para suas rotinas escolares mais comprometido e protagonista do seu aprendizado?

Muitas são as dúvidas sobre o rumo que a educação básica tomará após a retomada do que conhecemos como “normal”. O que podemos afirmar é que, no ano de 2020, a educação passou por uma grande transformação, que envolveu de forma direta professores, alunos e familiares.

Torçamos para que o que poderia ser um jogo de empurra-empurra entre escola e família se torne um ponto de partida para a revisão dos papéis e a construção de uma parceria e apoio mútuo entre pais e educadores. Que tenhamos como legado desta pandemia para a educação, professores mais tolerantes, pais mais comprometidos e estudantes mais interessados.

* Fabiana Kadota é especialista em recreação e lazer, professora da área de Linguagens Cultural e Corporal, nos cursos de Licenciatura e Bacharelado em Educação Física do Centro Universitário Internacional Uninter.

Fonte: Pg1 Comunicação



Vlibras amplia em mais de 30% o número de sinais em 2 anos

Sistema de tradução do português para Libras conta com 21 mil sinais.

Vlibras amplia em mais de 30% o número de sinais em 2 anos

Inep divulga gabaritos oficiais do Enem 2021

Exame teve mais de 3,1 milhões de inscritos.

Inep divulga gabaritos oficiais do Enem 2021

Matrícula e mensalidade escolar: hora de buscar bons descontos

O planejamento na hora de definir sobre a matrícula em uma escola deve levar em conta diversos pontos, que vão além das questões geográficas e financeiras.

Matrícula e mensalidade escolar: hora de buscar bons descontos

Empreendedorismo na escola: aprendizagem por meio de erros

Novos modelos de negócios são criados a todo momento e a demanda on-line cresce aceleradamente.

Empreendedorismo na escola: aprendizagem por meio de erros

Aluna se inspira nos próprios aparelhos auditivos para escrever livro sobre inclusão

Estudante que convive com uma condição auditiva e neurológica atípica reflete acerca da aceitação e da discriminação no livro que produziu em programa literário realizado pela escola.

Aluna se inspira nos próprios aparelhos auditivos para escrever livro sobre inclusão

Faop será expandida para Guaxupé, no Sul de Minas

Presença da fundação estadual no município vai garantir formação qualificada em cursos de restauro.


A importância da educação em momentos de crise

A educação, que não teve tanto foco como as outras pastas, também foi diretamente impactada por essa crise.

A importância da educação em momentos de crise

Metaverso: a nova fronteira do ensino

Metaverso trata-se de envolver-se em espaços virtuais compartilhados, manifestados como ambientes 3D ou de realidade virtual imersiva.

Metaverso: a nova fronteira do ensino

Desatenção na sala de aula: uma solução para este problema constante

Nas escolas, são frequentes os relatos dos professores sobre os olhares dos estudantes “se perdem”, diante das explicações.

Desatenção na sala de aula: uma solução para este problema constante

Samsung anuncia vencedores da 8ª edição do Solve For Tomorrow

Programa busca desenvolver soluções inovadoras para Ciências, Tecnologia, Engenharia e Matemática.

Samsung anuncia vencedores da 8ª edição do Solve For Tomorrow

Aumenta interesse de estudantes por ensino superior, diz pesquisa

Estudo foi encomendado por instituições privadas de educação superior.

Aumenta interesse de estudantes por ensino superior, diz pesquisa

“Round 6” e a saúde emocional de nossos jovens

Jogos tradicionais e brincadeiras infantis são uma parte fundamental da cultura de um povo.

“Round 6” e a saúde emocional de nossos jovens