Portal O Debate
Grupo WhatsApp

O Futuro do Varejo está na Palma da sua Mão

O Futuro do Varejo está na Palma da sua Mão

21/06/2019 Junior Borneli

"O cliente não quer mais ir até as marcas e produtos, ele quer que tudo isso chegue até ele da forma mais natural e conveniente possível."

O Futuro do Varejo está na Palma da sua Mão

Se você já foi para uma cidade pequena, deve ter visto aqueles mercadinhos e mercearias antigas onde o dono tem cabelos brancos e conhece todos os clientes pelo nome.

Mesmo que você nunca tenha entrado em uma mercearia dessas, já deve ter ido muitas vezes ao mercado fazer compras em família, ou ao shopping com amigos aos finais de semana.

Seja uma pequena mercearia, um grande mercado ou um gigantesco shopping, a lógica é a mesma: o cliente é quem sempre busca pela marca ou produto.

Só que desde a invenção do smartphone, tudo isso começou a mudar.

No final de semana passada eu fui na versão Express de uma grande rede de Supermercados (seria a nova versão das "mercearias" de bairro?) e ela estava completamente vazia de clientes, mas lotada de motoboys.

Todos com celular na mão fotografando produtos para seus clientes online. Rappi, Loggi, Glovo… todas estavam ali.

O cliente não quer mais ir até as marcas e produtos, ele quer que tudo isso chegue até ele da forma mais natural e conveniente possível.

Quem entra no aplicativo de entregas para fazer compras de supermercado, por exemplo, no fundo não é mais cliente do mercado, é cliente do aplicativo que está ali, à disposição na palma da mão.

Se amanhã o cliente encontrar uma promoção na concorrente ou um novo produto, ele vai te trocar. Mas vai continuar pedindo pelo aplicativo.

Não é mais a loja perto de você que ganha sua confiança: é a que mais aparece na sua timeline, a que oferece mais serviços no mesmo app que você usa, a que oferece cupons no dia do seu aniversário e manda SMS com mensagens engraçadinhas no meio do jogo do Brasil.

Estar onde o cliente também está é a nova forma de varejistas e marcas mostrarem e venderem seus produtos.

Quem dominar melhor essas tendências ficará mais presente no dia a dia dos clientes, terá os dados para oferecer exatamente o que eles precisam e se destacará no mercado.

Empresas como Alibaba dominam isso com perfeição, e conseguem bilhões de dólares em vendas graças a sua presença no celular do cliente certo, na hora certa e com o produto certo.

E se você acha que isso acontece "por que é na China", não se engane: a AliExpress, o braço ocidental da Alibaba, já é o terceiro e-commerce onde os brasileiros mais compram.

Conversando com amigos do varejo, percebo que muitos deles estão em busca de tecnologia mais avançada para alcançar mais clientes.

Várias aplicações dessas tecnologias estarão no próximo Varejotech Conference, que acontecerá em Agosto, no Expo Center Norte, em São Paulo.

Mas a maioria dos varejistas não estão percebendo uma grande tendência. Talvez a mais importante:

As varejistas que quiserem se destacar precisam usar as tecnologias para estar nos mesmos lugares que o seu cliente, unindo um bom atendimento com um  tom mais pessoal, como era comum nas antigas mercearias.

Já estão confirmadas no Varejotech deste ano empresas como Rappi, Vtex, Mercado Livre, Zaitt e muitas outras que se destacam exatamente nessa tendência, que considero a mais importante.

Se você ficou interessado, aproveite o lote de Pré-Venda dos ingressos. Você economiza 396,00 reais caso confirme sua presença hoje!

Inovar muitas vezes não está apenas em usar mais tecnologias. Está em saber como e onde usá-las para realmente fidelizar seu cliente.

Acesse a página e garanta sua vaga antes que o desconto acabe.

* Junior Borneli é fundador da StartSe



Os próximos passos da Inteligência Artificial

É necessário tomar medidas para gerenciar riscos, compreender a complexidade e dimensionar o impacto da IA nos negócios.

Autor: Cesar Ripari

Os próximos passos da Inteligência Artificial

Segurança pública do Brasil: o papel das inovações tecnológicas

Não é novidade que temos enfrentado desafios complexos quando o assunto é segurança pública no Brasil.

Autor: Camila Rissi

Segurança pública do Brasil: o papel das inovações tecnológicas

Tecnologia à serviço do crime: a vez do clone de voz

O risco é para todos e as medidas para reduzi-los e evitar prejuízos financeiros e, claro, emocionais, passa por alguns poucos, mas eficazes cuidados.

Autor: Gustavo Alonge

Tecnologia à serviço do crime: a vez do clone de voz

Nanoscópio desenvolvido na UFMG conquista Prêmio Péter Murányi 2024

Edição teve 144 trabalhos indicados por 78 instituições de ensino do país.

Autor: Divulgação

Nanoscópio desenvolvido na UFMG conquista Prêmio Péter Murányi 2024

Maior copa de robótica reúne competidores nacionais e internacionais

A IRONCup evidencia os robôs para além das máquinas e aposta nas tecnologias robóticas como uma ferramenta de ensino.

Autor: Divulgação

Maior copa de robótica reúne competidores nacionais e internacionais

Evolução tecnológica e a robótica ao alcance de mais empresas

Os avanços tecnológicos não estão somente aprimorando a automação industrial, mas também tornando a robótica cada vez mais acessível.

Autor: Rodrigo Bueno

Evolução tecnológica e a robótica ao alcance de mais empresas

Robôs humanóides irão construir as próximas BMWs

Hitty-Ko explica benefícios e malefícios do uso dessa tecnologia nas fábricas.

Autor: Divulgação

Robôs humanóides irão construir as próximas BMWs

Inovação: abrace a mudança antes que ela abrace o seu negócio

O conceito ambidestria organizacional foi apresentado pela primeira vez em 1976 pelo pesquisador norte-americano Robert B. Duncan.

Autor: Eduardo Zugaib

Inovação: abrace a mudança antes que ela abrace o seu negócio

Como a tecnologia impacta o atendimento ao aluno na volta às aulas

Especialista destaca práticas para aprimorar a experiência proporcionada pelas instituições de ensino em 2024.

Autor: Divulgação

Como a tecnologia impacta o atendimento ao aluno na volta às aulas

Como a tecnologia pode favorecer a distribuição de medicamentos?

Nenhum software sozinho irá solucionar todos os desafios da gestão da distribuição de medicamentos.

Autor: Paulo Pompêo

Como a tecnologia pode favorecer a distribuição de medicamentos?

Na contramão da inovação: como o Brasil acelera rumo ao passado automotivo

O aumento tarifário de importação em até 35% nos próximos anos foi declarado como tendo por objetivo o estímulo à produção doméstica de veículos elétricos.

Autor: Rafael Levy

Na contramão da inovação: como o Brasil acelera rumo ao passado automotivo

Brasileiro cria bafômetro veicular para prevenir condução alcoolizada

A Volvo do Brasil foi a primeira fabricante a lançar o bafômetro que impede a partida de caminhões e ônibus, chamado por de Alcolock.

Autor: Frota News

Brasileiro cria bafômetro veicular para prevenir condução alcoolizada