Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Mulheres na tecnologia: 6 áreas promissoras no mercado tech

Mulheres na tecnologia: 6 áreas promissoras no mercado tech

08/03/2022 Divulgação

De marketing online a líder de startup, mulheres conquistam cada vez mais espaço no setor.

Mulheres na tecnologia: 6 áreas promissoras no mercado tech

Lugar de mulher é onde ela quiser, especialmente na área de tecnologia. Programação, tecnologia da informação, business intelligence, desenvolvimento de novos produtos e marketing online são alguns dos diversos setores em que as mulheres se destacam com grandes contribuições.

E para quem quer ingressar na área, separamos uma lista com seis profissionais que explicam sobre a sua carreira e seu dia a dia. Confira:

Marketing online
Glaucia Hora é gerente de marketing da CM.com, empresa holandesa recém-chegada ao Brasil. Glaucia combina suas habilidades únicas em marketing com sua paixão por usar a tecnologia. “Eu fui parar no mercado de tecnologia por ter tido uma vivência de morar e estudar fora e ao acompanhar a tendência de outros mercados que estavam à frente do Brasil percebi que tinha muita oportunidade para trabalhar neste ramo. Não sabia ao certo qual o tipo de tecnologia, mas tinha preferência para empresas que ofereciam soluções na nuvem e softwares”, afirma.

A especialista conta que traçou o objetivo de trabalhar com tecnologia e a partir disso se candidatava apenas para vagas que tivessem a ver com o seu propósito. “Eu sempre fui muito objetiva e sonhadora. Por vim de uma família humilde não tinha muitas pessoas como referência, mas a minha mãe sempre me ensinou a correr atrás dos meus sonhos por meio de muito trabalho, estudo e foco”, comenta Glaucia. Sempre atenta às novas demandas, Glaucia afirma que se mantém atualizada sobre novas tecnologias e inovações que vão desde Artificial Intelligence, Internet das Coisas (IoT), Chatbot, Machine Learning, Blockchain, CDP (Customer Data Platform) até Metaverso.

Entre as demandas diárias, Hora é responsável por liderar a estratégia geral de marketing para o Brasil em campanhas de Field Marketing, Geração de Demanda, Partner Marketing e Brand Awareness. Além disso, atua diretamente com o gerenciamento de campanhas 360°, sendo 100% digitais em todas as principais plataformas e canais de mídias sociais, elabora análises de mercado e tendências, além de desempenhar suporte consultivo gerencial e prospecção de novos leads.

Líder de marketing e mãe ao mesmo tempo
Head de Marketing na Sinqia, líder em softwares e inovação para o setor financeiro no Brasil, Renata Marini tem histórico extenso em empresas de tecnologia e entende bem como é atuar em um setor majoritariamente masculino. Formada em Administração de Empresas, ingressou como estagiária na IBM e por lá permaneceu por 14 anos. Renata alçou grandes voos dentro da empresa, chegando à posição de Gerente de Marketing LATAM. Após sua longa passagem por uma empresa de TI, a Head de Marketing decidiu vivenciar outros desafios. Ainda dentro do Marketing, migrou para o segmento de Turismo, mas a pandemia fez com que Renata mudasse seus planos “O setor sofreu muito por conta da Covid-19, e optei por retornar para o TI, segmento no qual tenho expertise e uma grande paixão”, comenta.

Na Sinqia desde 2020, Renata celebra por fazer parte de uma grande empresa nacional e com estratégia acelerada de crescimento. “É fascinante fazer parte de uma companhia que está na contramão do mercado - contratando, crescendo e se consolidando como líder.” A Head ainda reforça que trabalhar em regime home office fez toda a diferença, pois engravidou logo após sua contratação. Hoje, é mãe do Fernando, também conhecido como Fefo, de 9 meses.

Expansão do negócio
Para a chegada da Tembici, líder em tecnologia para micromobilidade na América Latina, a novas praças e ampliação de novos negócios, de forma estruturada e com uma pauta muito embasada em estudos e análises, Marina Melemendjian assumiu recentemente como CGO (Chief Growth Office). O cargo foi criado devido ao crescimento, somado à previsão de ainda mais aceleração da empresa em 2022. O novo modelo de gestão é focado na interconexão entre as áreas da empresa.

“O principal desafio da posição de CGO, principalmente atuando no segmento de tecnologia para micromobilidade e em uma empresa em hipercrescimento como a Tembici, está muito ligado à execução. As novas ideias e oportunidades são inúmeras e, neste contexto, é fundamental garantirmos a tomada de decisão baseada em dados, além da qualidade de entrega e execução desses projetos dentro das expectativas futuras”, explica a executiva.

Presença feminina em meio aos números e tabelas
Sócia e diretora comercial da fintech CashU, Natalia Alexandria começou a trabalhar desde os 14 anos. Em 2003, a executiva ingressou no mercado financeiro, onde trabalhou por 10 anos, com passagens em renomados bancos, atuando até em um grupo financeiro de Toronto e algumas fintechs, e desde então a sua jornada segue neste segmento, conhecido pela forte presença masculina.

“Fiz duas migrações na minha vida. A primeira quando o mercado financeiro tradicional estava passando por uma crise, e o ecossistema de inovação no Brasil estava em crescimento. Aproveitei esse momento para me recolocar profissionalmente e agregar meus conhecimentos ao mercado financeiro e o que adquiri na área comercial em Fintech. A segunda migração aconteceu mais recentemente, quando fiz a escolha de voltar para o mercado tradicional, porém após 10 meses a falta de dinamismo, de representatividade, de agilidade, e de inovação me fizeram retornar para o ecossistema de inovação integrando ao time da CashU. Toda a minha trajetória foi inspirada na minha mãe que sempre foi um sinônimo de empoderamento feminino para mim e fui atrás em tudo aquilo que converse com a minha história, com valores que acredito. Hoje eu posso dizer que estou onde eu sempre quis pelos meus méritos e não pelo meu gênero”, pontua Natalia.

Meio de pagamento para negócios digitais
Betina Wecker é co-fundadora e VP de Novos Negócios na Appmax, startup gaúcha que oferece um conjunto de soluções feitas para maximizar os resultados de negócios digitais. Com o olhar voltado para transformar a vida de milhares de empreendedores digitais, a jovem gaúcha sempre se arriscou para conseguir chegar até o seu momento atual.

Ao lado de seu irmão, Betina fundou seu primeiro e-commerce voltado para a área de beleza e com faturamento de R$ 150 milhões com seus e-commerces percebeu um déficit no mercado em que estava atuando e  decidiu criar sua  própria plataforma de pagamentos online. Betina é a mulher à frente da fintech que com apenas três anos de história já atingiu a marca de mais 12 mil sites atendidos e R$ 1 bilhão transacionados. "Empreender sempre esteve na minha mente, durante todos esses anos precisei enfrentar os desafios por ser mulher, ser jovem e ainda assim estar inserida em um universo comandado por homens.

Diariamente, temos a missão de desconstruir a ideia e mostrar que tem espaço no mercado para aquelas que estão dispostas a não se apegarem nas limitações impostas, mas sim em fazer o seu melhor e atingir seu máximo potencial. Fico imensamente feliz em ver o crescimento no número de mulheres que estão na liderança de grandes corporações. O futuro é nosso e está cada vez mais perceptível", comenta Betina Wecker.

Liderança feminina no setor da construção civil
A tecnologia sempre esteve presente na carreira de Iris Freund, atuando como diretora de marketing na Tul, startup colombiana que acabou de desembarcar no Brasil com o objetivo de ser a principal plataforma de comércio eletrônico B2B que otimiza a cadeia de suprimentos de materiais de construção em mercados emergentes. Nos últimos oito anos, Iris foi a responsável por operacionalizar a área de marketing, desenvolvendo estratégias de posicionamento capazes de tornar as empresas em que atuava como líderes no mercado B2B e B2C.  Em experiências anteriores, liderou as operações da Uber e também do WeWork. Na Uber, foi a primeira contratada no Brasil com a missão de iniciar a operação e auxiliar no crescimento, conquistando um aumento de zero a 1 milhão de corridas por semana em pouco tempo. Hoje, é responsável por toda a área de comunicação da Tul e deseja realizar com a construtech o mesmo feito de suas experiências anteriores, auxiliando e promovendo um crescimento ainda maior em sua operação.

Para mais informações sobre tecnologia clique aqui.

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Fonte: VCRP Brasil



5 dicas para encontrar o seu caminho e alavancar a sua carreira

Lideranças femininas estão cada vez mais presentes no cotidiano das empresas.

Autor: Mayra Cardozo

5 dicas para encontrar o seu caminho e alavancar a sua carreira

Empresas unem forças para criar produtos de alimentação e beleza

Em uma iniciativa pioneira em prol da equidade na apicultura, a Bee2be anunciou parcerias estratégicas com empresas lideradas por mulheres.

Autor: Divulgação

Empresas unem forças para criar produtos de alimentação e beleza

59% das mulheres empreendedoras faturam até R$2.500 por mês

Pesquisa revela ainda que 17% faturam até R$ 5 mil, 98% das empreendedoras são das classes D e E e 82% são mulheres negras.

Autor: Divulgação

59% das mulheres empreendedoras faturam até R$2.500 por mês

Sula Miranda apresenta plataforma de compra e venda de caminhões

A Quero Truck planeja expandir sua atuação para incluir serviços, peças, insumos e atividades financeiras no futuro.

Autor: Frota News

Sula Miranda apresenta plataforma de compra e venda de caminhões

Estão abertas as inscrições para a Feira Mulheres de Minas

Interessadas têm até o próximo dia 19 para manifestar desejo de participar do evento, que integra o Sempre Vivas 2024.

Autor: Divulgação


Empreendedoras: dicas para evitar cansaço mental

Um dos desafios mais comuns enfrentados pelas mulheres empreendedoras é a dificuldade em estabelecer limites claros entre trabalho e vida pessoal.

Autor: Carla D’Elia

Empreendedoras: dicas para evitar cansaço mental

Eduardo Costa lança App de mobilidade urbana exclusivo para mulheres

O RepMov Mulher, uma opção dedicada à segurança e liberdade de escolha, tanto para passageiras, quanto para motoristas.

Autor: Divulgação

Eduardo Costa lança App de mobilidade urbana exclusivo para mulheres

Novos critérios de igualdade salarial entre homens e mulheres

Apesar dos significativos avanços no mercado de trabalho percebidos nos últimos anos, o IBGE ainda aponta disparidades na remuneração das mulheres.

Autor: Anna Carolina Gogolla Kalmus 

Novos critérios de igualdade salarial entre homens e mulheres

3 iniciativas que impulsionam a participação feminina na tecnologia

Apesar de avanço, gap de gênero no setor de tecnologia ainda é considerável; presença feminina representa apenas 23%.

Autor: Divulgação

3 iniciativas que impulsionam a participação feminina na tecnologia

Como criar soluções para o público feminino e gerar resultados positivos?

O mercado de trabalho e o mundo como um todo está em constante transformação.

Autor: Carolina Gilberti

Como criar soluções para o público feminino e gerar resultados positivos?

Mulher negra e os desafios no mercado de trabalho

A representatividade das mulheres no mercado de trabalho é uma questão cada vez mais presente na agenda de diversidade das empresas.

Autor: Claudia Perazio

Mulher negra e os desafios no mercado de trabalho

Mulheres no transporte: desafios e oportunidades em diferentes operações

O transporte rodoviário de cargas, um pilar estratégico para a economia brasileira, movimenta mais de 60% das mercadorias no mundo, desempenhando papel crucial também no Brasil.

Autor: Marcos Villela Hochreiter

Mulheres no transporte: desafios e oportunidades em diferentes operações