Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Inovação: abrace a mudança antes que ela abrace o seu negócio

Inovação: abrace a mudança antes que ela abrace o seu negócio

13/02/2024 Eduardo Zugaib

O conceito ambidestria organizacional foi apresentado pela primeira vez em 1976 pelo pesquisador norte-americano Robert B. Duncan.

Inovação: abrace a mudança antes que ela abrace o seu negócio

Ele trazia como principal ponto a importância de acomodar os conflitos entre a inovação e a eficiência operacional, visando a perenidade da própria empresa. Posteriormente vieram outros conceitos mais elaborados, mas sempre apontando para a necessidade de romper essa dicotomia do “ou produz ou inova”, transformando-a em uma relação no mínimo simultânea. E, no melhor dos cenários, sinérgica entre estes dois universos: produzir e inovar sempre.

Este é um ponto crucial para profissionais e empresas: acomodar-se dentro da boa performance apurada e, com isso, tornar-se obsoleto gradativamente, até atravessar um ponto sem volta nessa floresta. Pare e pense: o sucesso que você eventualmente tenha construído nos últimos dez anos não assegura sucesso algum nos próximos dez meses, neste mundo de contínuas evoluções e de complexidades que se combinam e recombinam a todo instante, desafiando a tudo e a todos.

Passadas várias décadas, em muitas empresas a inovação ainda é um valor ou pilar de cultura que só é lembrado quando as coisas começam a perder o rumo ou apresentar queda de resultados, devido a inúmeros fatores: novas tecnologias, novas necessidades do cliente, novos produtos e serviços, novos concorrentes, etc. Enfim, já está mais que claro que apenas entregar a mesma solução anos a fio – observação válida também para a gestão da nossa própria carreira – pode nos obrigar, em determinado momento, a inovar de uma forma dolorosa, visando recuperar o que se perdeu – ou se desprezou – enquanto eram tempos de vacas gordas. É quando mudança e inovação trocam de papel: aqui, a mudança é causa, enquanto a inovação, a duras penas, torna-se um efeito, uma correria em busca de adaptar-se para sobreviver.

Se todo indivíduo é potencialmente criativo, por que nem todas as empresas, que são organizações feitas de pessoas, são empresas inovadoras? A resposta está na própria pergunta: o problema está no ambiente interno dela, reflexo direto e natural da cultura organizacional que por ali vigora. E cultura, como sabemos, é o subproduto primeiro da forma como as lideranças dessa empresa enxergam os processos, os produtos e, principalmente, as pessoas que tornam a empresa uma realidade, que nada mais são do que reflexos das relações, valores e atitudes cultivados (ou não) pelas lideranças.

A melhor postura diante desse cenário de contínua incerteza é seguir a recomendação que muitos empreendedores dão por aí: seja o primeiro a “destruir” seu próprio negócio, antes que alguém o faça. Em outras palavras: na gestão da sua carreira, da sua empresa ou da sua vida, abrace a mudança antes que ela abrace você.

* Eduardo Zugaib é educador corporativo, escritor best-seller, autor de “A Revolução do Pouquinho”, palestrante e um dos maiores especialistas brasileiros em atitude e comunicação para a liderança.

Para mais informações sobre negócio clique aqui...

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Entre para o nosso grupo de notícias no WhatsApp

Fonte: LC Agência de Comunicação



Os próximos passos da Inteligência Artificial

É necessário tomar medidas para gerenciar riscos, compreender a complexidade e dimensionar o impacto da IA nos negócios.

Autor: Cesar Ripari

Os próximos passos da Inteligência Artificial

Segurança pública do Brasil: o papel das inovações tecnológicas

Não é novidade que temos enfrentado desafios complexos quando o assunto é segurança pública no Brasil.

Autor: Camila Rissi

Segurança pública do Brasil: o papel das inovações tecnológicas

Tecnologia à serviço do crime: a vez do clone de voz

O risco é para todos e as medidas para reduzi-los e evitar prejuízos financeiros e, claro, emocionais, passa por alguns poucos, mas eficazes cuidados.

Autor: Gustavo Alonge

Tecnologia à serviço do crime: a vez do clone de voz

Nanoscópio desenvolvido na UFMG conquista Prêmio Péter Murányi 2024

Edição teve 144 trabalhos indicados por 78 instituições de ensino do país.

Autor: Divulgação

Nanoscópio desenvolvido na UFMG conquista Prêmio Péter Murányi 2024

Maior copa de robótica reúne competidores nacionais e internacionais

A IRONCup evidencia os robôs para além das máquinas e aposta nas tecnologias robóticas como uma ferramenta de ensino.

Autor: Divulgação

Maior copa de robótica reúne competidores nacionais e internacionais

Evolução tecnológica e a robótica ao alcance de mais empresas

Os avanços tecnológicos não estão somente aprimorando a automação industrial, mas também tornando a robótica cada vez mais acessível.

Autor: Rodrigo Bueno

Evolução tecnológica e a robótica ao alcance de mais empresas

Robôs humanóides irão construir as próximas BMWs

Hitty-Ko explica benefícios e malefícios do uso dessa tecnologia nas fábricas.

Autor: Divulgação

Robôs humanóides irão construir as próximas BMWs

Como a tecnologia impacta o atendimento ao aluno na volta às aulas

Especialista destaca práticas para aprimorar a experiência proporcionada pelas instituições de ensino em 2024.

Autor: Divulgação

Como a tecnologia impacta o atendimento ao aluno na volta às aulas

Como a tecnologia pode favorecer a distribuição de medicamentos?

Nenhum software sozinho irá solucionar todos os desafios da gestão da distribuição de medicamentos.

Autor: Paulo Pompêo

Como a tecnologia pode favorecer a distribuição de medicamentos?

Na contramão da inovação: como o Brasil acelera rumo ao passado automotivo

O aumento tarifário de importação em até 35% nos próximos anos foi declarado como tendo por objetivo o estímulo à produção doméstica de veículos elétricos.

Autor: Rafael Levy

Na contramão da inovação: como o Brasil acelera rumo ao passado automotivo

Brasileiro cria bafômetro veicular para prevenir condução alcoolizada

A Volvo do Brasil foi a primeira fabricante a lançar o bafômetro que impede a partida de caminhões e ônibus, chamado por de Alcolock.

Autor: Frota News

Brasileiro cria bafômetro veicular para prevenir condução alcoolizada

Visão de futuro: a automação de processos como estratégia de eficiência

A automação de processos no contexto empresarial representa uma revolução tecnológica que redefine a forma como as organizações operam.

Autor: Raphael Bordini Corrêa

Visão de futuro: a automação de processos como estratégia de eficiência