Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Proteja sua casa nas férias com tecnologias inteligentes

Proteja sua casa nas férias com tecnologias inteligentes

01/02/2022 Ana Luiza Cardoso Vieira

Estamos no período de férias e as viagens estão agendadas para aproveitar essa época.

Proteja sua casa nas férias com tecnologias inteligentes

Apesar de toda a alegria, ao sair de casa por um período prolongado, fica a preocupação de deixar a residência protegida contra roubos ou problemas domésticos. Segundo algumas Secretarias de Segurança Estadual do Brasil, os registros de casas invadidas aumentam nessa época do ano, assim como a ocorrência de incêndios e vazamento de gás de cozinha, o que resulta em grandes prejuízos e dores de cabeça para os moradores.

Com isso, a tecnologia tornou-se importante aliada na prevenção desses problemas residenciais, principalmente nos locais em que se utilizam dispositivos de casa inteligente, soluções que fazem parte do universo da Internet das Coisas (IoT). Hoje, temos à disposição produtos cada vez mais práticos, que podem ser adquiridos sem grandes investimentos e instalados sem aquele quebra-quebra das obras, já que são fáceis de manusear e podem ser configurados via smarthphones ou assistentes de voz, como Alexa e Google.

Denominados como Plug and Play (conecte e use), esses dispositivos inteligentes são práticos e, na maior parte das vezes, podem ser instalados e utilizados por qualquer pessoa. Ou seja, você só precisa fixá-los em determinados locais da casa, configurá-los pelo aplicativo no smarthphone e pronto: seu lar já pode ser monitorado remotamente.

Esses dispositivos IoT estão atrelados ao conceito de casa inteligente, que ganha cada vez mais relevância no mercado, principalmente no Brasil e contribui para isso a Lei Federal 14.108, sancionada em dezembro de 2020, que promove incentivos e benefícios tributários à Internet das Coisas. Até 2023, estima-se um crescimento de 20% desses produtos nas residências brasileiras, onde, atualmente, já existem aproximadamente mais de 320 mil casas conectadas.

Simples de instalar e fáceis de usar, os dispositivos IoT deixam as residências mais seguras de maneira prática e com preços acessíveis. Quem pretende utilizá-los, pode aproveitar as opções de monitoramento que possibilitam ao usuário aproveitar as férias, sabendo o que acontece em sua casa, mesmo a distância:

Alarmes

Os alarmes são dispositivos de uso mais comum em residências. Em se tratando de casa inteligente há modelos muito fáceis de instalar e configurar. Entre os exemplos de monitoramento inteligente, existem os sensores de presença e de abertura, que, além de emitirem alarme sonoro e/ou visual, ainda podem enviar alertas para o smartphone. São produtos que sinalizam quando uma janela, porta e até mesmo gavetas são abertas, por exemplo, e podem ser fixados com adesivos dupla face. Ainda existem as sirenes smart que são acionadas quando algum dos sensores é violado, gerando um aviso luminoso e sonoro no local monitorado.

Uma das vantagens desses dispositivos é que funcionam por baterias e continuam operando mesmo com quedas de energia elétrica. Outra, é que enviam alertas aos smartphones dos moradores caso ocorram atividades suspeitas na casa, o que é excelente principalmente para quem está viajando, já que pode monitorar a casa com mais efetividade.

Como esses dispositivos de monitoramento se comunicam via Wi-Fi, é necessária a utilização de um hub de automação para seu funcionamento, que trabalha como o ‘’cérebro’’ do sistema. A vantagem é que você pode adquirir separadamente os produtos e ir montando aos poucos o sistema de alarmes em sua casa.

Detecção de fumaça e gás de cozinha

Além do monitoramento de invasões, existem no mercado dispositivos que alertam sobre possíveis problemas domésticos, como fumaça e vazamento de gás de cozinha. Trata-se de detectores smart, que utilizam a rede Wi-Fi para a comunicação e são fáceis de instalar, podendo ser parafusados ou fixados com uma fita dupla face. Eles funcionam por bateria de alta durabilidade (cinco anos em média), o que garante um funcionamento sem energia elétrica.

Quando esses dispositivos detectam fumaça ou vazamento de gás de cozinha na casa, seja gás natural ou GLP, emitem um sinal sonoro de alerta no local e enviam uma notificação para o aplicativo instalado no smartphone do morador da residência, proporcionando a tomada de medidas adequadas de maneira remota, se necessário.

Liberação de acesso a distância

Outro dispositivo prático utilizado na segurança é o de acesso residencial. Hoje, existem modelos de videoporteiro do tipo Plug and Play que permitem atender e visualizar o visitante, conversar com ele e até liberar o acesso de onde estiver - em conjunto com uma fechadura digital smart, por exemplo -, já que todo o controle é realizado por smartphones. Com um simples clique no aplicativo, é possível interagir com o visitante e receber no smartphone imagens em alta resolução da pessoa com quem está conversando.

Para liberar o acesso remotamente e ter ainda mais praticidade na sua rotina, durante ou depois das férias, o usuário pode contar com fechaduras digitais smart. Só elas permitem saber quando a residência foi acessada e ainda geram senhas com horários predefinidos. Assim, é possível criar uma senha específica para um funcionário, que ficará ativa apenas no período programado, proporcionando mais segurança e maior controle do acesso residencial.

Além de monitorar os acessos, esses dispositivos têm a vantagem de se integrarem a outros produtos IoT como as lâmpadas inteligentes, que podem ser configuradas para iluminar e melhorar a visibilidade do local quando o videoporteiro é acionado. Também é possível liberar o acesso de pessoas por assistentes de voz, caso esteja em casa.

Vigilância por vídeo

Para quem gosta de vistoriar a situação da casa enquanto aproveita as férias, como dar aquela espiada no quintal ou se certificar de que realmente fechou uma porta ou janela específica, o monitoramento por vídeo é umas das melhores opções. Há diversos tipos de câmeras no mercado, desde aquelas mais robustas, com funções profissionais, até as câmeras smart, que funcionam por Wi-Fi e fazem parte das linhas de casa inteligente. Esses dispositivos smart de vigilância são fáceis de instalar e podem, por exemplo, ser colocados sobre algum móvel da casa ou fixados com ímã ou adesivo dupla face.

As câmeras smart são muito fáceis de configurar por aplicativo, sendo preferível optar por marcas que ofereçam modelos com alta definição de imagem em Full HD e com visão noturna, alguns dos quais têm inclusive a função de áudio bidirecional, que permite ouvir quem está no ambiente monitorado e se comunicar com a pessoa. As próprias câmeras smart enviam notificações quando detectam alguma movimentação nos ambientes monitorados, e podem ser configuradas e acessadas por um smartphone.

Iluminação inteligente

No passado, era muito comum que, ao viajar, as pessoas deixassem algumas luzes de casa acesas para simular presença, atitude que pode acabar atraindo criminosos e, claro, elevando a conta de energia elétrica. Hoje, uma solução para essas situações é a instalação de lâmpadas smart, cujo acionamento pode ser programado pelo smartphone. Essas lâmpadas inteligentes são instaladas da mesma forma que as comuns, bastando girá-las no bocal. Depois, é só configurar de forma intuitiva pelo aplicativo.

Além da proposta de segurança residencial, a iluminação inteligente pode promover uma economia significativa na conta de energia elétrica, já que seu acionamento pode ser programado a distância.

Democracia tecnológica

Cada vez mais a tecnologia torna-se democrática, possibilitando às pessoas o acesso a produtos inovadores, que facilitam o dia a dia, como os dispositivos de IoT para a proteção residencial. Além disso, esses produtos são fáceis usar e não demandam grandes investimentos para serem adquiridos e instalados.

Com as opções variadas de soluções tecnológicas disponíveis no mercado, é possível equipar a casa aos poucos, conforme o bolso e a necessidade de cada pessoa, instalando um sistema inteligente acessível e que traz benefícios valiosos ao cotidiano, como poder viajar nas férias sem se preocupar com a residência, já que ela está sendo monitorada de maneira eficiente. Em resumo, temos a tecnologia a nosso favor e ao nosso alcance para nos proporcionar uma vida melhor e mais segura.

* Ana Luiza Cardoso Vieira é gerente de segmento da Intelbras.

Para mais informações sobre Segurança Residencial clique aqui...

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Fonte: Trama Comunicação



Metaverso na construção civil: o futuro é virtual

O metaverso que constrói o mundo virtual de Snow Crash, livro de Neal Stephenson de 1992, é daqueles shows de ficção que enredam o leitor do começo ao fim.

Metaverso na construção civil: o futuro é virtual

Pode Mushe (XMU) vencer Decentraland e The Sandbox?

O token Mushe (XMU) criará forte competição para o Decentraland (MANA) e The Sandbox (SAND).

Pode Mushe (XMU) vencer Decentraland e The Sandbox?

Mercado de soluções 5G no Brasil deve chegar a R$ 101 bilhões

Estudo foi apresentado pelo Ministério da Economia.

Mercado de soluções 5G no Brasil deve chegar a R$ 101 bilhões

Quatro principais dúvidas sobre TVs QLED

Tecnologia segue evoluindo e garante imagens mais nítidas e reais.

Quatro principais dúvidas sobre TVs QLED

GOL anuncia integração com Alexa, inteligência artificial da Amazon

Disponível para download na Skill Store da Amazon, novidade permite que os Clientes da Companhia possam consultar o status de voo via comando de voz.

GOL anuncia integração com Alexa, inteligência artificial da Amazon

Publicidade customizada é o futuro da TV aberta

O novo recurso, já em desenvolvimento para a TV 3.0, permitirá que anunciantes e emissoras criem conteúdos mais direcionados à localização e às preferências do telespectador.

Publicidade customizada é o futuro da TV aberta

SpaceX inicia nova missão e coloca nanossatélite da UnB em órbita

Projeto pretende trazer novas soluções de enlaces nas faixas de frequências de rádio amador.

SpaceX inicia nova missão e coloca nanossatélite da UnB em órbita

Mais de 4 milhões de metros de cabos de telecomunicações foram roubados em 2021

Pelo terceiro ano seguido o volume de cabos roubados passa de 4 milhões de metros. Ações criminosas deixaram mais de 6 milhões de clientes sem serviço no ano passado.

Mais de 4 milhões de metros de cabos de telecomunicações foram roubados em 2021

Conselho Federal de Medicina regulamenta a cirurgia robótica

Regras para o procedimento foram publicadas no Diário Oficial da União.

Conselho Federal de Medicina regulamenta a cirurgia robótica

Brasília sedia a maior feira de tecnologia do mundo

Campus Party também será realizada em São Paulo, em julho.

Brasília sedia a maior feira de tecnologia do mundo

Tecnologia auxilia na gestão de instituições privadas

Softwares têm o desafio de conciliar administrativo e pedagógico; necessidade do ensino remoto intensificou o processo.

Tecnologia auxilia na gestão de instituições privadas

Como empresas de tecnologia podem aproveitar a estratégia para ampliar sua atuação

Em um cenário em que as empresas estão implantando políticas de ESG para enfrentar os desafios das mudanças climáticas e das novas demandas sociais, como a tecnologia pode contribuir para esse objetivo?

Como empresas de tecnologia podem aproveitar a estratégia para ampliar sua atuação