Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Volks se prepara para ser líder de carros elétricos

Volks se prepara para ser líder de carros elétricos

20/11/2018 Nik Martin (DW)

Empresa alemã pretende gastar 44 bilhões de euros nos próximos cinco anos com remodelação de fábricas para produção de veículos elétricos.

Volks se prepara para ser líder de carros elétricos

A Volks deu mais um passo para deixar para trás o escândalo de emissões, conhecido por Dieselgate, depois que seu conselho administrativo deu sinal verde para sua ambiciosa estratégia de eletromobilidade.

Nos próximos dois anos, três de suas fábricas na Alemanha serão readaptadas para a produção de veículos elétricos. A empresa sediada em Wolfsburg pretende criar a maior rede de produção de automóveis movidos a energia elétrica da Europa.

A Volks informou que seu investimento de 44 bilhões de euros (cerca de 190 bilhões de reais) incluiria a reforma de suas instalações de produção em ao menos três unidades para ajudar a atingir sua meta de lançar 30 veículos totalmente elétricos ao longo da próxima década.

O objetivo é atingir vendas anuais de 2 a 3 milhões de carros elétricos até 2025, o que representaria até 25% de sua receita total.

O conselho administrativo também anunciou planos para um carro elétrico popular, que deverá custar até 20 mil euros (por volta de 86 mil reais). Espera-se que os primeiros veículos totalmente elétricos da Volks deixem as esteiras de produção até 2021, de acordo com a estratégia Together 2025, apresentada pela empresa.

A montadora também planeja ampliar a sua competência na produção de células de bateria para veículos elétricos, em meio a preocupações de que a Alemanha esteja perdendo terreno para a Ásia.

A VW planeja ocupar os 9 mil funcionários de sua fábrica em Emden, no noroeste da Alemanha, com a tarefa de construir o seu primeiro modelo elétrico de menos de 20 mil euros. Uma vez que a fábrica esteja remodelada, a unidade de Emden poderá produzir 300 mil pequenos e médios veículos elétricos por ano, estima a empresa.

A produção do Passat, que atualmente é realizada em Emden, será transferida para a fábrica da Skoda em Kvasiny, na República Tcheca.

A fábrica da Volks em Zwickau, no leste da Alemanha, já está sendo preparada para se tornar a maior unidade de produção de carros elétricos da Europa. O primeiro modelo da empresa baseado em seu kit de acionamento elétrico modular (MEB) começará a ser produzido no final de 2019. Seis modelos elétricos pertencentes a três marcas da Voks serão produzidos em Zwickau a partir de 2021.

A unidade de Hannover, que emprega por volta de 16 mil pessoas, deverá fabricar vans elétricas de carga a partir de 2022. A planta também produzirá cerca de 100 mil vans ID Buzz por ano, a versão elétrica da icônica Kombi.

Outros marcas de carros elétricos devem ser adicionadas e a fábrica manterá a produção de alguns veículos com motor de combustão.

Com rumores de ser um crossover compacto de cinco portas à base do Polo, o modelo popular deverá custar menos de 20 mil euros.

Conhecido internamente como MEB Entry, o modelo popular da família I.D. de carros elétricos permitirá à Volks competir com a rival americana Tesla, que também pretende conferir ao seu Model 3 uma repaginação para o mercado de massa.

O Model 3, que estará disponível na Alemanha a partir do próximo ano, custará 31 mil euros . Segundo a mídia alemã, o equivalente elétrico da Volks não estará pronto antes dos próximos quatro anos.

Após o governo alemão ter garantido seu apoio, nesta semana, à produção doméstica de células de bateria, a Volks confirmou que está mantendo conversações com a fabricante de baterias sul-coreana SKI Innovation para um possível consórcio na Alemanha.

Embora a Alemanha tenha deixado que os produtores asiáticos assumissem a liderança na produção de células de bateria, fontes da indústria automobilística acreditam que é vital que a produção doméstica seja ampliada.

Nesta semana, a Volks assinou um acordo importante com a SKI para o fornecimento de células de bateria para a frota de veículos elétricos, mas a possível joint-venture também poderia construir novas fábricas na Europa e na América do Norte.

A Volks afirma que os empregos de seus funcionários estão garantidos até 2028, mas como a eletromobilidade tem menos etapas de produção, estima-se que uma equipe menor seria necessária a longo prazo.

A empresa afirmou que planeja diminuir o número de trabalhadores por meio de um esquema de aposentadoria parcial e redução natural do número de funcionários.

Sempre que for possível, trabalhadores temporários que não são mais necessários em Hannover, Emden ou Zwickau receberão contratos em fábricas pertencentes a outras marcas da Volks.



Financiar carro vale a pena?

Especialista em análise de crédito esclarece os principais mitos dessa alternativa.

Financiar carro vale a pena?

Alta dos combustíveis? Conheça outras opções para aliviar o bolso

Apostar nos recursos tecnológicos é também uma alternativa para garantir praticidade durante o trajeto até o destino.

Alta dos combustíveis? Conheça outras opções para aliviar o bolso

Volkswagen antecipa novos NFTs após primeira coleção esgotar em poucas horas

Projeto desenvolvido pela startup brasileira OnePercent vende primeira coleção logo após o lançamento e anuncia novas coleções e funcionalidades.

Volkswagen antecipa novos NFTs após primeira coleção esgotar em poucas horas

Somente metade dos brasileiros usam cinto de segurança no banco de trás do carro

O uso do cinto impede que o passageiro seja arremessado, diz especialista.

Somente metade dos brasileiros usam cinto de segurança no banco de trás do carro

Produção de veículos aumenta 11,4% em março, diz Anfavea

Na comparação com março do ano passado, produção foi 7,8% inferior.

Produção de veículos aumenta 11,4% em março, diz Anfavea

Governo Federal cria programa para renovação de frota de caminhões

Entre os objetivos do programa está a retirada de circulação da frota com mais de 30 anos de fabricação.

Governo Federal cria programa para renovação de frota de caminhões

Aeroporto Internacional de Belo Horizonte inaugura Passarela Mineira

Espaço de convivência faz parte do projeto de modernização do Terminal de Passageiros 1.

Aeroporto Internacional de Belo Horizonte inaugura Passarela Mineira

Projeto de mobilidade elétrica é lançado em Fernando de Noronha

Serão inseridos 14 carros elétricos e uma rede de eletropostos com 12 pontos de recarga interligados na ilha.

Projeto de mobilidade elétrica é lançado em Fernando de Noronha

Reciclagem de baterias de veículos elétricos pode ser realidade no país em poucos anos

Ação visa o desenvolvimento de processo de reciclagem de células de baterias de íon-lítio dos veículos da BMW.

Reciclagem de baterias de veículos elétricos pode ser realidade no país em poucos anos

Mesmo caminhando a passos lentos, carros elétricos dominarão o transporte público

O setor de mobilidade urbana ainda precisa cumprir algumas tarefas para ser um exemplo de eficiência no Brasil.

Mesmo caminhando a passos lentos, carros elétricos dominarão o transporte público

Mercedes-Benz reduz dependência da Cemig na fábrica de Juiz de Fora (MG)

A área dispõe de placas de energia fotovoltaica capazes de produzir uma potência de 10.000 kwh/mês.

Mercedes-Benz reduz dependência da Cemig na fábrica de Juiz de Fora (MG)

Será que ainda vale a pena ter carro?

Essa é uma pergunta que toda pessoa que quer ou tem um carro se faz, ainda mais nos dias de hoje em que temos facilidades adicionais com os aplicativos.

Será que ainda vale a pena ter carro?