Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Mundo VUCA e a explosão da economia GIG

Mundo VUCA e a explosão da economia GIG

14/04/2019 Luiz Resende

Não é de hoje que percebemos a necessidade de nos adaptarmos às mudanças.

As coisas não são nem de longe estáveis como antigamente. Tudo muda o tempo todo, de uma forma muito rápida não seguindo uma direção certa.

Temos diversos cenários possíveis onde não existe mais o certo ou o errado, apenas o risco que se torna ainda maior com a dúvida e a demora na tomada de decisão. O mundo atual é VUCA (um acrônimo que traduzido para o português significa Volátil, Incerto, Complexo e Ambíguo).

Provavelmente por esse motivo cada vez mais pessoas saem do conforto e da monotonia de algo fixo e buscam alternativas autônomas onde possam atuar diretamente com clientes e consumidores de um produto ou serviço oferecido.

Esse segmento é vagamente conhecido como economia GIG e vem ganhando força a cada dia. O termo GIG se refere a um trabalho que é contratado sob demanda e as pessoas que se encaixam nessa categoria, em geral, são conhecidas como freelancers.

Em tese, um profissional autônomo não possui vínculo empregatício, podendo se comprometer e se envolver em diversos projetos ao mesmo tempo, pois tem a flexibilidade de negociar os prazos e entregas para cada uma das contratações que recebe.

Neste contexto, não existe um local fixo para desempenhar o trabalho e outra grande vantagem é poder estar em qualquer lugar do mundo desde que se tenha a estrutura necessária para fazê-lo.

Um exemplo disso é o aplicativo Uber que permite que o profissional faça seu horário de acordo com a sua necessidade. Pensando dessa forma, muitas empresas e startups como a Uber vêm desenvolvendo produtos e serviços onde permitam que pessoas possam trabalhar dessa forma, agregando valor ao segmento.

Já existem plataformas onde qualquer cliente, desde um pequeno empreendimento até uma consolidada corporação, pode de maneira simples criar uma infraestrutura segura, escalável e barata para sustentar seus serviços e aplicações em alta disponibilidade na nuvem.

Dessa forma, as empresas podem contar com a agilidade necessária para garantir que suas aplicações ganhem escalabilidade de acordo com o crescimento do negócio e aumento na demanda dos usuários.

Essa e outras tecnologias ajudam no movimento natural que se dará nos próximos anos de consolidação da economia GIG. Toda essa transformação que vivenciamos é resultado de uma mudança na mentalidade e no jeito de fazer negócios das empresas.

Trabalhos sob demanda e uma rede de fornecedores no lugar de empregados, esse é o futuro das relações de trabalho. Penso que mais importante que seguir uma receita pronta, é nos preparar para essas novas possibilidades e reavaliar antigos modelos de gestão que, bem ou mal, cairão em desuso muito antes do que a gente imagina.

* Luiz Resende é Scrum Master da Mandic Cloud Solutions.

Fonte: RPMA Comunicação



Produtores do Cerrado fazem primeira venda coletiva de queijo minas artesanal

Produtores da Aprocer comercializam 450 quilos de queijo a um valor superior ao que vinha sendo negociado regionalmente.

Produtores do Cerrado fazem primeira venda coletiva de queijo minas artesanal

Com a pandemia, 11% dos pequenos negócios mineiros tiveram que demitir

Pesquisa do Sebrae mostra que a flexibilização temporária das regras trabalhistas dá fôlego aos pequenos negócios para atravessarem a crise.

Com a pandemia, 11% dos pequenos negócios mineiros tiveram que demitir


O engajamento dos colaboradores em um mundo colocado à força em home office

A pandemia causada pelo novo coronavírus obrigou empresas de todo o mundo a adaptarem suas rotinas e métodos de trabalho, adotando o home office como resposta imediata à evolução da Covid-19.


Retomada econômica com cautela é defendida pela FIEMG

Federação acredita que a retomada deve ser customizada para cada região do estado


A crise e suas oportunidades

A partir dos dados da B3, é possível observar um movimento extremamente curioso no mercado financeiro.


Acomodando-se para a longa viagem: trabalhando de casa com segurança

Na última década, vimos um tremendo aumento de trabalhadores remotos - tanto autônomos quanto colaboradores e executivos.


Empreendedor, o herói necessário

A recessão econômica que iniciada neste primeiro semestre de 2020 será uma das mais graves dos últimos tempos.

Empreendedor, o herói necessário

Mais da metade dos pequenos negócios mineiros tiveram crédito negado

Pesquisa do Sebrae mostra que a crise tem levado um número maior de empresários a buscarem empréstimos para manterem os negócios.

Mais da metade dos pequenos negócios mineiros tiveram crédito negado

Edital de Inovação para a Indústria do SENAI lança nova categoria

São 250 mentorias online e gratuitas para apoiar as empresas na produção de equipamentos de proteção para COVID-19.


Novos impactos para implementação da LGPD

As empresas que não se anteciparam na busca de adequação à LGPD devem colocar este projeto em segundo plano.


Geração de caixa através dos tributos em meio a pandemia

O que as empresas necessitam é de geração de caixa como medida imediata. A possibilidade existe por iniciativa própria e dentro da lei.