Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Ar condicionado: os cuidados no retorno às atividades

Ar condicionado: os cuidados no retorno às atividades

17/08/2020 Evandro Wei

É importante ressaltar que o uso de aparelhos de ar condicionado deve ser uma preocupação.

Ar condicionado: os cuidados no retorno às atividades

Com a retomada das atividades presenciais e pensando no bem-estar, segurança e saúde de colaboradores, as empresas estão se preparando para implementar novos hábitos em suas culturas organizacionais. Os sistemas prediais são essenciais nessa adaptação, desde a implantação de novas tecnologias, até revisões de sistemas já existentes. Nesse cenário, é importante ressaltar que o uso de aparelhos de ar condicionado deve ser uma preocupação e a manutenção desses equipamentos é essencial para a segurança de pessoas em ambientes fechados. 

Um estudo realizado por cientistas do Centro de Controle e Prevenção de Doenças de Guangzhou, na China, identificou que os aparelhos de ar condicionado podem ser eficientes na propagação do novo coronavírus. Embora estudos como esse, em universidades e centros de pesquisa ao redor do mundo, não comprovem, de maneira efetiva, a sua transmissão por meio do ar condicionado, sabe-se que a circulação de ar é importante para que o vírus não permaneça nos ambientes. Por esse motivo, é essencial que espaços climatizados cumpram, rigorosamente, as prescrições da Associação Brasileira de Refrigeração, Ar Condicionado, Ventilação e Aquecimento (ABRAVA) e American Society of Heating, Refrigerating and Air Conditioning Engineers (ASHARE), que atualizaram seus protocolos e recomendações com relação ao sistema de ar condicionado. 

Os aparelhos de climatização de ar podem ser utilizados durante o período de pandemia, desde que assegurada a correta renovação de ar nos ambientes, conforme previsto na Resolução RE-09 da ANVISA. A renovação do ar garante a entrada do ar exterior para os ambientes internos, com a devida filtragem, que dilui a concentração de poluentes. Atualmente, a recomendação é que haja 15 trocas de ar por hora, nos ambientes comerciais, sendo a média de 20m³ por pessoa.

A prática de manter as janelas abertas proporciona uma maior renovação de ar, porém permite a entrada de poluentes nos ambientes, sobrecarregando os filtros e outros componentes do sistema de climatização, no caso de estarem em funcionamento. Com a ventilação natural em ambientes maiores, o que ocorre é que as áreas mais afastadas das janelas não conseguem ter a mesma renovação de ar. Dessa forma, se o empreendimento apresentar um sistema de renovação adequado, o ideal é que as janelas permaneçam fechadas. 

Manter o nível de dióxido de carbono (CO2) dentro dos índices determinados é uma das formas de garantir a qualidade do ar em ambientes fechados. Como set-point para o sistema, recomenda-se o uso de 800 pmm, mantendo-se abaixo do valor de 1000 pmm.  

A filtragem é a ação que tem por objetivo reter partículas e micro gotículas que podem carregar poluentes ou microrganismos como a COVID-19, sendo obrigatório, no mínimo, a utilização do filtro G1 para o ar externo e G3 para ambientes internos. Se possível, utilizar filtros High Efficiency Particulate Arrestance (HEPA), mantendo sempre a rotina de limpeza semanal. 

Pelos mesmos motivos também são fundamentais os controles de temperatura e umidade. Recomenda-se os set-points de 23ºC ~ 24ºC e a umidade deverá variar de 40% a 65%, com exceção de ambientes com pinturas e peças arte, que deverão operar entre 40% e 55%, durante todo o ano. 

A manutenção e limpeza dos sistemas de ar condicionado devem ser realizadas, periodicamente, conforme o Plano de Operação, Manutenção e Controle - PMOC, mesmo quando o ambiente não estiver em uso. A ABRAVA recomenda, ainda, que as empresas contratem profissionais habilitados somente para a execução desses serviços. Não há estudos científicos que comprovem a eficácia dessas medidas para controlar ou diminuir os efeitos da pandemia, porém é importante ressaltar as recomendações para que as empresas e colaboradores trabalhem em conjunto para a segurança e bem-estar de todos. 

* Evandro Wei, Coordenador de Engenharia de Building da Seal Telecom

Fonte: Comuniquese



Ministério da Saúde lança campanha nacional de combate à sífilis

Gestantes representaram mais da metade dos casos contraídos em 2020.


Pandemia afetou em 35% número de consultas oftalmológicas em 2020

Cerca de 3,7 milhões de atendimentos deixaram de ser feitos.

Pandemia afetou em 35% número de consultas oftalmológicas em 2020

Nomofobia: Você tem medo de ficar longe do celular?

Uma pesquisa recente publicada pela Digital Turbine mostra que 20% dos brasileiros não ficam mais de 30 minutos longe do celular.

Nomofobia: Você tem medo de ficar longe do celular?

Dor crônica na região lombar pode ser sinal de ‘bico de papagaio’

A região lombar costuma ser a mais afetada pela osteofitose

Dor crônica na região lombar pode ser sinal de ‘bico de papagaio’

Livro inédito comemora centenário da descoberta da insulina

A renda obtida com a venda dos livros será doada ao Instituto Correndo Pelo Diabetes para incentivar a prática da atividade física.

Livro inédito comemora centenário da descoberta da insulina

10 curiosidades sobre o crânio e o cérebro que irão te surpreender

Ainda estamos longe de conhecer todo o mistério que envolve a interligação do cérebro com o nosso organismo como um todo, mas já temos importantes achados.


Quase 3 milhões de mulheres deixaram de rastrear o câncer de mama na pandemia

Com medo do contágio pelo coronavírus, as mulheres deixaram de lado a rotina de cuidados.

Quase 3 milhões de mulheres deixaram de rastrear o câncer de mama na pandemia

Bons hábitos de saúde podem evitar doenças cardiovasculares

Em 2021, Brasil registra 299.304 pessoas mortas por doenças cardiovasculares.

Bons hábitos de saúde podem evitar doenças cardiovasculares

Uso de lentes de contato por crianças deve ser cauteloso

Conheça os riscos e benefícios de crianças e adolescentes usar lentes de contato.

Uso de lentes de contato por crianças deve ser cauteloso

Pandemia aumenta uso de ansiolíticos, antidepressivos e estabilizadores de humor

Medicações têm efeitos danosos, inclusive com risco de morte.

Pandemia aumenta uso de ansiolíticos, antidepressivos e estabilizadores de humor

Por que roncamos ao dormir de barriga para cima?

Entenda como as diferentes posições para dormir interferem no funcionamento do organismo.

Por que roncamos ao dormir de barriga para cima?

Dia Mundial do Alzheimer visa desmistificar o preconceito sobre a doença

"Conhecer demência é conhecer Alzheimer" é tema de campanha em 2021.

Dia Mundial do Alzheimer visa desmistificar o preconceito sobre a doença