Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Alimentação e câncer de próstata

Alimentação e câncer de próstata

06/11/2019 Lucas Penchel

Saiba qual é a relação entre os dois.

Neste mês é realizada a campanha do Novembro Azul, que procura conscientizar a população quanto a importância da prevenção e combate ao câncer de próstata.

Para cada ano do biênio 2018/2019, foram estimados cerca de 68 mil novos casos da doença no Brasil, segundo dados do Instituto Nacional de Câncer (INCA). 

Ainda conforme os dados da pesquisa, este tipo de tumor maligno é a segunda principal causa de morte por câncer entre os homens.

Com uma maior predominância dentre a população masculina com idades entre 45 e 70 anos, o câncer de próstata, geralmente, não apresenta sintomas notáveis em seu estágio inicial.

Por seu caráter, muitas vezes silencioso, se faz mais do que necessário, alertar e lembrar as pessoas sobre a relevância da preservação de bons hábitos de vida e realização dos exames de sangue com o antígeno prostático específico (PSA) e o de toque retal, para prevenir a formação do câncer.

Segundo pesquisas recentes, umas das principais formas de evitar o câncer é ter uma alimentação saudável, ser fisicamente ativo e manter o peso corporal adequado.

Isso fica ainda mais evidente, quando observamos alguns dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), que apontam que aproximadamente 13 em cada 100 casos de câncer no Brasil são atribuídos ao sobrepeso e obesidade.

O aumento da gordura corporal contribui para o mau funcionamento de órgãos, atrapalha o sono e diminui a disposição para a realização de atividades físicas, o que por sua vez, acaba prejudicando toda a qualidade de vida.

Na maioria dos casos, o excesso de peso é causado pela má alimentação e sedentarismo. Por isso, é preciso ressaltar que as pessoas devem evitar a ingestão exagerada de alimentos processados, ultraprocessados e compostos por uma grande quantidade de gorduras saturada e trans, amido e açúcar, pois esse tipo de consumo pode influenciar no aumento do peso e, consequentemente, no desenvolvimento do câncer.

A ingestão de determinados alimentos pode ser decisiva para a prevenção à doença. Presente em alimentos de cor avermelhada, como tomate, cenoura, mamão papaia e melancia, o licopeno é uma substância antioxidante, que ajuda a minimizar os danos causados pelos radicais livres. Já o sulforafano, anula a ação de substâncias cancerígenas e pode ser encontrado em vegetais verdes-escuros, como o brócolis, couve, couve-flor e repolho.

Os fitoestrógenos, por serem semelhantes ao estrógeno, podem auxiliar na regulação de doenças relacionadas ao hormônio masculino, sendo consumidos por meio da soja, linhaça e derivados.

Além da mudança na dieta cotidiana, a realização de exercícios diários também pode ajudar na perda e controle do peso, e ainda cooperar no fortalecimento de nossos mecanismos de defesa.

Algumas ações, como fazer caminhadas de ao menos 30 minutos por dia e subir as escadas ao invés de usar elevadores, já são atividades que tiram o paciente do sedentarismo, e podem se tornar o pontapé inicial para a escolha futura de práticas físicas mais intensas.

Assim como alguns hábitos devem ser incluídos no dia a dia para se ter uma vida mais saudável, outros devem ser abandonados, como o tabagismo e o alcoolismo. 

Ao apresentar os sintomas da doença, o paciente deve buscar pelo acompanhamento profissional. Os principais sintomas da doença são a micção frequente, fluxo urinário fraco ou interrompido, nictúria, sangue na urina ou sêmen, disfunção erétil, fraqueza ou dormência nas pernas ou pés, e dentre outros.

Como estes sintomas também podem ser sinais de outras enfermidades, é indispensável que o homem se submeta a exames que identifiquem as causas destes problemas.

Após o diagnóstico positivo do câncer, somente o médico responsável poderá indicar qual será a linha de tratamento mais adequada para cada caso.

* Lucas Penchel é médico generalista e diretor da Clínica Penchel.

Fonte: Naves Coelho Comunicação



Terapia de estimulação cerebral profunda pode reduzir até 80% dos tremores causados pelo Parkinson

A cirurgia é um recurso muito importante e deve ser considerada para alguns pacientes.

Terapia de estimulação cerebral profunda pode reduzir até 80% dos tremores causados pelo Parkinson

Quais os sintomas da candidíase?

A candidíase é uma infecção causada por uma levedura (um tipo de fungo) chamada Candida albicans.


O Influenza também está no nosso foco

Falar em vacinação nos dias de hoje nos tende a remeter quase que exclusivamente ao combate à Covid-19.

O Influenza também está no nosso foco

A nova era da Telemedicina no Brasil

Alguns números atestam que as consultas virtuais estão sendo utilizadas cada vez mais no país.

A nova era da Telemedicina no Brasil

É inaceitável que pessoas ainda morram de malária

Esta semana, de 25 a 29 de abril, marca a luta mundial contra a malária.


Transtornos psiquiátricos catalisados pelo luto de vítimas de COVID-19

Médico psiquiatra comenta a situação exclusiva de pessoas que perderam parentes queridos durante a pandemia. A ansiedade e o transtorno de humor são os mais prevalentes nesses casos.

Transtornos psiquiátricos catalisados pelo luto de vítimas de COVID-19

8 alimentos para incluir na dieta se você tem dores crônicas

Nutricionista fala sobre o poder dos alimentos para a nossa saúde.

8 alimentos para incluir na dieta se você tem dores crônicas

Pesadelo na hora do sono: apneia atinge 70 milhões de brasileiros

Por muito tempo o hábito de roncar tem sido visto como motivo de chacota ou algo corriqueiro.

Pesadelo na hora do sono: apneia atinge 70 milhões de brasileiros

Tireoide não é a culpada pelo ganho de peso

É muito comum algumas pessoas associarem o ganho de peso excessivo e inexplicado a um problema de tireoide, chamado de hipotireoidismo que nada mais é, a falta dos hormônios tireoidianos.


Você sabe identificar os sinais de um ataque cardíaco?

Quando uma forte dor no peito aparece é um indicativo de que há algo errado acontecendo e é comum associarmos imediatamente a dor com a possibilidade de que seja um infarto.

Você sabe identificar os sinais de um ataque cardíaco?

Comer chocolate realmente aumenta o surgimento de acne?

Dermatologista explica que a guloseima deve ser consumida com moderação. Confira!

Comer chocolate realmente aumenta o surgimento de acne?

Começa vacinação contra a gripe em todo o país

Meta é imunizar 76,5 milhões de pessoas até 3 de junho.

Começa vacinação contra a gripe em todo o país