Portal O Debate
Grupo WhatsApp


O Futuro do Varejo está na Palma da sua Mão

O Futuro do Varejo está na Palma da sua Mão

21/06/2019 Junior Borneli

"O cliente não quer mais ir até as marcas e produtos, ele quer que tudo isso chegue até ele da forma mais natural e conveniente possível."

O Futuro do Varejo está na Palma da sua Mão

Se você já foi para uma cidade pequena, deve ter visto aqueles mercadinhos e mercearias antigas onde o dono tem cabelos brancos e conhece todos os clientes pelo nome.

Mesmo que você nunca tenha entrado em uma mercearia dessas, já deve ter ido muitas vezes ao mercado fazer compras em família, ou ao shopping com amigos aos finais de semana.

Seja uma pequena mercearia, um grande mercado ou um gigantesco shopping, a lógica é a mesma: o cliente é quem sempre busca pela marca ou produto.

Só que desde a invenção do smartphone, tudo isso começou a mudar.

No final de semana passada eu fui na versão Express de uma grande rede de Supermercados (seria a nova versão das "mercearias" de bairro?) e ela estava completamente vazia de clientes, mas lotada de motoboys.

Todos com celular na mão fotografando produtos para seus clientes online. Rappi, Loggi, Glovo… todas estavam ali.

O cliente não quer mais ir até as marcas e produtos, ele quer que tudo isso chegue até ele da forma mais natural e conveniente possível.

Quem entra no aplicativo de entregas para fazer compras de supermercado, por exemplo, no fundo não é mais cliente do mercado, é cliente do aplicativo que está ali, à disposição na palma da mão.

Se amanhã o cliente encontrar uma promoção na concorrente ou um novo produto, ele vai te trocar. Mas vai continuar pedindo pelo aplicativo.

Não é mais a loja perto de você que ganha sua confiança: é a que mais aparece na sua timeline, a que oferece mais serviços no mesmo app que você usa, a que oferece cupons no dia do seu aniversário e manda SMS com mensagens engraçadinhas no meio do jogo do Brasil.

Estar onde o cliente também está é a nova forma de varejistas e marcas mostrarem e venderem seus produtos.

Quem dominar melhor essas tendências ficará mais presente no dia a dia dos clientes, terá os dados para oferecer exatamente o que eles precisam e se destacará no mercado.

Empresas como Alibaba dominam isso com perfeição, e conseguem bilhões de dólares em vendas graças a sua presença no celular do cliente certo, na hora certa e com o produto certo.

E se você acha que isso acontece "por que é na China", não se engane: a AliExpress, o braço ocidental da Alibaba, já é o terceiro e-commerce onde os brasileiros mais compram.

Conversando com amigos do varejo, percebo que muitos deles estão em busca de tecnologia mais avançada para alcançar mais clientes.

Várias aplicações dessas tecnologias estarão no próximo Varejotech Conference, que acontecerá em Agosto, no Expo Center Norte, em São Paulo.

Mas a maioria dos varejistas não estão percebendo uma grande tendência. Talvez a mais importante:

As varejistas que quiserem se destacar precisam usar as tecnologias para estar nos mesmos lugares que o seu cliente, unindo um bom atendimento com um  tom mais pessoal, como era comum nas antigas mercearias.

Já estão confirmadas no Varejotech deste ano empresas como Rappi, Vtex, Mercado Livre, Zaitt e muitas outras que se destacam exatamente nessa tendência, que considero a mais importante.

Se você ficou interessado, aproveite o lote de Pré-Venda dos ingressos. Você economiza 396,00 reais caso confirme sua presença hoje!

Inovar muitas vezes não está apenas em usar mais tecnologias. Está em saber como e onde usá-las para realmente fidelizar seu cliente.

Acesse a página e garanta sua vaga antes que o desconto acabe.

* Junior Borneli é fundador da StartSe



A revolução virtual é realidade

O mundo real e o virtual estão cada vez mais próximos e correlacionados um com o outro.


Porsche lança seus primeiros carros elétricos

Montadora alemã aposta em um esportivo de luxo para competir com a Tesla.

Porsche lança seus primeiros carros elétricos

Apple projeta óculos de realidade aumentada

Não há uma palavra oficial sobre a data de lançamento do possível AR da Apple, mas é provável que seja até o final de 2020.

Apple projeta óculos de realidade aumentada

Rússia envia seu primeiro robô humanoide ao espaço

Em 2011, os Estados Unidos enviaram um robô humanoide ao espaço.

Rússia envia seu primeiro robô humanoide ao espaço

Internet 5G estará disponível em 60% do mundo até 2025

Estudo encomendado pela chinesa Huawei prevê que 6,2 bilhões de pessoas terão acesso à tecnologia.

Internet 5G estará disponível em 60% do mundo até 2025

Aplicativo facilita carregamento de dispositivos eletrônicos

Keep Charged permite localizar pontos de carregamento de celular, banheiros públicos e até sinal de Wi-fi.

Aplicativo facilita carregamento de dispositivos eletrônicos

Brasil sofreu 15 bilhões de ataques cibernéticos em 3 meses, diz estudo

Ameaças cibernéticas estão crescendo em ritmo alarmante, tanto em quantidade quanto em sofisticação.

Brasil sofreu 15 bilhões de ataques cibernéticos em 3 meses, diz estudo

Como o uso de drones vem transformando a construção civil

Tecnologia é capaz de otimizar o tempo, reduzir custos e aceleração dos resultados.

Como o uso de drones vem transformando a construção civil

Living Lab – como será o futuro das cidades?

“Além de uma vitrine para que prefeitos possam ver o funcionamento das tecnologias num ambiente real, o Living Lab é um grande local de testes”.

Living Lab – como será o futuro das cidades?

Brasil cai duas posições no principal ranking internacional de inovação

Desempenho no Índice Global de Inovação reforça necessidade de investir em inovação no país.

Brasil cai duas posições no principal ranking internacional de inovação

Hub de inovação em bionegócios lança nova oportunidade para startups

BiotechTown abre inscrições para a 2ª edição de Programa de Desenvolvimento de Negócios, com investimentos de R$ 150 mil por empresa.


Rumo e Senai lançam edital de inovação para o setor ferroviário

Processo irá selecionar projetos de inovação para o desenvolvimento de soluções tecnológicas em materiais e estruturas para a logística ferroviária.

Rumo e Senai lançam edital de inovação para o setor ferroviário