Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Depressão, ansiedade e dores musculares aumentaram na pandemia, diz estudo

Depressão, ansiedade e dores musculares aumentaram na pandemia, diz estudo

08/11/2021 Divulgação

Acupuntura e outras técnicas podem ajudar no alívio dos sintomas e melhora global dessas condições.

Depressão, ansiedade e dores musculares aumentaram na pandemia, diz estudo

Um estudo publicado no The Lancet, recentemente, apontou que a pandemia do Covid-19 levou ao aumento global da depressão e da ansiedade. De acordo com a pesquisa, o aumento de casos de depressão de 2019 para 2020 foi de 28% e de ansiedade de 26%.

O problema é que a depressão e a ansiedade, como alguns outros transtornos mentais, nunca vêm sozinhos. Em muitos casos, há presença de dores crônicas e outras condições físicas.

Um estudo realizado pelo Instituto de Psiquiatria (IPq) do Hospital das Clínicas de São Paulo, mostrou que mais da metade das pessoas com transtornos do humor apresenta dores crônicas.

Para o médico especialista em acupuntura, Dr. Eduardo Costa Neto, o agravante da pandemia é que as pessoas ficaram paradas, sem se movimentar.

“Na verdade, é uma somatória de acontecimentos. Normalmente, quem tem depressão costuma não ter energia para se exercitar. Com a necessidade de ficar em casa, a inatividade, certamente, foi ainda maior”.

“Já para os ansiosos, as dores podem estar relacionadas ao aumento do estresse e da tensão, já que normalmente quem sofre com a ansiedade acaba sendo mais agitado”, diz o médico.

Acupuntura pode ajudar

Nos últimos anos, a acupuntura ganhou mais espaço no Brasil com a sua inclusão no Sistema Único de Saúde (SUS). Trata-se de uma terapia integrativa que pode ajudar a melhorar tanto os sintomas físicos como os emocionais.

“A acupuntura sempre foi vista como uma terapia voltada para o alívio de dores devido ao seu mecanismo opiodorrégico. Em outras palavras, o estímulo de pontos de acupuntura leva a alterações no funcionamento do sistema nervoso central. Isso, por sua vez, modula a liberação dos neurotransmissores que são essenciais para a melhora da dor e dos transtornos do humor”, explica Neto.

Para mais informações sobre acupuntura clique aqui.

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Fonte: Agência Health



55% dos brasileiros com mais de 18 anos consomem bebidas alcoólicas, diz pesquisa

Dado é de pesquisa do Instituto Brasileiro do Fígado.

55% dos brasileiros com mais de 18 anos consomem bebidas alcoólicas, diz pesquisa

A perda auditiva se manifesta em qualquer idade

A perda auditiva é uma queixa quase diária no consultório do otorrinolaringologista.

A perda auditiva se manifesta em qualquer idade

O consumidor é obrigado a dar o CPF nas farmácias?

Um ponto de dúvida para as pessoas, mas que é importante ter clareza, a exigência de CPF é ilegal para o fornecimento de descontos pelas farmácias.

O consumidor é obrigado a dar o CPF nas farmácias?

Governo lança campanha de combate ao mosquito da dengue

Casos aumentaram em 12 estados em relação ao ano passado.

Governo lança campanha de combate ao mosquito da dengue

Estamos todos saindo da UTI?

Nas últimas semanas, esses ambientes estão diferentes do que vivenciamos ao longo de quase 20 meses.

Estamos todos saindo da UTI?

Por que o autismo em meninas é menos comum?

Elas têm mais autoconsciência, senso de empatia e tenta “se encaixar” mais socialmente que eles.

Por que o autismo em meninas é menos comum?

Pesquisa comprova maior eficácia de teste HPV para detecção de câncer

Estatuto da Pessoa com Câncer é sancionado

Passa a ser direito fundamental da pessoa com câncer a obtenção de diagnóstico precoce e acesso a tratamento universal.

Estatuto da Pessoa com Câncer é sancionado

Mulheres têm mais risco de sofrer infarto do que os homens

A quantidade de pessoas que sofrem com problemas cardiorrespiratórios no Brasil é tão significativa que sobram estatísticas para contar a história.

Mulheres têm mais risco de sofrer infarto do que os homens

Médico adota técnica para apoiar pessoas a envelhecer sem dor

Segundo Dr. Geraldo Carvalhaes, casos de dor crônica também afetam pessoas mais jovens.

Médico adota técnica para apoiar pessoas a envelhecer sem dor

Você é um Hipocondríaco?

Quando a preocupação com a saúde vira doença.

Você é um Hipocondríaco?

Número de prematuros aumenta no Brasil

Média de prematuridade no país atingiu 11,1% em 2020 e aumento pode estar ligado ao covid-19.

Número de prematuros aumenta no Brasil