Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Autocuidado na luta contra o câncer de mama

Autocuidado na luta contra o câncer de mama

21/10/2022 Hézio Jadir Fernandes Júnior

Estamos passando pelo principal mês de conscientização a respeito dos cuidados de prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama.

Com esse objetivo, a campanha Outubro Rosa foi criada em 1990 e, há mais de 30 anos, tem foco total no estímulo à atenção e ao autocuidado feminino.

O câncer de mama é o tipo que mais atinge mulheres no mundo todo – embora também acometa homens a uma taxa de 1%.

Entre mulheres, de acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA), em 2020 foram registrados cerca de 2,3 milhões de casos em nível global.

No Brasil, foram mais de 66 mil novos casos em 2021. Sem dúvida, são números alarmantes que mostram a urgência de ações perenes de conscientização.

O primeiro passo para uma mulher consciente de si e da própria saúde é o autocuidado. É essencial que ela mantenha uma rotina anual de consultas e exames preventivos, principalmente se houver casos de câncer de mama – em homens ou mulheres – ou de ovário na família.

Além disso, é fundamental que ela se toque, que conheça bem todas as partes do próprio corpo, e as mamas merecem atenção especial.

Vale lembrar que o autocuidado deve incluir alguma dedicação à saúde mental, pois quando há o diagnóstico, fatores como ansiedade e depressão tendem a ser amplificados, atrapalhando consideravelmente o tratamento.

As mulheres devem permanecer sempre atentas a sinais suspeitos como o surgimento de caroços (nódulos), geralmente endurecidos, fixos e indolores; pele da mama avermelhada ou parecida com casca de laranja, alterações no mamilo e bico do seio e eventual excreção de líquido dos mamilos. Também podem aparecer pequenos nódulos no pescoço ou na região embaixo dos braços, nas axilas.

Em paralelo à mamografia periódica a partir dos 50 anos, se algum desses sintomas surgir, é hora de procurar ajuda médica - geralmente, quando o nódulo chega a uma dimensão em que pode ser apalpado, é sinal de que já evoluiu e poderia ter sido descoberto em exames de rotina. Lembre-se: as chances de cura podem chegar a 95% nos casos em que a doença é diagnosticada precocemente.

Apesar dos fatores de risco mais significativos não dependerem de hábitos ou ações de prevenção, como é o caso da genética ou idade, há medidas que auxiliam muito na prevenção do câncer de mama, como a redução no consumo de álcool, a prática regular de exercícios físicos e o controle do peso.

O INCA estima que pode haver uma diminuição de 13% em incidência do câncer de mama se as mulheres adotarem hábitos mais saudáveis. Outra forma importante de evitar a doença é amamentar.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), a mulher que amamenta durante um ano tem 4,3% menos chances de desenvolver tumores nas mamas.

O autocuidado, o autoconhecimento, uma rotina de consultas e exames, atenção à saúde mental e a prática de exercícios físicos regulares são iniciativas que, no fundo, deveriam ser adotadas por todas as pessoas.

Porém, para mulheres maduras, elas podem fazer uma grande diferença em casos de câncer de mama, seja na prevenção, no diagnóstico precoce ou mesmo em um processo de tratamento.

É disso que trata a campanha Outubro Rosa: o diagnóstico precoce é, com certeza, a melhor solução na luta contra o câncer de mama, mas ele não atua sozinho.

A mulher deve poder cuidar de sua saúde global, ter acesso a especialistas e à realização de exames periódicos e alimentação adequada, e essas são questões que envolvem toda a sociedade e as políticas públicas.

Somente assim, em com iniciativas que envolvam as mulheres, a sociedade e os governos, vamos conseguir reduzir os impactos que o câncer de mama ainda causa no mundo.

* Hézio Jadir Fernandes Júnior é oncologista e professor do curso de Medicina da Universidade Santo Amaro – Unisa.

Para mais informações sobre câncer de mama clique aqui…

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Fonte: Unisa



5 dicas para encontrar o seu caminho e alavancar a sua carreira

Lideranças femininas estão cada vez mais presentes no cotidiano das empresas.

Autor: Mayra Cardozo

5 dicas para encontrar o seu caminho e alavancar a sua carreira

Empresas unem forças para criar produtos de alimentação e beleza

Em uma iniciativa pioneira em prol da equidade na apicultura, a Bee2be anunciou parcerias estratégicas com empresas lideradas por mulheres.

Autor: Divulgação

Empresas unem forças para criar produtos de alimentação e beleza

59% das mulheres empreendedoras faturam até R$2.500 por mês

Pesquisa revela ainda que 17% faturam até R$ 5 mil, 98% das empreendedoras são das classes D e E e 82% são mulheres negras.

Autor: Divulgação

59% das mulheres empreendedoras faturam até R$2.500 por mês

Sula Miranda apresenta plataforma de compra e venda de caminhões

A Quero Truck planeja expandir sua atuação para incluir serviços, peças, insumos e atividades financeiras no futuro.

Autor: Frota News

Sula Miranda apresenta plataforma de compra e venda de caminhões

Estão abertas as inscrições para a Feira Mulheres de Minas

Interessadas têm até o próximo dia 19 para manifestar desejo de participar do evento, que integra o Sempre Vivas 2024.

Autor: Divulgação


Empreendedoras: dicas para evitar cansaço mental

Um dos desafios mais comuns enfrentados pelas mulheres empreendedoras é a dificuldade em estabelecer limites claros entre trabalho e vida pessoal.

Autor: Carla D’Elia

Empreendedoras: dicas para evitar cansaço mental

Eduardo Costa lança App de mobilidade urbana exclusivo para mulheres

O RepMov Mulher, uma opção dedicada à segurança e liberdade de escolha, tanto para passageiras, quanto para motoristas.

Autor: Divulgação

Eduardo Costa lança App de mobilidade urbana exclusivo para mulheres

Novos critérios de igualdade salarial entre homens e mulheres

Apesar dos significativos avanços no mercado de trabalho percebidos nos últimos anos, o IBGE ainda aponta disparidades na remuneração das mulheres.

Autor: Anna Carolina Gogolla Kalmus 

Novos critérios de igualdade salarial entre homens e mulheres

3 iniciativas que impulsionam a participação feminina na tecnologia

Apesar de avanço, gap de gênero no setor de tecnologia ainda é considerável; presença feminina representa apenas 23%.

Autor: Divulgação

3 iniciativas que impulsionam a participação feminina na tecnologia

Como criar soluções para o público feminino e gerar resultados positivos?

O mercado de trabalho e o mundo como um todo está em constante transformação.

Autor: Carolina Gilberti

Como criar soluções para o público feminino e gerar resultados positivos?

Mulher negra e os desafios no mercado de trabalho

A representatividade das mulheres no mercado de trabalho é uma questão cada vez mais presente na agenda de diversidade das empresas.

Autor: Claudia Perazio

Mulher negra e os desafios no mercado de trabalho

Mulheres no transporte: desafios e oportunidades em diferentes operações

O transporte rodoviário de cargas, um pilar estratégico para a economia brasileira, movimenta mais de 60% das mercadorias no mundo, desempenhando papel crucial também no Brasil.

Autor: Marcos Villela Hochreiter

Mulheres no transporte: desafios e oportunidades em diferentes operações