Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Como planejar um intercâmbio pós-pandemia?

Como planejar um intercâmbio pós-pandemia?

20/08/2021 Erik Barbosa

Felizmente, as fronteiras de muitos países estão sendo reabertas.

Como planejar um intercâmbio pós-pandemia?

Com o avanço da vacinação, muitos já estão voltando a receber brasileiros – ainda, claro, seguindo todas as medidas de segurança necessárias. Isso quer dizer que, agora, os planos de realizar um intercâmbio, que ficaram estagnados por tanto tempo, já podem ser retomados.

Segundo uma pesquisa do The Student World, 83% dos jovens desejam realizar um intercâmbio no pós-pandemia. E, com tantas oportunidades de estudo e trabalho ao redor do mundo, conquistá-las é só uma questão de planejamento e organização.

Então, já é hora de você se preparar. Por isso, listamos aqui cinco passos fundamentais para você começar a arrumar as malas agora mesmo:

#1 Exigência de vacinação: Um dos principais requisitos exigidos pelos países que estão permitindo a entrada de brasileiros é a vacinação completa. Cada um possui sua própria lista de imunizantes aprovados pelo governo local. Antes de viajar, certifique-se dessa regra no destino escolhido e de que você está imunizado com uma das vacinas solicitadas para estrangeiros. O recomendado é apresentar o Certificado Nacional de Vacinação Covid-19 (CNVC) com autenticação por QR Code, que pode ser emitido em inglês ou espanhol no site do Conecte SUS Cidadão após o término do ciclo vacinal. 

#2 Medidas de segurança locais: Além da vacinação, cada país também está adotando medidas de segurança contra a Covid-19, de acordo com a situação na qual se encontram. Enquanto alguns somente exigem a imunização em dia, outros estabelecem uma quarentena mínima para todos os viajantes, assim que chegarem ao seu território. Sem falar no uso de máscaras, que pode estar liberado ou não. É importante estar ciente dessas regras e segui-las, para que não entre em conflito.

#3 Moradia: Uma das questões mais importantes do planejamento do intercâmbio é a escolha de onde você irá morar. Além dos locais oferecidos pelas próprias instituições de ensino, outras opções muito buscadas são as casas de família e albergues. Neste momento, dê preferência por ambientes mais abertos e com uma boa ventilação por questões de saúde. Opte ainda, por moradias próximas ao lugar onde irá estudar – assim, poderá ir a pé, evitando o transporte público, onde deve haver certa aglomeração.

#4 Oferta de cursos online: Enquanto ainda não estamos com um seguro controle do vírus, muitas instituições podem limitar as aulas presenciais ou atrasar seus conteúdos. Aquelas que disponibilizam aulas online são a melhor opção neste momento. Dessa forma, os alunos não serão prejudicados e poderão acompanhar as aulas mesmo à distância, em casos de novos períodos de isolamento social.

#5 Tempo de permanência: Cada programa terá uma duração diferente, que pode ser desde apenas uma semana até mais de dois anos. Ao planejar sua viagem, esteja claro do tempo ideal no qual permanecerá no país escolhido – principalmente para que consiga se organizar financeiramente para arcar com todos os custos necessários. Uma boa opção é optar por um programa com visto de trabalho.

Conquistar sua experiência internacional pode estar mais próximo do que você imagina. Muitas agências e escolas estão com preços e condições de pagamento especiais a fim de acelerar a retomada no mercado. Há programas onde é possível pagar pelos estudos enquanto se trabalha no país, já recebendo na moeda local. Existem ainda programas de financiamento que permitem parcelar os estudos em até 36 meses, pagando durante a viagem. Mesmo que ainda longe da volta ao normal, os planos para intercâmbio não precisam mais ficar engavetados. Ficando atento a todos os detalhes, sua viagem tem tudo para se tornar inesquecível!

* Erik Barbosa é gerente de produtos da SEDA Intercâmbios.

Para mais informações sobre Intercâmbio clique aqui...

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Fonte: Informa Midia



Qualidade na educação: muito mais que índices de aprendizagem

Qualidade na educação é um conceito complexo que pode se modificar conforme o contexto, os valores, a cultura e a identidade de cada local.

Qualidade na educação: muito mais que índices de aprendizagem

Um em cada dez estudantes já foi ofendido nas redes sociais, mostra IBGE

A coleta dos dados foi feita antes da pandemia, entre abril e setembro de 2019.

Um em cada dez estudantes já foi ofendido nas redes sociais, mostra IBGE

Senai abre inscrições para o Grand Prix de inovação

Desafios terão de ser resolvidos por estudantes.


Brincadeiras para fazer no Dia Mundial da Alfabetização

Para que o processo de alfabetização ocorra, as crianças precisam se conscientizar dos sons das palavras.

Brincadeiras para fazer no Dia Mundial da Alfabetização

Novo modelo de gestão para personalizar o ensino vai além da tecnologia

Precisamos falar de transformação digital. Ou melhor, precisamos traduzir a transformação digital (TD) para sua expressão mais completa e abrangente.

Novo modelo de gestão para personalizar o ensino vai além da tecnologia

O impacto das novas gerações nos modelos escolares

Seja nas instituições de ensino públicas ou privadas, a chegada de uma nova geração às salas de aula afeta os modelos escolares.

O impacto das novas gerações nos modelos escolares

Fundação Dom Cabral e Cotemig concedem bolsas de estudos para jovens de baixa renda

As oportunidades serão para Ensino Médio Técnico e graduação na área tecnológica.


Instituto Ling concede 25 bolsas de estudos para jovens brasileiros

Somente neste ano, a entidade investiu US$ 589 mil para auxiliar jornalistas, advogados, administradores, engenheiros e economistas a estudarem nos Estados Unidos e na Europa.

Instituto Ling concede 25 bolsas de estudos para jovens brasileiros

Técnicas para se concentrar nos estudos ouvindo música

Muitos alunos têm dúvidas se ouvir música durante os estudos pode melhorar o desempenho.

Técnicas para se concentrar nos estudos ouvindo música

Dicas para ajudar os pais na hora de fazer a matrícula dos filhos

Saiba o que considerar na hora de escolher a escola ideal, levando em conta questões como valores, religião, distância e formação dos professores.

Dicas para ajudar os pais na hora de fazer a matrícula dos filhos

Estímulo para o ensino de crianças se baseia no despertar de seu interesse

Um dos grandes desafios dos profissionais que lidam com o ensino infantil também passou a ser responsabilidade dos pais.

Estímulo para o ensino de crianças se baseia no despertar de seu interesse

Ensino híbrido é fundamental para o futuro da educação brasileira

É importante ter em mente que nada substituirá o processo de ensino-aprendizado de forma presencial.

Ensino híbrido é fundamental para o futuro da educação brasileira