Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Como diagnosticar a artrite reumatoide

Como diagnosticar a artrite reumatoide

08/10/2020 Divulgação

Especialista explica os principais fatores que podem indicar o início da doença.

Como diagnosticar a artrite reumatoide

12 de outubro é o Dia Mundial da Artrite Reumatoide. A data foi definida para chamar a atenção da população sobre a doença que afeta hoje mais de dois milhões de brasileiros.

A artrite reumatoide é uma doença de origem autoimune marcada pela progressiva inflamação e destruição da membrana que recobre as articulações, podendo levar a danos ósseos irreversíveis e incapacitação funcional.

Diversas peculiaridades podem ajudar no diagnóstico precoce da artrite reumatoide. Dra. Claudia Goldenstein Schainberg, especialista em reumatologia e tratamento de doenças que afetam o tecido conjuntivo e o sistema músculo esquelético incluindo articulações, coluna, ossos, músculos, tendões e ligamentos, fala sobre alguns fatores que podem ajudar no diagnóstico da artrite reumatoide.

“O diagnóstico da artrite reumatoide é clínico, requer história e exame físico detalhados, sendo feito quando alguns sinais de inflamação articular estão presentes no paciente por pelo menos seis semanas consecutivas. Podem surgir inchaço, dor, vermelhidão e rigidez articular matinal, durando pelo menos uma hora, em uma ou mais áreas articulares. Em geral, a doença afeta grandes e pequenas articulações das mãos de forma simétrica, podendo ser acompanhada de nódulos reumatoides, da presença do fator reumatoide no sangue, além de deformidades e alterações radiográficas características nas fases mais tardias”, explica a especialista.

Fonte: A Fonte! Comunica



Pandemia aumenta uso de ansiolíticos, antidepressivos e estabilizadores de humor

Medicações têm efeitos danosos, inclusive com risco de morte.

Pandemia aumenta uso de ansiolíticos, antidepressivos e estabilizadores de humor

Por que roncamos ao dormir de barriga para cima?

Entenda como as diferentes posições para dormir interferem no funcionamento do organismo.

Por que roncamos ao dormir de barriga para cima?

Dia Mundial do Alzheimer visa desmistificar o preconceito sobre a doença

"Conhecer demência é conhecer Alzheimer" é tema de campanha em 2021.

Dia Mundial do Alzheimer visa desmistificar o preconceito sobre a doença

Estamos esperando o quê?

Uma pesquisa rápida no Google Trends aponta o que qualquer cidadão do mundo já sabe: o termo mais mencionado e pesquisado no ano passado foi “Coronavírus”.

Estamos esperando o quê?

Proteção da CoronaVac em pessoas com comorbidade é superior a 90%

Pesquisa analisa 5 mil profissionais de educação e da segurança pública da rede estadual lotados em Manaus.

Proteção da CoronaVac em pessoas com comorbidade é superior a 90%

Fisioterapia precoce é essencial no tratamento da artrite idiopática juvenil

Doença é autoimune e pode afetar bebês e crianças pequenas.

Fisioterapia precoce é essencial no tratamento da artrite idiopática juvenil

Atividade física reduz risco de desenvolver glaucoma 

Estudo aponta que declínio do risco pode chegar a 73%.

Atividade física reduz risco de desenvolver glaucoma 

“Agir salva vidas” é tema de campanha Setembro Amarelo 2021

Campanha para reduzir índices de suicídio é uma iniciativa da ABP e do Conselho Federal de Medicina.

“Agir salva vidas” é tema de campanha Setembro Amarelo 2021

Por que terceira dose de vacina contra Covid é importante e necessária

Variantes do vírus fazem com que seja necessário "treinar" o organismo para poder prevenir infecções.

Por que terceira dose de vacina contra Covid é importante e necessária

Tabagismo aumenta chances de casos graves da Covid-19

Relação entre fumo e doença é mais um motivo importante para a decisão de parar de fumar

Tabagismo aumenta chances de casos graves da Covid-19

Dicas de alimentação na TPM, gravidez e menopausa

Toda mulher passa por diferentes fases no ciclo fértil.

Dicas de alimentação na TPM, gravidez e menopausa

Número de mortes por paradas cardíacas aumenta durante a pandemia

Pesquisa mostra que procura por atendimento hospitalar por AVC e ataques cardíacos sofreu redução no período.

Número de mortes por paradas cardíacas aumenta durante a pandemia