Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Por que algumas pessoas são mais criativas do que outras?

Por que algumas pessoas são mais criativas do que outras?

05/02/2024 Divulgação

Em "Pensamento Criativo" Michael Michalko, especialista no tema e oficial do exército norte-americano, explica como desenvolver ideias inovadoras e evitar padrões de pensamento lineares.

“Por que eu não pensei nisso antes?”, essa é uma das perguntas mais corriqueiras quando alguém se depara com ideias inovadoras – seja um produto revolucionário ou uma trend viral na internet. No lançamento Pensamento Criativo – colocando a imaginação para trabalhar, um dos maiores especialistas em criatividade no mundo, autor best-seller e oficial do exército norte-americano, Michael Michalko, explica por que nem todos são criativos, como a educação limita a engenhosidade e por que a experiência pode ser inimiga da inovação.  

Com base nas vivências do cientista Albert Einstein, o químico Spencer Silver, desenvolvedor do Post-It, e também o inventor Steve Jobs, o autor revela como liberar a criatividade, expandir a imaginação e adotar atitudes de gênios, a fim de ter pensamentos súbitos que saem da zona de conforto mental. Para o autor, novas ideias surgem da combinação de dois ou mais elementos diferentes que fogem do padrão esperado.  

Segundo Michalko, toda vez que a mente recebe informações ela as organiza em modelos simples que se encaixam no cotidiano – sendo úteis para realizar tarefas com rapidez e precisão. “Estes padrões se aprofundam com o tempo, permitindo que mesmo partes da informação fora da sequência sejam corrigidas para ativar o reconhecimento. Isso explica nossa capacidade de ler palavras com letras misturadas, onde apenas algumas informações, como as primeiras e últimas letras, são suficientes para ativar o padrão no cérebro.” Esse processo também justifica por que, ao criar novas ideias, muitas vezes acaba-se repetindo formas antigas e nada inovadoras.  

Por meio de testes mentais que incentivam os leitores a soltar a imaginação e mudar padrões engessados, o especialista sugere, que assim como os gênios, eles combinem conceitos diferentes e aparentemente absurdos. Estes elementos somados trarão um resultado que foge do comum e expande o imaginário. 

 Em Pensamento Criativo, Michael Michalko auxilia o público a se despir do senso comum e exemplifica como ativar estímulos aleatórios para gerar originalidade nas ideias em prol do trabalho, negócios e da vida pessoal.  Com uma escrita bem-humorada, a obra oferece experimentos, perguntas provocativas, técnicas de pensamento criativo, ilusões e quebra-cabeças para estimular a mente. 

Ficha técnica

Título: Pensamento Criativo 
Subtítulo: colocando a imaginação para trabalhar 
Autor: Michael Michalko 
Editora: Hábito 
Gênero: Desenvolvimento pessoal/Inspiração  
ISBN: 978-65-84795-12-9  
Edição: 1ª ed. dezembro/2023 
Número de páginas: 240 
Preço: R$ 54,90  
Onde encontrarAmazon

Para mais informações sobre criatividade clique aqui...

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Entre para o nosso grupo de notícias no WhatsApp

Fonte: Fonte: LC Agência de Comunicação



Ensine a criança a brilhar como o sol

Livro da pedagoga Aline Nascimento Freitas oferece lições valiosas para que os pequenos reconheçam a própria luz interior.

Autor: Divulgação

Ensine a criança a brilhar como o sol

Band lança “Hora Max” em parceria com a Discovery

Atração exibirá séries de sucesso da plataforma de streaming Max a partir de 31 de maio.

Autor: Divulgação

Band lança “Hora Max” em parceria com a Discovery

Suporte ideal para a leitura: papel ou tela?

Para a expressão humana, oral ou escrita, é essencial haver conhecimento prévio.

Autor: Mara Campos

Suporte ideal para a leitura: papel ou tela?

Orquestra Ouro Preto celebra legado musical de Duke Ellington

Concerto dedicado à lenda do jazz terá única apresentação no dia 12 de maio, às 11h, no Sesc Palladium.

Autor: Divulgação

Orquestra Ouro Preto celebra legado musical de Duke Ellington

Um reencontro com os sentidos no mundo automatizado

Em "A ferrugem do sorriso", livro com poemas e ilustrações surrealistas, Patricïa Ytap convida os leitores a se distanciarem da velocidade e da lógica comuns na realidade.

Autor: Divulgação

Um reencontro com os sentidos no mundo automatizado

Com a IA, o que sobrará da literatura?

Quem publicou na Amazon recentemente deve ter notado o campo para marcar se usou Inteligência Artificial.

Autor: Víktor Waewell

Com a IA, o que sobrará da literatura?

Seus pensamentos não te deixam dormir?

Analista de Perfil Comportamental traça o mapa de uma jornada introspectiva para quem deseja superar o comodismo, adaptar-se às mudanças e moldar afirmações em ações.

Autor: Divulgação


Neuroescravização: seu celular está te deixando doente

“Ninguém é produtivo o tempo inteiro, ninguém é feliz o tempo inteiro, mas é possível ser mais feliz e produtivo. E isso sem acabar com a saúde mental.”

Autor: Divulgação


Brasil tem 25 milhões de consumidores de livros

"Projeto Escritor 2024" mostra como conquistá-los.

Autor: Divulgação

Brasil tem 25 milhões de consumidores de livros

Como (re)começar quando um grande amor vai embora?

É isso que o leitor vai descobrir em "Doce como você", novo livro da best-seller Kate Canterbary, cuja protagonista é abandonada pelo noivo horas antes do casamento.

Autor: Divulgação


Mitos e símbolos traduzem a experiência humana

João Paulo Martins interpreta e detalha mandalas, yantras e o simbolismo dos animais em civilizações diversas a partir do Oriente.

Autor: Divulgação


Ressurreição na prática: como atingir a maturidade espiritual?

Em obra inédita, o teólogo Eugene H. Peterson convida fiéis a reavivar o chamado à formação cristã.

Autor: Divulgação