Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Artrose nas mãos é comum, mas pode ser evitada

Artrose nas mãos é comum, mas pode ser evitada

03/02/2020 Divulgação

Doença normalmente associada à idade avançada, pode se manifestar muito cedo, causando dores e limitações motoras, mas é possível atenuar seus efeitos.

Artrose nas mãos é comum, mas pode ser evitada

É provável que já tenha ouvido falar dela, a osteoartrite, mais conhecida como artrose, é uma doença que atinge as articulações. Ela degenera as cartilagens, sem as quais um osso fica, repetidamente, se chocando contra o outro, o que não é bom, e ainda causa alterações das estruturas ósseas vizinhas. De acordo com o CDC (Centro de Controles e Prevenção de Doenças) dos Estados Unidos, 40% da população mundial tem ou terá artrose entre os dedos e o punho.

São as dores, o inchaço, além de deformações nos dedos, a dificuldade para pegar pequenos objetos e a falta de força que acompanham essa doença. "Nas mãos, a base do polegar é o ponto que mais sofre com o estresse mecânico e, por isso, é o que mais preocupa os médicos, pois tem mais chance de não responder aos tratamentos menos invasivos", explica o Ortopedista Dr. Bruno de Biase.

O especialista diz que ao longo da vida e do uso das articulações, é normal ocorrer esse desgaste das cartilagens. O que torna isto um problema mais grave é quando acontece de forma precoce. "Algumas doenças como fraturas, lesões ligamentares, infecções e doenças reumatológicas podem predispor ao desenvolvimento de artrose precoce. É o que os médicos chamam de artrose secundária. São situações que podem levar estes jovens a tratamentos mais complicados e terem prejudicadas suas funções motoras numa fase muito ativa da vida", explica.

Neste caso, o melhor é prevenir - já que é uma doença sem cura - e é possível começar pelo estilo de vida. Segundo uma investigação da Universidade de Surrey, da Inglaterra, o sedentarismo e dieta desequilibrada aumentam os níveis de ácido lático no corpo, composto que, em abundância, contribui para a inflamação das juntas. "Cenário propício ao surgimento da artrose", explica a fisioterapeuta Dra. Gislaine Milena Marton, da clínica Quality Fisio & Pilates.

"Além da necessidade de investir em hábitos que colaborem com a qualidade de vida para retardar a manifestação dos sintomas, a fisioterapia, por exemplo, também é uma aliada para o tratamento e prevenção, pois trabalha com ênfase no fortalecimento de músculos e articulações, protegendo-os assim", conta.

A especialista esclarece que isso é muito importante porque músculos fortes suportam mais os movimentos de uma articulação que possa sofrer alguma degeneração das cartilagens. "Além disso, a fisioterapia melhora as funções mecânicas e ajuda o paciente a ter consciência corporal, proporcionando uma noção maior dos movimentos e de como executá-los, evitando assim, submeter as articulações a um estresse desnecessário ou ainda maior", completa.

Trabalhos que exigem muito dos dedos também estão associados ao surgimento precoce de artrose, isso inclui uso abusivo de smartphones, inclusive. Por isso, a fisioterapeuta indica ainda um cuidado diário para evitar dores nas articulações, como fazer uma pausa a cada 50 minutos de trabalho e não forçar seus limites. Isso pode evitar graves problemas no futuro.

Fonte: ML&A Comunicações



O tempo seco e as alergias

Com uma nova onda de calor chegando aliada ao tempo seco, comum nesta época do ano, as alergias respiratórias ganham força.

Autor: Divulgação

O tempo seco e as alergias

Nutrição e atividade física: saúde do corpo e da mente

A nutrição adequada fornece ao corpo os nutrientes necessários para funcionar corretamente.

Autor: Divulgação

Nutrição e atividade física: saúde do corpo e da mente

Cigarro: eletrônico ou “analógico”, é preciso se livrar dele!

Médicos do Hospital Paulista alertam para as diferentes formas de consumo da nicotina, todas prejudiciais à saúde.

Autor: Divulgação

Cigarro: eletrônico ou “analógico”, é preciso se livrar dele!

Quer envelhecer vivendo mais e melhor?

Então cuide agora da sua pressão arterial.

Autor: Felipe Vecchi

Quer envelhecer vivendo mais e melhor?

Glaucoma atinge milhões de pessoas no país e pode causar a perda de visão

Campanha Maio Verde visa estimular a conscientização sobre o diagnóstico precoce da doença, que tem progressão lenta e assintomática.

Autor: Divulgação

Glaucoma atinge milhões de pessoas no país e pode causar a perda de visão

Desconforto no joelho sem causa aparente?

Problema pode estar no quadril, alerta especialista.

Autor: Divulgação

Desconforto no joelho sem causa aparente?

Transplante capilar: cada paciente é de um jeito

Realizar o transplante capilar é um sonho para muitas pessoas com calvície ou com outros problemas que resultam na queda de cabelo.

Autor: ‌Melina Oliveira

Transplante capilar: cada paciente é de um jeito

O que o seu “catarro” quer dizer?

Especialista explica as principais doenças que podem causar a secreção na garganta e como tratar.

Autor: Divulgação

O que o seu “catarro” quer dizer?

Prevenção cardiovascular: quanto mais cedo melhor!

Em artigo, cardiologista da Unimed Araxá explica a importância de modificar fatores que originam as doenças.

Autor: Dr. Flávio Paes

Prevenção cardiovascular: quanto mais cedo melhor!

Sono ruim aumenta risco de glaucoma em até 20%, diz estudo

Ronco e sonecas durante o dia também aumentam chance de ter um glaucoma.

Autor: Divulgação

Sono ruim aumenta risco de glaucoma em até 20%, diz estudo

O que você precisa saber sobre a doença do beijo

Dr. Ricardo Kores, médico infectologista do HC-UFU responde às principais dúvidas.

Autor: Divulgação

O que você precisa saber sobre a doença do beijo

Nascimento prematuro e autismo: Existe relação?

Neuropediatra e membro do Conselho Científico da ONG Prematuridade.com explica a questão.

Autor: Divulgação

Nascimento prematuro e autismo: Existe relação?