Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Começam os testes com o Mercedes-Benz movido a base de hidrogênio

Começam os testes com o Mercedes-Benz movido a base de hidrogênio

21/05/2021 Marcos Villela (Transporte Mundial)

A fabricante de caminhões está focando na célula de combustível com base em hidrogênio para a eletrificação de seus caminhões.

Começam os testes com o Mercedes-Benz movido a base de hidrogênio

Os caminhões movidos a célula de combustível são o maior desafio dos fabricantes europeus para concretizar a oferta comercial desses modelos, antes que fabricantes asiáticos avancem no mercado, como já ocorre na Suíça com a chegada dezenas de unidades do pesado da Hyundai. Por isso, a Daimler Trucks acelera os testes rigorosos com o primeiro protótipo Mercedes-Benz GenH2 Truck.

A fabricante de caminhões está focando na célula de combustível com base em hidrogênio para a eletrificação de seus caminhões, atendendo desde a distribuição urbana até o transporte rodoviário de longas distâncias. A Daimler Trucks busca atingir autonomia de até 1.000 quilômetros ou mais em um só tanque de hidrogênio.

De acordo com o plano de desenvolvimento da Daimler Trucks, o caminhão também será testado em vias públicas antes do final deste ano e os testes com clientes estão programados para começar em 2023. Os primeiros Mercedes-Benz GenH2 Truck produzidos em série devem ser entregues aos clientes a partir de 2027.

“A propulsão por célula de combustível com base em hidrogênio se tornará indispensável para o transporte rodoviário de longas distâncias neutro em CO2 no futuro. Além disso, um impulso considerável está sendo dado pelo claro compromisso assumido pelas agências reguladoras nacionais e europeias quanto ao uso de hidrogênio para o transporte rodoviário de mercadorias. O apoio político desempenha um papel importante para a criação de uma infraestrutura para o hidrogênio verde e para tornar o uso de caminhões com célula de combustível economicamente viável para nossos clientes”, acrescenta Martin Daum, presidente do Conselho de Administração da Daimler Truck AG.

A Daimler Trucks atualizou sua política para veículos comerciais eletrificados. Ela também apresentou como será seu caminhão movido a célula de combustível com base em hidrogênio para operações de transporte em longas distâncias. O caminhão “GenH2 Truck” da Mercedes-Benz, que teve o veículo-conceito apresentado, marca o início da propulsão por célula de combustível.

Com o “GenH2 Truck”, o grupo apresenta tecnologias específicas para que o caminhão tenha autonomia de até 1.000 quilômetros ou mais com um só abastecimento do tanque de hidrogênio. A Daimler Trucks planeja começar testes do “GenH2 Truck” junto a clientes em 2023. A produção em série deverá ter início na segunda metade desta década. Graças ao uso de hidrogênio líquido em vez do gasoso, com sua maior densidade energética, o desempenho do veículo está planejado para igualar o de caminhões equivalentes convencionais movidos a diesel.

A Daimler Trucks também mostrou uma prévia do caminhão para longas distâncias movido exclusivamente por bateria, o “eActros LongHaul” projetado para cobrir rotas regulares planejáveis. Ela planeja começar a vender o “eActros LongHaul” com a produção em série em 2024. Sua autonomia com a carga de uma bateria será de aproximadamente 500 quilômetros.

Fonte de energia do GenH2 Truck

A Daimler Trucks está avançando no desenvolvimento das tecnologias de sistemas de tanques que são necessários para tornar o hidrogênio líquido utilizável como fonte de energia em caminhões com células de combustível produzidos em série. O armazenamento de hidrogênio líquido criogênico a -253 graus Celsius já é prática comum em aplicações estacionárias, por exemplo, na indústria ou em postos de abastecimento de hidrogênio. Isso também se aplica ao transporte de hidrogênio líquido como carga.

Os dois tanques de hidrogênio líquido, feitos de aço inoxidável, destinados à versão em série do GenH2, terão uma capacidade de armazenamento particularmente alta de 80 kg (40 kg cada) para cobrir longas distâncias. O sistema de tanques consiste em dois tubos, um dentro do outro, que são conectados um ao outro e isolados a vácuo. Na versão em série desse caminhão, o sistema de célula de combustível deverá fornecer 2 x 150 kW e a bateria deverá fornecer 400 kW adicionais temporariamente.

* Marcos Villela - Editor da revista e site Transporte Mundial desde fevereiro de 2002.

Para mais informações sobre Caminhões clique aqui...

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Fonte Transporte Mundial



VWCO será primeira montadora do mundo a usar bateria com nióbio de carga ultrarrápida

Esse ineditismo na indústria automotiva está sendo possível graças a parceria com a CBMM anunciada no dia 16 de setembro.

VWCO será primeira montadora do mundo a usar bateria com nióbio de carga ultrarrápida

Autorização ferroviária beneficia MG com 610 quilômetros de novos trilhos

Projeto ligando os municípios de Presidente Kennedy, no Espírito Santo, aos mineiros Conceição do Mato Dentro e Sete Lagoas tem investimento de R$ 14 bilhões.

Autorização ferroviária beneficia MG com 610 quilômetros de novos trilhos

Velocidade é a principal causa de colisões nas rodovias federais

Levantamento da PRF mostra que, no primeiro semestre de 2021, ocorreram 3.467 ocorrências de colisões no país.

Velocidade é a principal causa de colisões nas rodovias federais

Aeroporto de Uberaba passará a contar com novos voos da Azul 

A partir de novembro, iniciarão as frequências diretas para Campinas e no verão. Haverá voos diretos para Maceió e Porto Seguro.

Aeroporto de Uberaba passará a contar com novos voos da Azul 

Volvo testa rodotrem com FH inédito no Brasil, com dezenas de diferenças ao modelo atual

Pronto para teste em operações reais, a Volvo apresenta um novo conceito de caminhão para o transporte de grãos.

Volvo testa rodotrem com FH inédito no Brasil, com dezenas de diferenças ao modelo atual

Sete recursos para melhorar a qualidade de vida do usuário no transporte público

Da compra de bilhetes a integração de modais de transporte, as inovações tecnológicas assumirão o protagonismo da mobilidade urbana nos próximos anos.

Sete recursos para melhorar a qualidade de vida do usuário no transporte público

Polêmica na estrada

Projeto de Lei impede que aplicativos como o Buser comercializem passagens de ônibus fretado entre municípios do Estado.

Polêmica na estrada

Prêmio Transporte Responsável 2021 abre inscrições

Já estão abertas as inscrições para a 9ª edição do Prêmio Transporte Responsável.


Shell lança aplicativo para abastecimento de frotas

O app Shell Box Empresas é totalmente gratuito para fidelizar clientes no uso da rede de postos Shell.

Shell lança aplicativo para abastecimento de frotas

Transferência de veículos poderá ser feita por aplicativo

Por enquanto, medida está disponível em cinco estados.

Transferência de veículos poderá ser feita por aplicativo

Delta continua a renovação da frota com a adição de 30 Airbus A321neos

A Delta já opera 121 aviões da família A321ceo de maior porte.

Delta continua a renovação da frota com a adição de 30 Airbus A321neos

Nova lei paulistana aquece o mercado de recarga de veículos elétricos e híbridos

A nova Lei municipal prevê a obrigatoriedade da instalação de carregadores de veículos elétricos e híbridos em edifícios residenciais e comerciais.

Nova lei paulistana aquece o mercado de recarga de veículos elétricos e híbridos